A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Moluscos Isadora Valente Joana Demori João Pedro Lacerda Números :18,15 e 17. Turma:7M3.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Moluscos Isadora Valente Joana Demori João Pedro Lacerda Números :18,15 e 17. Turma:7M3."— Transcrição da apresentação:

1 Moluscos Isadora Valente Joana Demori João Pedro Lacerda Números :18,15 e 17. Turma:7M3

2 Reino e filo: Os moluscos pertencem ao reino “ animala” e do filo : Mollusca, do latim moluscos, que significa mole. Tipo de alimentação: Os moluscos apresentam tubo digestório completo, ou seja da boca até o ânus. Na boca possuem uma estrutura chamada rádula, que é uma espécie de língua cheia de dentes de quitina, utilizada para raspar folhas e superfícies duras. Os caracóis se alimentam de vegetais, frutas, húmus, ervas daninhas e outros tipos de alimentos. Os cefalópodes se alimentam de peixes e outros animais. Os Bivalves se alimentam de nutrientes filtrando a água do mar. Características principais e modo de vida: Eles estão presentes em vários ambientes, eles são marinhos ou terrestres e são segundo grupo de invertebrados mais diversificados.

3 Gastrópodes: Os gastrópodes, assim chamados porque seu pé liga-se diretamente à massa visceral (gastro = estômago e podes = pé ). Habitam os ambientes marinhos, de água doce e terrestres. Cefalópodes: Os Cefalópodes (Cephalopoda, do grego kephale, cabeça + pous, podes, pé) são animais marinhos. Os polvos se alimentam de peixes,crustáceos e outros animais invertebrados do mar. São predadores ativos, e apresentam excelente capacidade de natação e camuflagem. Os cefalópodes são os moluscos que apresentam o cérebro mais desenvolvido, são considerados os invertebrados mais inteligentes. São capazes de reconhecer territórios, formas, cores e tamanhos. Exemplos: polvos, lulas e sépias.

4 Bivalves: São chamados assim, pois sua concha é formada por duas partes, ou valvas. Eles vivem fixos as superfícies, filtrando a água do mar. Exemplos de bivalves são as ostras e os mariscos. Curiosidades: A ostra tem uma forma curiosa de se defender. Quando um parasita invade seu corpo, ela libera uma substância chamada madrepérola que se cristaliza sobre o invasor impedindo-o de se reproduzir. Depois de cerca de três anos esse material vira uma pérola. Reprodução: Podem ser hermafroditas, a fecundação pode ser interna ou externa e o desenvolvimento pode ser direto ou indireto. A fecundação externa é onde o macho solta o espermatozoide e a fêmea o óvulo, os dois juntam dando origem ao indivíduo, a reprodução interna é onde o espermatozoide é liberado no corpo da fêmea.

5 Relação com o ser humano e o ambiente em geral: Muitos moluscos são utilizados na alimentação humana que são denominados frutos do mar como ostras mexilhões e outros tipos de moluscos. E a sua pesca ou coleta é uma importante atividade econômica de inúmeros países, pelas perolas que produzem. Ou pelos danos que podem produzir no consumo de produtos importantes para o homem, à saúde, pois algumas espécies são vetores de doenças e mesmo à estruturas de madeira.

6 compreende-as-lesmas-e-os-caramujos/#.UD51XMFlRD1 Livro:


Carregar ppt "Moluscos Isadora Valente Joana Demori João Pedro Lacerda Números :18,15 e 17. Turma:7M3."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google