A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESCCA X PROSTITUIÇÃO NEIDE GRAVATO DA SILVA CEVISS - JULHO 2009 ASPPE - Associação Santista de Pesquisa Prevenção e Educação www.asppe.org NGS-ASPPE-2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESCCA X PROSTITUIÇÃO NEIDE GRAVATO DA SILVA CEVISS - JULHO 2009 ASPPE - Associação Santista de Pesquisa Prevenção e Educação www.asppe.org NGS-ASPPE-2009."— Transcrição da apresentação:

1 ESCCA X PROSTITUIÇÃO NEIDE GRAVATO DA SILVA CEVISS - JULHO 2009 ASPPE - Associação Santista de Pesquisa Prevenção e Educação NGS-ASPPE-2009

2 ESCCA - CONCEITOS A EXPLORAÇÃO SEXUAL COMERCIAL INFANTIL É O USO DE UMA CRIANÇA PARA PROPÓSITOS SEXUAIS EM TROCA DE DINHEIRO OU FAVORES EM ESPÉCIE ENTRE A CRIANÇA, O CLIENTE, O INTERMEDIÁRIO OU AGENCIADOR E OUTROS QUE SE BENEFICIAM DO COMÉRCIO DE CRIANÇAS PARA ESSES PROPÓSITOS. ("EXPLORAÇÃO E VIOLÊNCIA SEXUAL DA CRIANÇA E ADOLESCENTES NO PARÁ", MARCEL HAZEU) NGS-ASPPE-2009

3 A EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS É UMA QUESTÃO MAIS DE ABUSO DE PODER DO QUE DE SEXO. A INDUSTRIA BILIONÁRIA, ILEGAL, QUE COMPRA E VENDE CRIANÇAS COMO OBJETOS SEXUAIS SUJEITA-AS A UMA DAS MAIS DANOSAS FORMAS DE EXPLORAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL, COLOCA EM RISCO SUA SAÚDE MENTAL E FÍSICA, E PREJUDICA TODOS OS ASPECTOS DE SEU DESENVOLVIMENTO. CONSTITUI UMA DAS PIORES VIOLAÇÕES DOS DIREITOS HUMANOS, E FOI IDENTIFICADA POR MUITOS ÓRGÃOS NACIONAIS E INTERNACIONAIS COMO UMA FORMA MODERNA DE ESCRAVIDÃO. SUA COBERTURA É TRANSNACIONAL, SEU IMPACTO TRANSGERACIONAL. A EXPLORAÇÃO SEXUAL COMERCIAL DE CRIANÇAS OCORRE VIRTUALMENTE EM TODOS OS PAÍSES DO MUNDO E AFETA MILHÕES DE CRIANÇAS. A PROSTITUIÇÃO, A PORNOGRAFIA, E O TRÁFICO DE CRIANÇAS COM PROPÓSITOS SEXUAIS, CONECTA PEQUENAS CIDADES E GRANDES CENTROS URBANOS INTERLIGA OS PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO, E OS LIGA A PAÍSES DESENVOLVIDOS: A EUROPA ORIENTAL AOS ESTADOS UNIDOS, O NEPAL À ÍNDIA, O BRASIL, AO JAPÃO ("CONGRESSO INTERNACIONAL CONTRA EXPLORAÇÃO SEXUAL", AGOSTO, 1996, ESTOCOLMO/SUÉCIA) NGS-ASPPE-2009

4 ESCCA DEFINE-SE COMO UMA VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES, QUE SE CONTEXTUALIZA EM FUNÇÃO DA CULTURA (DO USO DO CORPO), DO PADRÃO ÉTICO E LEGAL, DO TRABALHO E DO MERCADO. É UMA RELAÇÃO DE PODER E DE SEXUALIDADE, MERCANTILIZADA, QUE VISA A OBTENÇÃO DE PROVEITOS POR ADULTOS, QUE CAUSA DANOS BIO-PSICO-SOCIAIS AOS EXPLORADOS, QUE SÃO PESSOAS EM PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO. IMPLICA O ENVOLVIMENTO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES EM PRÁTICAS SEXUAIS, COERCITIVOS OU PERSUASIVOS, O QUE CONFIGURA UMA TRANSGRESSÃO LEGAL E A VIOLAÇÃO DE DIREITOS A LIBERDADE INDIVIDUAIS DA POPULAÇÃO INFANTO-JUVENIL. (MARIA LÚCIA LEAL - "A EXPLORAÇÃO SEXUAL DE MENINOS E MENINAS NA AMÉRICA LATINA E NO CARIBE", RELATÓRIO FINAL - BRASIL, DEZEMBRO, 1998) NGS-ASPPE-2009

5 ESCCA É UM TIPO DE ABUSO, VITIMIZAÇÃO SEXUAL. CONSIDERA-SE EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇA TODA ATIVIDADE DE PROSTITUIÇÃO E/OU PORNOGRAFIA QUE ENVOLVE A PARTICIPAÇÃO OU PRESENÇA DE MENORES DE 18 ANOS. ( RELATÓRIO DA CPI PROSTITUIÇÃO INFANTIL NO DF) COMO SENDO TODO O TIPO DE ATIVIDADE EM QUE UMA PESSOA USA O CORPO OU A SEXUALIDADE DE UMA CRIANÇA OU ADOLESCENTE PARA TIRAR VANTAGEM OU PROVEITO DE CARÁTER SEXUAL, IMPLÍCITO OU NÃO, COM BASE NUMA RELAÇÃO DE PODER, PAGAMENTO COM OU COERÇÃO FÍSICA E PSICOLÓGICA. ENVOLVENDO ALGUM TIPO DE GANHO, FINANCEIRO PARA O ADULTO. (RELATÓRIO FINAL DA PESQUISA "EXPLORAÇÃO SEXUAL INFANTO-JUVENIL NO ESTADO DE MATO GROSSO", JUNHO, 1998.) NGS-ASPPE-2009

6 PROSTITUIÇÃO ATIVIDADE COMERCIAL VOLUNTARIA QUE COMPREENDE UM CONTRATO SEXUAL ENTRE O PROFISSIONAL DO SEXO E SEU(S) CLIENTES NGS-ASPPE-2009

7 ESCCA É VIOLAÇÃO DE DIREITOS QUALQUER FORMA DE EXPLORAÇÃO SEXUAL É CRIME E VIOLAÇÃO DE DIREITOS NINGUEM PODE SER OBRIGADO A PRATICAR ATOS SEXUAIS CONTRA A SUA VONTADE NGS-ASPPE-2009

8 CODIGO PENAL BRASILEIRO É DIREITO DO INDIVÍDUO DISPOR DO SEU CORPO E PRATICAR LIVREMENTE O SEXO CRIMES ( VIOLÊNCIA, ESTUPRO,ATENTADO VIOLENTO AO PUDOR,SEDUÇÃO, FRAUDE, RUFIANISMO OU TRÁFICO DE MULHERES NGS-ASPPE-2009

9 SISTEMAS LEGAIS HÁ NO MUNDO TRÊS SISTEMAS LEGAIS SOBRE A PROSTITUIÇÃO: ABOLICIONISMO, REGULAMENTARISMO PROIBICIONISMO NGS-ASPPE-2009

10 PROIBICIONISMO É ADOTADO POR POUQUÍSSIMOS PAÍSES, MAS, COMO É O SISTEMA VIGENTE NOS EUA, COM SUA PODEROSA INDÚSTRIA CULTURAL, É MUITO CONHECIDO. POR ESTA VISÃO, É ILEGAL PROSTITUIR-SE - OU SEJA, O ESTADO DECIDE O QUE A PESSOA PODE OU NÃO FAZER COM O CORPO. É DE DIFÍCIL APLICAÇÃO EM CERTOS CASOS. UM PRESENTE APÓS UMA NOITE DE SEXO PODE SER ENTENDIDO COMO PAGAMENTO POR SERVIÇO SEXUAL. TANTO A PROSTITUTA QUANTO O DONO DE CASA DE PROSTITUIÇÃO E ATÉ O CLIENTE SÃO PUNÍVEIS PELA LEI. NGS-ASPPE-2009

11 REGULAMENTARISMO A PROFISSÃO É RECONHECIDA E REGULAMENTADA. VANTAGENS CONTRATO DE TRABALHO, SEGURIDADE SOCIAL, INCLUSIVE APOSENTADORIA ALEMANHA E HOLANDA,URUGUAI, EQUADOR, BOLÍVIA E OUTROS PAÍSES SUL- AMERICANOS DESVANTAGENS EXIGÊNCIAS DE QUE A MULHER SE SUBMETA A EXAMES PERIÓDICOS, NÃO EXIGIDO PARA OUTRAS PROFISSÕES EXERCÍCIO DA ATIVIDADE EM LOCAIS DETERMINADOS. NGS-ASPPE-2009

12 ABOLICIONISMO ADOTADO PELA MAIORIA DOS PAÍSES, COMO O BRASIL. POR ESTA VISÃO, A PROSTITUTA É UMA VÍTIMA E SÓ EXERCE A ATIVIDADE POR COAÇÃO DE UM TERCEIRO, O "EXPLORADOR" OU "AGENCIADOR", QUE RECEBERIA PARTE DOS LUCROS OBTIDOS PELA PROFISSIONAL DO SEXO. A LEGISLAÇÃO ABOLICIONISTA PUNE O DONO OU GERENTE DE CASA DE PROSTITUIÇÃO E NÃO A PROSTITUTA. NESSE SISTEMA, QUEM ESTÁ NA ILEGALIDADE É O EMPRESÁRIO, OU PATRÃO, E NÃO HÁ QUALQUER PROIBIÇÃO EM RELAÇÃO A ALGUÉM NEGOCIAR SEXO E FANTASIAIS SEXUAIS. FACILITA A CORRUPÇÃO. O BRASIL ADOTA ESSE SISTEMA DESDE 1942, QUANDO ENTROU EM VIGOR O ATUAL E ANTIQUADO CÓDIGO PENAL, EM REFORMA HÁ MAIS DE CINCO ANOS. NGS-ASPPE-2009

13 REDE BRASILEIRA DE PROSTITUTAS DEFENDE O RECONHECIMENTO LEGAL DA PROFISSÃO, QUE NORMALMENTE TRAZ COM ELE O REGULAMENTARISMO. NO ENTANTO, ESSA REGULAMENTAÇÃO NÃO DEVE CONTER EXIGÊNCIAS QUE VÃO CONTRA A CIDADANIA. O DEPUTADO FERNANDO GABEIRA APRESENTOU EM 2003, COM APOIO DA REDE, PROJETO DE LEI QUE RECONHECE A EXISTÊNCIA DE SERVIÇOS DE NATUREZA SEXUAL, DÁ DIREITOS A QUEM OS FORNECE E TIRA O EMPRESÁRIO DO CRIME. MINISTÉRIO DO TRABALHO JÁ RECONHECE PROSTITUIÇÃO COMO ATIVIDADE PROFISSIONAL, NA CLASSIFICAÇÃO BRASILEIRA DE OCUPAÇÕES (CBO). MAIS INFORMAÇÕES EM : NGS-ASPPE-2009

14 PROFISSIONAL DO SEXO CBO GAROTA DE PROGRAMA GAROTO DE PROGRAMA MERETRIZ MESSALINA MICHÊ MULHER DA VIDA PROSTITUTA TRABALHADOR DO SEXO NGS-ASPPE-2009

15 DESCRIÇÃO SUMÁRIA BUSCAM PROGRAMAS SEXUAIS; ATENDEM E ACOMPANHAM CLIENTES PARTICIPAM EM AÇÕES EDUCATIVAS NO CAMPO DA SEXUALIDADE. AS ATIVIDADES SÃO EXERCIDAS SEGUINDO NORMAS E PROCEDIMENTOS QUE MINIMIZAM A VULNERABILIDADES DA PROFISSÃO. NGS-ASPPE-2009

16 PROSTITUIÇÃO VISÃO DA REDE A PROSTITUIÇÃO É UMA PROFISSÃO, DESDE QUE EXERCIDA POR MAIORES DE 18 ANOS; A REDE DEFENDE A REGULAMENTAÇÃO DA PROFISSÃO; SE DECLARA CONTRA A EXPLORAÇÃO SEXUAL COMERCIAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES. NGS-ASPPE-2009

17 O QUE DIZEM AS MULHERES??? NGS-ASPPE-2009

18 Só que nós somos pessoas normais nós temos filhos, temos mãe, temos irmãos, temos vizinhos e eu não quero que meus vizinhos saibam que eu faço programa... meus filhos jamais. NGS-ASPPE-2009

19 Já tem dez anos que faço e não assumo de modo algum. Não vou sair por ai estampado na faixa. Não assumo, não vou falar, não vou chegar ali e falar minha profissão é puta NGS-ASPPE-2009

20 Com certeza, ninguém pensa que a menina trabalha assim, né, pensa que trabalha honestamente... Uai, o nosso trabalho é desonesto? É, as outras meninas são da sociedade. Nós, todo mundo xinga... NGS-ASPPE-2009

21 Tem bastante, eu por exemplo tenho contato com meninas de outras casas e elas mesmo tem receio de falar, tipo, será que eu posso falar pra você, que eu sou? NGS-ASPPE-2009

22 O QUE DIZEM OS JOVENS ??? NGS-ASPPE-2009

23 MAPEAMENTO DA ESCCA GUARUJÁ(2008) OS JOVENS TÊM PADRÕES SEMELHANTES DE TRABALHO, FORMA DE RECRUTAR CLIENTES, PREÇO DO PROGRAMA, LOCAL, ETC, UMA MENINA DE DOZE ANOS QUE SÓ PRATICAVA SEXO ORAL COM JOVENS DO MESMO BAIRRO ENVOLVIDOS COM O CRACK, EM TROCA DE DINHEIRO UM FALA PARA O OUTRO E QUANDO PASSO PELA PRAÇA ME CHAMAM DE BOQUETEIRA. NGS-ASPPE-2009

24 CONFLITOS FAMILIARES A MAIORIA DOS(AS) ENTREVISTADOS(AS), JÁ HAVIA SAÍDO DE CASA EM ALGUMA OCASIÃO. OS MOTIVOS MAIS COMUNS SÃO: A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, OS DESENTENDIMENTOS FAMILIARES, O DESEJO DE LIBERDADE O DESEJO DE FUGIR DO CONTROLE DOS PAIS. É. ELE VIVIA ESPANCANDO A GENTE. E EU E MAIS UMA PEQUENA FUGIU. NGS-ASPPE-2009

25 USO DE DROGAS O USO DE DROGAS ENTRE AS ENTREVISTADAS PARECE SER COMUM HABITUAL ENTRE AS AMIGAS DE PROGRAMA MUITAS NUNCA UTILIZARAM, OU SÓ EXPERIMENTARAM. AS DROGAS MAIS REFERIDAS NO GRUPO FORAM A COCAÍNA E A MACONHA. ESTA SITUAÇÃO DEMONSTRA A VULNERABILIDADE DESTES JOVENS À DEPENDÊNCIA DE DROGAS POR ESTAREM TRANSITANDO EM ÁREA DE FÁCIL ACESSO E CONSEGUIREM DINHEIRO DIARIAMENTE. AH, MINHA MÃE É UMA PESSOA ALCOÓLATRA. MEU PAI É DO TRÁFICO. EU JÁ EXPERIMENTEI, MAS EU NÃO USO DROGA NENHUMA USO CIGARROS, NUNCA USEI, MAS MINHAS AMIGAS GOSTAM MUITO DE MACONHA. FUMO CIGARROS, MAS AS MENINAS, ALGUMAS, USAM MACONHA E CRACK. NGS-ASPPE-2009

26 A ESCOLA ENTRE OS (AS) ENTREVISTADOS (AS) APENAS DOIS TINHAM ABANDONADO A ESCOLA, UM PORQUE NÃO GOSTAVA E ABANDONOU HÁ VÁRIOS ANOS NA QUINTA SÉRIE, E OUTRO POR SER TRAVESTI E SENTIR-SE DISCRIMINADO NA ESCOLA. NENHUMA AUTORIDADE ESCOLAR OU CONSELHO DE DIREITOS FEZ CONTATO COM ESTES JOVENS. AH, EU SAÍ MAIS DA ESCOLA POR CONTA DO PRECONCEITO, PORQUE EU SEMPRE FUI ASSIM MUITO AFEMINADO... AÍ NÃO AGÜENTEI A PRESSÃO. OS DEMAIS TINHAM HISTÓRIA DE ABANDONO E REPETÊNCIA RETORNANDO POR CONTA PRÓPRIA, PRESSÃO DE FAMILIARES, VISITA DA EQUIPE DA ESCOLA OU CONSELHO TUTELAR. A SÉRIE MAIS ALTA EM CURSO ERA A PRIMEIRA DO ENSINO MÉDIO EMBORA O GRUPO ENTREVISTADO FOSSE BASTANTE JOVEM. REFEREM A ESCOLA COMO POUCO ATRATIVA. AH, PORQUE... SEI LÁ. FALTA DE INTERESSE DE ESTUDAR.JÁ. EU REPETI POR CAUSA QUE... FOI ASSIM NO COMEÇO DO ANO, AÍ NO FINAL DO ANO EU ABANDONEI. E ESSE COMEÇO DE ANO, DA SEXTA SÉRIE, EU ABANDONEI TAMBÉM. NGS-ASPPE-2009

27 JOVENS MÃES DE TODAS AS ENTREVISTADAS, TRÊS TINHAM FILHOS, UMA DE 17 ANOS JÁ TINHA TRÊS FILHOS. TENHO TRÊS FILHOS UMA MENINA DE 4 ANOS DO MEU MARIDO QUE FALECEU,UM MENINO DE 2 ANOS DE UM TRAFICANTE DE AMERICANA E UM MENINO DE 10 MESES QUE MEU MARIDO TENTOU ABUSAR QUANDO TINHA TRÊS MESES NGS-ASPPE-2009

28 INICIO DA ATIVIDADE SEXUAL A EXPERIÊNCIA SEXUAL PARA A MAIORIA OCORREU ENTRE DEZ E QUATORZE ANOS. ALGUMAS ENTREVISTADAS REFERIRAM SITUAÇÕES INCESTUOSAS PRATICADAS POR TIOS E PRIMOS OU CONHECIDOS DA FAMÍLIA. NGS-ASPPE-2009

29 VIOLÊNCIA SEXUAL ALGUMAS ENTREVISTADAS TIVERAM MUITO MEDO DE RESPONDER QUESTÕES SOBRE ABUSO SEXUAL. A JOVEM TRAVESTI REFERIU TER SIDO VIOLENTADA DUAS VEZES NA RUA POR ESTRANHOS. OS ENTREVISTADOS REFERIRAM SITUAÇÕES DE VIOLÊNCIA E ABUSO SEXUAL AINDA QUANDO CRIANÇAS PRATICADAS POR FAMILIARES, PESSOAS DA CONFIANÇA DA FAMÍLIA OU POR DESCONHECIDOS. HOUVE O RELATO DE UMA JOVEM QUE DESCREVEU UMA SITUAÇÃO DE ABUSO CONSENTIDO OU IGNORADO PELO USO DE DROGAS DOS PAIS E DE OUTRA JOVEM QUE CONTOU QUE A MÃE A DEIXOU NA CASA DE UM IDOSO QUE PASSAVA VÍDEOS PORNOGRÁFICOS E ABUSAVA DELA E DE SUA IRMÃ. FOI COM MEU PAI E MINHA MÃE, NA ÉPOCA QUE MEU PAI USAVA DROGAS, TRAFICAVA, AÍ CHAMAVA OS CARAS PARA DENTRO DA CASA, AÍ EU E MINHA IRMÃ, DAVA SUCO, DAVA REMÉDIO, AÍ A GENTE DORMIA, AÍ A GENTE ACORDAVA E TAVA PELADA. AH, FOI NUM LUGAR, NA CASA DE UM HOMEM, ONDE MINHA MÃE ME ABANDONOU LÁ, LÁ ELE COLOCAVA ASSIM VÍDEO PORNÔ E MANDAVA A GENTE FAZER AS COISAS PARA ELE.....NÃO. EU FUI DEIXADA NA CASA DELE. FUI ABANDONADA LÁ, ELE ME OFERECIA DINHEIRO. NGS-ASPPE-2009

30 FOI COM MEU PAI E MINHA MÃE, NA ÉPOCA QUE MEU PAI USAVA DROGAS, TRAFICAVA, AÍ CHAMAVA OS CARAS PARA DENTRO DA CASA, AÍ EU E MINHA IRMÃ, DAVA SUCO, DAVA REMÉDIO, AÍ A GENTE DORMIA, AÍ A GENTE ACORDAVA E TAVA PELADA. AH, FOI NUM LUGAR, NA CASA DE UM HOMEM, ONDE MINHA MÃE ME ABANDONOU LÁ, LÁ ELE COLOCAVA ASSIM VÍDEO PORNÔ E MANDAVA A GENTE FAZER AS COISAS PARA ELE.....NÃO. EU FUI DEIXADA NA CASA DELE. FUI ABANDONADA LÁ, ELE ME OFERECIA DINHEIRO. NGS-ASPPE-2009

31 INICIAÇÃO NO COMÉRCIO DO SEXO A ATIVIDADE DO COMÉRCIO DO SEXO É APRESENTADA POR UMA AMIGA, NÃO FOI REFERIDO ALICIAMENTO POR TERCEIROS OU ALGUM ESQUEMA DE AGENCIAMENTO OU RECRUTAMENTO. ESTAVA PASSEANDO PELA VILA, ENCONTREI A M... QUE FALOU QUE ERA LEGAL E AINDA PAGAVAM. EU CONHEÇO MENINAS DO AREÃO QUE ME CONVIDARAM E EU SÓ FAÇO BOQUETE(SEXO ORAL). TENHO ALGUMAS COLEGAS NO MORRINHOS II E AÍ A GENTE SE JUNTA E SAI PARA A VIDA. NGS-ASPPE-2009

32 CLIENTES OS CLIENTES VEM DO PRÓPRIO MUNICÍPIO PORÉM ALGUMAS MENINAS NÃO CONSEGUIRAM IDENTIFICAR A PROCEDÊNCIA DOS MESMOS. HOMENS EM CARRÕES E MOTOS. ACHO QUE SÃO DAQUI. NÃO PERGUNTO. NÃO QUERO SABER. OLHA, TAVA NO BAR COM A MINHA AMIGA, E, NA MAIORIA DAS VEZES, OS CARAS CHEGAM, OFERECEM UMA CERVEJA, COMEÇAM A BATER PAPO, AÍ, PAPO VAI, PAPO VEM, PERGUNTA SOBRE AS COISAS NORMAIS, E SE A GENTE QUER SAIR, PARA ONDE A GENTE VAI... A MAIORIA DELES TEM ENTRE 30, 40 ANOS... ESSE ÚLTIMO QUE EU SAÍ DEVIA ESTAR NA CASA DOS 40. NGS-ASPPE-2009

33 Idade da 1ª relação Idade da 1ª relação comercial Quem levou para ESCCA Preço do Programa (R$) Perfil dos clientesOnde gasta dinheiro Onde faz o Programa Indica A Atividade Historia de Violência sexual Outras formas de ESCCA 10 anos11 anosamigaNão referiuTodosAjuda a famíliaHotelNãoSim duas vezes sem incesto Dançou em boate de Cubatão 12 Amiga20,00 a 40,00VelhosCom elaHotelNão 12 Amiga10,00( só oral)VelhosCom elaCarro e AreãoNão 912Amiga50,00 a 100,00De 20 a 30 anosCom elaCarro e motelSimSim primoDançou em boate de Santos Não informado14SozinhaDe 20 a 30 anosCom elaHotelNão 1016Sozinha50,0030 anosCom elaCarro e hotelNãoSim primoNão 12 Amiga3,00 a 4,00AdolescentesCom elaRuaNão 1116Amiga20,00 a 50,00TodosCom elaPraiaNão 1416Amiga30,00TodosCom elaNão informouNão 14 Amiga100,00IdososCom elaCasa do cliente NãoSim vizinho de 62 anos Não 15 Amiga80,00 a 100,0030 a 40 anosCom elaMotelNão 1516Amiga80,00 a 100,0030 a 40 anosCom elaMotelNão 14*14Amiga30,00 a 50,00Coroas + 65 anosSustenta a filha e UD CarroNão 14** Não 12 Amiga30,00 a 150,00Coroas 65 anos Sustenta os filhos e besteiras CarroNãoSim cunhado Sim dançou aos 15 anos NGS-ASPPE-2009

34 1994(N=330)1996(N=1047)2006(N=175) Raça61% Branca53 % Branca Tipo de Moradia55,6% Casa80,2 Casa/Apt Local de trabalho41% Boates32% Boates66,3% Boates Escolaridade /1ºG.Inc57%1º57,6% 1º42,2% Idade Média27,3 Anos29 Anos IM inicio da Vida Sexual 1715,5 Anos15 Anos Tempo de exposição11,8 Anos7 Anos Nº médio de Gestações 2,62,3 Nº de Programas/dia22,8 Preço Médio ProgramaR$ 52,00R$ 82,00 ESTUDOS COM TS EM SANTOS NGS-ASPPE-2009


Carregar ppt "ESCCA X PROSTITUIÇÃO NEIDE GRAVATO DA SILVA CEVISS - JULHO 2009 ASPPE - Associação Santista de Pesquisa Prevenção e Educação www.asppe.org NGS-ASPPE-2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google