A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

I Seminário de Linhas de Fomento 2009 Rio de Janeiro – 24 de novembro de 2009 FINEP Agência Brasileira da Inovação Ministério da Ciência e Tecnologia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "I Seminário de Linhas de Fomento 2009 Rio de Janeiro – 24 de novembro de 2009 FINEP Agência Brasileira da Inovação Ministério da Ciência e Tecnologia."— Transcrição da apresentação:

1

2 I Seminário de Linhas de Fomento 2009 Rio de Janeiro – 24 de novembro de 2009 FINEP Agência Brasileira da Inovação Ministério da Ciência e Tecnologia Programas de Fomento do Governo Federal - FINEP André de Castro Pereira Nunes Chefe do DTIS

3 Empresa pública vinculada ao Ministério de Ciência e Tecnologia (MCT) Missão Promover e financiar a inovação e a pesquisa científica e tecnológica em empresas, universidades, institutos tecnológicos, centros de pesquisa e outras instituições públicas ou privadas, mobilizando recursos financeiros e integrando instrumentos para o desenvolvimento econômico e social do País. FINEP – Agência Brasileira da Inovação

4 FINEP: Financiamento da Ciência, Tecnologia e Inovação A Finep financia todos os estágios do desenvolvimento científico e tecnológico: De pesquisa básica à P&D de grandes empresas De empresas pré-incubadas ao Sistema Local de Inovação Empresa Nascente Incubação e start-ups Pre- incubação Pesquisa Científica e Infra- estrutura clusters de Inovação Expansão e Consolidação (Segmentos Concentrados) Seed Money (K e FNDCT) Seed Money (K e FNDCT) Venture Capital e outros instrumentos FINEP/FNDCT Criação da empresa Venture Forun Prime Abertura de Capital ou Aquisição Não Reembolsável (FNDCT) Equalização, Cooperação, Universidade – Empresa, Bolsas, Incentivos, Subvenção Econômica, K Decisão de entrada no mercado

5 PLOA LOA Evolução dos Recursos para Financiamentos – por natureza

6 - Agência de fomento de C,T&I Financiamento não-reembolsável para Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs) - Agência de fomento da inovação Subvenção econômica para empresas - Banco de financiamento da inovação Crédito, Capital de Risco, Fundos de Aval para empresas Linhas de Atuação da FINEP

7

8 Programas FINEP

9 Programa Primeira Empresa – Prime O programa visa expandir e garantir recursos para suporte de empresas incubadas, incubadoras, parques tecnológicos e atividades de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação. A meta é investir R$ 1,3 bilhões nos próximos quatro anos em empresas nascentes de base tecnológica. Foram selecionadas 17 incubadoras âncoras. O valor do financiamento é de até R$ 240 mil PRIME Subvenção Programa Juro Zero

10 Objetivo: O Programa visa apoiar projetos/planos de negócios desenvolvidos por Micro e/ou Pequenas Empresas Inovadoras (MPEIs), que representem uma inovação em seu setor de atuação, seja nos aspectos comerciais, de processo ou de produtos/serviços. Características: A operação é realizada por meio de parceiros institucionais (BA, MG, PE, PR, SC, RJ, SP, RS). Valor do Financiamento: R$ 100 a 900 mil (limitado a 30% do faturamento anual). Pagamento realizado em 100 parcelas fixas. Destinado à empresas com faturamento anual de até R$ 10,5 milhões. Estabelecimento de Fundo Garantidor de Crédito. Sem Burocracia, sem Juros, sem Garantias Reais. Programa Juro Zero

11 Financiamento Reembolsável para Inovação nas Empresas Brasileiras Encargos e condições aderentes à PDP Integração de instrumentos INOVA BRASIL

12 Calçados e Couro Madeira e móveis Programas mobilizadores em áreas estratégicas Complexo Energia Biotecnologia Programas para fortalecer competitividade Complexo Automotivo Plásticos Têxtil e Confecções Indústria Naval e Cabotagem Programas para consolidar e expandir liderança Siderurgia Papel e Celulose Nanotecnologia OutrosPetroquímica Tecnologias de Informação e Comunicação Complexo Saúde Construção Civil BK seriados BK sob encomenda Mineração Higiene, Perfumaria Agroindústrias Indústria da Defesa Fertilizantes Carnes Aeronáutico Outros Programas da PDP

13 Inova Brasil Condições Gerais: Participação da FINEP: até 90% do valor do projeto Valor Mínimo: R$ 1 milhão Valor Máximo: R$ 100 milhões Garantias: Fiança Bancária (Compromisso em liberar a primeira parcela do financiamento 100 dias após a solicitação formal do financiamento) Hipoteca, Penhor, Alienação Fiduciária Outras Garantias

14 Programas Estratégicos Complexo Saúde Energia Nuclear Tecnologias da Informação e Comunicação Complexo Indústria da Defesa Nanotecnologia Biotecnologia Taxa de Juros Fixa: 4 % ao ano Período de Carência: 20 meses Amortização: 80 meses Inova Brasil – TIC´s

15 Subvenção Econômica A subvenção econômica é um programa que visa estimular as atividades inovativas, por meio de financiamento não- reembolsável para a condução de pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica de produtos e processos, de acordo com os objetivos e demandas estratégicas definidas pela política tecnológica e de comércio exterior. Relevância para o Tema – TIC´s Propostas apresentadas em 2008 (R$ 450 milhões): das quais na área de TIC. Propostas apresentadas em 2009 (R$ 450 milhões): das quais na área de TIC.

16 Subvenção Econômica Venture Capital Apoio para projetos Cooperativos Financiamento FINEP – empresas apoiadas em diferentes modalidades

17 Obrigado André Nunes


Carregar ppt "I Seminário de Linhas de Fomento 2009 Rio de Janeiro – 24 de novembro de 2009 FINEP Agência Brasileira da Inovação Ministério da Ciência e Tecnologia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google