A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

POTENCIAL ENERGÉTICO DO PARANÁ. O crescimento, o produto interno e o bem estar social estão fortemente relacionados ao uso de energia. Elemento chave.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "POTENCIAL ENERGÉTICO DO PARANÁ. O crescimento, o produto interno e o bem estar social estão fortemente relacionados ao uso de energia. Elemento chave."— Transcrição da apresentação:

1 POTENCIAL ENERGÉTICO DO PARANÁ

2 O crescimento, o produto interno e o bem estar social estão fortemente relacionados ao uso de energia. Elemento chave para ENERGIA Papel fundamental para a sociedade Inclusão Social Desenvolvimento Sustentável Políticas Melhoria da Qualidade de Vida

3 CENÁRIO MUNDIAL E BRASILEIRO Ministério de Minas e Energia

4

5 Dados de janeiro de 2010 mostram que a energia brasileira é produzida nas seguintes proporções: Hidrelétrica: 73,63% (838 usinas que produzem KW) Gás: 11,27% (125 usinas que produzem KW) Biomassa: 5,82% (356 usinas que produzem KW) Petróleo: 5,36% (829 usinas que produzem KW) Nuclear: 1,88% (2 usinas que produzem KW) Carvão mineral: 1,43% (9 usinas que produzem KW) Eólica: 0,62% (37 usinas que produzem KW) Solar: menos de 0,01% (1 usinas que produzem 20 KW) Total: 107 mil MW produzidos em usinas

6 Diversos estudos realizados nos últimos anos têm apontado as implicações e impactos sócio-ambientais do consumo de energia As fontes renováveis de energia são apresentadas como a principal alternativa para atender as demandas da sociedade. Todas as etapas da indústria energética até a utilização de combustíveis provocam algum impacto ao meio ambiente e à saúde humana. A extração de recursos energéticos, seja petróleo, carvão, biomassa ou hidroeletricidade, tem implicações em mudanças nos padrões de uso do solo, recursos hídricos, alteração da cobertura vegetal e na composição atmosférica. Um dos mais complexos e maiores efeitos das emissões do setor energético são os problemas globais relacionados com mudanças climáticas. O modelo energético brasileiro apresenta um forte potencial de expansão.

7 Possibilidades para reduzir a contribuição do setor energético no efeito estufa Substituição de combustíveis fósseis por renováveis Substituição de combustíveis fósseis por outros com menor conteúdo de carbono Acelerar a redução do uso de energia, através de tecnologias eficientes e sistemas menos intensivos em energia

8 ENERGIAS RENOVÁVEIS As fontes de energia renovável são aquelas em que os recursos naturais utilizados são capazes de se regenerar, ou seja, são considerados inesgotáveis. As energias alternativas fornecem hoje quase 10% da energia total do Mundo e podem responder a 50% das necessidades de energia em A ANEEL vêm estimulando investimentos em fontes energéticas renováveis, descentralizadas, economicamente viáveis e de baixo impacto ambiental.

9 ENERGIA HIDRELÉTRICA A energia hidráulica é uma valiosa fonte de energia. A água usada como fonte de energia, não tem sua utilidade esgotada. O constante fluxo de água na Terra pode ser aproveitado na geração de energia mecânica e elétrica. A principal fonte de energia elétrica do Brasil é a energia hidráulica. As usinas hidrelétricas fornecem aproximadamente 90% de energia elétrica em todo o território brasileiro e 10% são utilizadas pelas usinas termelétricas ou nucleares.

10 POTENCIAL HIDRAULICO BRASILEIRO Seu potencial hidráulico é reconhecido como o terceiro maior do mundo, ficando atrás apenas da Rússia e da China. Potencial hidrelétrico por bacia hidrográfica Potencial (MW) Bacia do Amazonas Bacia do Tocantins Bacia do Paraná Bacia do São Francisco Bacia do Uruguai Atlântico Sudeste Atlântico Sul9599 Atlântico Leste3 115 Total do Brasil

11 ENERGIA EÓLICA A energia cinética do vento também é uma fonte de energia e pode ser transformada em energia mecânica e elétrica. A energia cinética, resultante do deslocamento das massas de ar, pode ser transformada em energia mecânica ou elétrica. Para a produção de energia elétrica em grande escala, só são interessantes regiões que tenham ventos com velocidade média de 6 m/seg ou superior. Cada turbina produz entre 50 a 300 kilowatts de energia elétrica. Com 1000 watts podemos acender 10 lâmpadas de 100 watts; assim, 300 kilowatts acendem 3000 lâmpadas de 100 watts cada.

12 ENERGIA SOLAR Todo tipo de captação de energia luminosa proveniente do Sol, que após sua coleta é transformada em alguma forma utilizável pelo homem, seja como energia elétrica, mecânica ou apenas para o aquecimento de água. Há dois métodos de captura de energia solar o direto e o indireto. Direto: apenas uma transformação para fazer da energia solar um tipo de energia utilizável pelo homem. Indireto: precisa haver mais de uma transformação para que surja energia utilizável. Praticamente inesgotável, a energia solar pode ser usada para a produção de eletricidade através de painéis solares e células fotovoltaicas. No Brasil, a quantidade de sol abundante durante quase todo o ano estimula o uso deste recurso.

13

14 BIODIESEL Biodiesel é um combustível diesel de queima limpa derivado de fontes naturais e renováveis como os vegetais. Obtido principalmente de girassol, amendoim, mamona, sementes de algodão e de colza. É uma alternativa renovável, que resolve dois problemas ambientais ao mesmo tempo: Aproveita um resíduo, aliviando os aterros sanitários Reduz a poluição atmosférica. O biodiesel reduz 78% das emissões poluentes como o dióxido de carbono e 98% de enxofre na atmosfera.

15 BIODIESEL Trata-se de uma fonte renovável que, além de trazer benefícios ambientais, também possibilita a geração de empregos, tanto na fase de coleta como de processamento. Promove o desenvolvimento da agricultura nas zonas rurais mais desfavorecidas, criando emprego e evitando a desertificação pode utilizar-se em motores diesel, em mistura com o gasóleo (geralmente, na proporção de 5 a 30%) ou puro. Também pode ser utilizado como geração de energia elétrica.

16 CENÁRIO PARANAENSE Segue o mesmo perfil da matriz brasileira 45% de fontes renováveis Responsável pela produção de quase um quinto da energia elétrica produzida no Brasil. Vocação natural para energia renovável. Composta, principalmente, por petróleo e energia hidráulica que, juntos, respondem por quase 70% do consumo de energia primária. TECPAR MATRIZ ENERGÉTICA PARANAENSE

17 ENERGIA HIDRELÉTRICA O Paraná é um estado com alto potencial hidráulico Devido a esse potencial, a principal fonte de energia do Paraná, depois da Usina de Itaipu, são as usinas da Copel. Estudos que afirmam ser possível a produção de uma potência de MW nas principais bacias dos rios paranaenses.

18 Mapa de Localização das UHE's (COPEL) do Estado do Paraná 1. UHE Gov. Bento Munhoz da Rocha Netto (Foz do Areia) 2. UHE Gov. Ney Aminthas de Barros Braga (Segredo) 3. UHE Gov. José Richa (Salto Caxias) 4. UHE Gov. Pedro Viriato Parigot de Souza 5. UHE Guaricana 6. UHE Chaminé 7. UHE Apucaraninha 8. UHE Mourão 9. UHE Derivação do Rio Jordão 10. UHE Marumbi 11. UHE São Jorge 12. UHE Chopim I 13. UHE Rio dos Patos 14. UHE Cavernoso 15. UHE Melissa 16. UHE Salto do Vau 17. UHE Pitangui 18. UTE Figueira

19 USINA DE ITAIPU A usina de Itaipu é, atualmente, a maior usina hidrelétrica do mundo em geração de energia. Em 2009, a usina de Itaipu atingiu a quarta maior produção anual de energia em seus 25 anos de geração. Foram megawatts-hora (MWh) produzidos ao longo do ano passado. Com 20 unidades geradoras e MW de potência instalada, fornece 18,9% da energia consumida no Brasil e abastece 77,0% do consumo paraguaio. O recorde histórico de produção de energia ocorreu em 2008, com a geração de megawatts-hora (MWh). O recorde anterior foi em 2000, quando Itaipu gerou MWh.

20 Rio Vitorino (Itapejara dOeste) - Usina Vitorino, com potência de KWh. Rio Jaguariaíva - Usina Pesqueiro, com potência de KWh. Rio Pedrinho (Boa Ventura de São Roque)- Usina Pedrinho I, com potência de KWh. Rio Tibagi - Usina Salto Mauá, com potência de KWh. Rio Mourão - Usina Salto Natal, com potência de KWh. Rio Jordão (Guarapuava)- Usina Salto Curucaca, com potência de KWh. Rio Apucaraninha (Tamarana) - Usina Apucaraninha, com potência de KWh. Rio Marrecas (Turvo)- Usina Boa Vista II, com potência de 9 mil KWh. Rio Chopim (Cruzeiro do Iguaçu )- Usina Júlio de Mesquita Filho, com potência de KWh. Principais PCHs em funcionamento no Paraná

21 A Copel estima existir no Paraná potencial eólico para cobrir aproximadamente 40% do consumo atual de eletricidade do Estado, que em 2008 totalizou 21,3 milhões de megawatts-horas. ENERGIA EÓLICA A potência instalada no Paraná para a produção de energia elétrica a partir do vento pode chegar a megawatts, o equivalente a quase cinco grupos geradores de Itaipu. Com essa potência, seria possível obter anualmente até 9,3 milhões de megawatts-horas de eletricidade. O novo mapa eólico nos permite avaliar, de maneira mais precisa, tanto a localização quanto o porte dos potenciais disponíveis Entre as regiões mapeadas como as de maior potencial para sediar aproveitamentos eólicos estão localidades de municípios do Sul, Centro- Sul e Centro do Estado, tais como Palmas, Guarapuava e Tibagi. Algumas áreas próximas a Londrina, Maringá, Cascavel e também na Serra do Mar tiveram potencial detectado.

22 POTENCIAL EÓLICO

23 BIODIESEL Atualmente são 63 usinas em operação para produção de biodiesel no País, das quais três estão no Paraná. A Biopar, empresa com sede em Rolândia, região Norte do Estado, produz 98% da produção do Estado. A matéria-prima utilizada para produção do combustível alternativo é 81% oriundo do óleo de soja, 14% da gordura animal, 3% de óleo de algodão e 2% de outras fontes. O Paraná é o terceiro estado maior consumidor de diesel do País e está próximo do primeiro consumidor que é o Estado de São Paulo, além de ser o segundo maior produtor de oleaginosas do Brasil, com grande presença da agricultura familiar.

24

25 Usina de Biodiesel BSBIOS Marialva Inaugurada em 14 maio de 2010 capacidade de produzir 127 milhões de litros de biodiesel por ano Com o início das atividades da usina, o estado caminha para se tornar autossuficiente em biodiesel, que atualmente vem de outras regiões. A matéria-prima para produção de biodiesel envolverá o trabalho de cerca de 7 mil agricultores familiares da região. O biodiesel apresenta muitas vantagens ambientais, entre elas a diminuição das emissões de gás carbônico (CO2), a ausência de enxofre e menor geração de partículas poluentes. Para se ter uma idéia, uma tonelada de biodiesel evita a emissão de 2,5 toneladas de CO2 para a atmosfera.

26 As energias renováveis são metas do Paraná. O Estado busca novas tecnologias que produzam energia limpa, que não agrida o ambiente, seja viável economicamente e não passe pelo processo de extinção CENÁRIO PARANAENSE O Paraná é o maior produtor nacional de energia elétrica com a Usina de Itaipu e a Usina de Salto Segredo. A Copel (Companhia Paranaense de Energia Elétrica) atende a mais de 2,7 milhões de consumidores e é responsável por 7,6% da energia gerada no país.

27 CENÁRIO PARANAENSE Quanto ao consumo setorial de energia: o setor industrial é o maior consumidor e responde por 32,5% do total do consumo no Estado, seguido pelo de transportes, que absorveu 25,1% da energia consumida. As principais fontes energéticas utilizadas no setor industrial foram: a eletricidade (38,7%) e o óleo combustível (14,3%).

28 A matriz energética paranaense é composta, principalmente, por petróleo e energia hidráulica que, juntos, respondem por quase 70% do consumo de energia primária. TECPAR CENÁRIO PARANAENSE O Paraná tem um potencial hídrico que permite para hoje e para um futuro próximo a garantia de oferta abundante de energia. Além de um potencial eólico e solar a serem explorados.


Carregar ppt "POTENCIAL ENERGÉTICO DO PARANÁ. O crescimento, o produto interno e o bem estar social estão fortemente relacionados ao uso de energia. Elemento chave."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google