A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Violência. No final do artigo os autores acabam concluindo que "Finalmente é preciso estar atento para o exame das crianças com suspeita de abuso ou agressão.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Violência. No final do artigo os autores acabam concluindo que "Finalmente é preciso estar atento para o exame das crianças com suspeita de abuso ou agressão."— Transcrição da apresentação:

1 Violência

2 No final do artigo os autores acabam concluindo que "Finalmente é preciso estar atento para o exame das crianças com suspeita de abuso ou agressão sexual, pois os sinais e sintomas podem ser de outra etiologia. Kremlin, Parra e Menear chamam a atenção para os cuidados que se deve ter no exame de crianças com suspeita de abuso sexual. Eles vestíbulo em meninas propuseres, adesões labiais ou vagistes com cultura negativa". (veja o artigo). Copyright © G.J.Balloneveja o artigo seleccionaram 157 casos que haviam sido encaminhados para a clínica de abuso sexual devido a queixas de sintomas ano genitais ou sinais sugestivos ao exame clínico. De 184 queixas, o mais comum foi a presença de lesão ou sangramento ano genital (29,3%), seguido por irritação ou vermelhidão (21,7%), anatomia ano genital anormal (20,7%), corrimento vaginal (18,4%), lesões (6,5%) e outros sinais ou sintomas (3,3%). Usando um procedimento estandardizado, concluíram que em 25 pacientes (15%) os achados eram sugestivos, prováveis ou definitivos para abuso sexual. Muitas pacientes apresentavam outras condições clínicas, como Eritreia ano genital, aumento da vasculhariam do hímen ou

3 A VIOLÊNCIA Pode ser dividida em violência física quando envolve agressão directa, contra pessoas queridas do agredido ou destruição de objectos e pertences do mesmo; violência psicológica quando envolve agressão verbal, ameaças, gestos e posturas agressivas; e violência sócio-económica, quando envolve o controle da vida social da vítima ou de seus recursos económicos. Também alguns consideram violência doméstica o abandono e a negligência quanto a crianças, parceiros ou idosos.violência Estatisticamente a violência contra a mulher é muito maior do que a contra o homem. Em geral os homens que batem nas mulheres o fazem entre quatro paredes, para que não sejam vistos por parentes, amigos, familiares e colegas do trabalho. A maioria dos casos de violência doméstica são classes financeiras mais baixas, a classe média e a alta também tem casos, mas as mulheres denunciam menos por vergonha e medo de se exporem e a sua família.mulherhomem

4 A seguir, algumas questões para sua reflexão. Na sua escola: - Todas as pessoas (alunos, funcionários, professores, pais...) são respeitadas? - Os professores têm se actualizado, visando um ensino de qualidade? - Os temas da violência e dos direitos dos cidadãos fazem parte integrante do currículo escolar? - A escola oferece palestras e cursos sobre o tema da violência? Esses eventos têm contado com a participação da família e da comunidade? - As diferentes opiniões são respeitadas ? - As famílias têm assumido o seu papel na formação de seus filhos? - As expressões dos alunos sobre as mais variadas situações têm sido incentivadas? Se você respondeu sim à maioria das perguntas, óptimo! Sua escola exercita parte das sugestões de alunos e professores que participaram da pesquisa realizada pela autora desse texto, que discute a questão da violência na escola em busca de soluções criativas e conectivas.

5 Violência domestica VIOLÊNCIA DOMÉSTICA - 1 A violência doméstica é um problema que atinge milhares de crianças, adolescentes, e mulheres. Esta página começava assim, até que recebi e- mail de um leitor ressaltando a falha e injustiça de excluir, do rol dos prejudicados, os homens. Portanto, podemos começar de novo dizendo que: A violência doméstica é um problema universal que atinge milhares de pessoas, em grande número de vezes de forma silenciosa e dissimuladamente. Trata-se de um problema que acomete ambos os sexos e não costuma obedecer nenhum nível social, económico, religioso ou cultural específico, como poderiam pensar alguns.


Carregar ppt "Violência. No final do artigo os autores acabam concluindo que "Finalmente é preciso estar atento para o exame das crianças com suspeita de abuso ou agressão."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google