A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. 2 INTERNET Evolução e Inclusão Digital 3 O setor de telecomunicações no Brasil Investiu, desde 1998, R$ 176 bilhões, dos quais R$ 34 bilhões em aquisição.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. 2 INTERNET Evolução e Inclusão Digital 3 O setor de telecomunicações no Brasil Investiu, desde 1998, R$ 176 bilhões, dos quais R$ 34 bilhões em aquisição."— Transcrição da apresentação:

1 1

2 2 INTERNET Evolução e Inclusão Digital

3 3 O setor de telecomunicações no Brasil Investiu, desde 1998, R$ 176 bilhões, dos quais R$ 34 bilhões em aquisição de licenças (nos valores correntes). Atingiu 144,3 milhões de acessos em 2006, sendo 39,8 milhões de telefones fixos, 99,9 milhões de moveis e 4,6 milhões em TV a cabo, MMDS e DTH. Atingiu 1,1 milhões de Telefones de uso Público (orelhões) em 2006, atingindo todas as localidades e povoados com mais de 100 habitantes (todas as operadoras cumpriram as metas de universalização). Com o cumprimento das metas de universalização, atingiu localidades com telefonia fixa comutada em Com investimentos em universalização e em soluções de acesso a internet com ganho de escala em infra-estrutura, atingiu 5,5 milhões de acessos Banda Larga em dezembro de 2006.

4 4 A Brasil Telecom Fontes: CyDC, Rede BrT, Relatórios 4T06 e 1T07 10,4 milhões de linhas instaladas 8,3 milhões de linhas em serviço 1,38 milhões de acessos ADSL em serviço 196 mil portas Dial que atendem 1,3 milhões de acessos à Internet 3,64 milhões de acessos móveis em serviço – 12,9% de participação na Região II do PGO Mais de 300 clientes de Data Center

5 5 A Rede Internet As operadoras de telecomunicações investiram muito desde 1998 na ampliação de suas redes nacionais e internacionais, possibilitando o grande crescimento da rede internet, com mais velocidade, maior capilaridade e confiabilidade. As conexões dedicadas entre os nós de internet e o acesso dos provedores aos backbones da rede mundial em grandes velocidades é viabilizado por este investimento. As diversas tecnologias oferecidas e a capilaridade das operadoras permitem que os provedores de acesso prestem seus serviços aos clientes finais em conexões dedicadas ou discadas.

6 6 Evolução da Internet no Brasil

7 7 ACESSO DISCADO – Telefones que conectaram à internet Operadoras estatais Pouco investimento Inicio da internet discada Uso de modems externos e linhas telefônicas Internet só nas capitais dos estados e algumas grandes cidades Entrada de capital privado nas operadoras Investimentos elevados Oferta de acesso digital e portas Inicio da capilarização da Internet Aumento do investimento das operadoras Modelo de oferta de portas de acesso com maior capilarização Modelos com custos mais reduzidos para o provedor Inicio da oferta de acesso gratuito Explosão de empresas.com Grandes investimentos pelas operadoras para capilarização e atendimento de demandas projetadas Aumento do número de provedores gratuitos Aumento da divulgação dos provedores gratuitos A Banda Larga começa a substituir acessos discados à internet Capilarização da Banda Larga Mudança de perfil do usuário com mais necessiade de banda Incentivo de uso de acesso discado onde não há Banda Larga Início da oferta de acesso discado com planos Flat ,5 Milhões 1,3 Milhões 1,1 Milhões 600 Mil 300 Mil 50 Mil 1,4 Milhões Região II

8 8 Dados de acesso discado Brasil Telecom A Brasil Telecom realizou grandes investimentos em universalização do acesso à internet com aquisição de equipamentos e redes de transmissão que possibilitaram levar o acesso discado local a 1681 localidades (de um total de 1818 na Região II). O modelo flexível de fornecimento de infra-estrutura compartilhada proporcionou as condições para que os provedores pudessem atuar em mais localidades, sem necessidade de grandes investimentos nem contratação de recursos que pudessem ficar ociosos, assim, mesmo com a mudança de foco de alguns players para Banda Larga, são 178 provedores parceiros da Brasil Telecom no acesso discado

9 9 ACESSO BANDA LARGA – Histórico Brasil Telecom Piloto comercial em 2 localidades 10,5K acessos 2 localidades 34,0K acessos 16 localidades 140,7K acessos 128 localidades 281,9K acessos 336 localidades 535,9K acessos 891 localidades 1013,9K acessos localidades 1335,5K acessos localidades Região II

10 10 ACESSOS INTERNET – Histórico Brasil Telecom 2, 65 milhões de acessos localidades Região II

11 11 Dados de Banda Larga Brasil Telecom A Brasil Telecom atingiu acessos ADSL em serviço no primeiro trimestre de Mais de 1200 localidades atendidas em Banda Larga com o Turbo – Grande investimento em universalização do acesso Banda Larga viabilizando a atuação de diversos provedores nestas localidades. Mais de 300 Provedores Parceiros para Banda Larga com o serviço Turbo nas modalidades Residencial e Empresarial – O modelo de parceria impulsionou a criação de provedores e disseminação da tecnologia. A Brasil Telecom fez novos investimentos sobre sua rede e disponibilizou a partir de junho/2007 a tecnologia ADSL 2+ com velocidades de acesso até 8Mbps.

12 12 Parcerias com Provedores de Acesso a Internet Soluções de conectividade: Conexão com tecnologias que permitem alta velocidade e confiabilidade (ATM, Frame Relay, MPLS etc.). Grande investimento em interligação a outros Backbones nacionais e internacionais (Mais de 22 Gbps de interconexão internacional e 15 Gbps nacional). Acesso discado á Internet: Modelos de oferta de soluções de acesso discado flexíveis Contratos isonômicos, com diferentes opções para escolha do provedor Acesso Banda Larga: Modelo de parceria que possibilitou a entrada de mais de 300 provedores. Contrato isonômico, todos os provedores tem exatamente o mesmo contrato, com as mesmas condições de preços e descontos.


Carregar ppt "1. 2 INTERNET Evolução e Inclusão Digital 3 O setor de telecomunicações no Brasil Investiu, desde 1998, R$ 176 bilhões, dos quais R$ 34 bilhões em aquisição."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google