A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Os Jovens A maioria dos jovens relaciona-se bem com a escola, família e igreja, independentemente daqueles factores que os perturbam: a rebeldia, a revolta.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Os Jovens A maioria dos jovens relaciona-se bem com a escola, família e igreja, independentemente daqueles factores que os perturbam: a rebeldia, a revolta."— Transcrição da apresentação:

1

2 Os Jovens A maioria dos jovens relaciona-se bem com a escola, família e igreja, independentemente daqueles factores que os perturbam: a rebeldia, a revolta e o afastamento dos valores familiares, a falta de aproveitamento escolar e um questionamento das doutrinas religiosas. Enquanto jovens, o lazer e o convívio com os colegas tem uma grande importância no seu processo de socialização e formação. Eles são fortemente voltados para o lazer, de certa forma em oposição ao saber tradicional da escola e da família, que privilegia a ordem e a certeza, o ensino e a transmissão de conhecimentos e experiências entre pares.

3 A Família Qualquer infracção pela parte dos jovens é considerada como uma ameaça para a sociedade e para os valores familiares. Os pais são considerados responsáveis pelos comportamentos dos filhos adolescentes. Apesar disso, não só a família, mas também a escola é responsável pelos problemas da adolescência. Uma forma de evitar estes problemas é impedir o contacto dos jovens com grupos mal intencionados, para os manter em bons caminhos. Hoje, em família abordam-se temas que eram impensáveis no passado. Os pais já não controlam tanto a casa, nem são os únicos protectores da família. Por sua vez, as mães não são unicamente as protectoras do lar e zeladoras da educação e formação dos filhos.

4 A Violência Escolar Nos primeiros anos, creche e infantário, ou mesmo ensino básico, as crianças ficam ansiosas por ir para a escola: é lá que estão os seus colegas de brincadeiras, os professores são durante alguns anos os mesmos, pelo que as relações de amizade são intensificadas e todos os conceitos são apreendidos de forma agradável. A desvalorização do lado afectivo, a maior distância no relacionamento e a constante troca de professores consoante as disciplinas, faz com que se registe um enfraquecimento nesta relação entre alunos e escola, a escola passa a ser uma obrigação e deixa de ser um gosto. O resultado são as muitas retenções, o abandono e falta às aulas, a violência e indisciplina no espaço escolar.

5 Aqueles que mantêm os seus valores, apesar de certos factores como a promiscuidade, o sexo desmedido, o uso de drogas, a violência e a agressividade, têm grandes expectativas de serem bem sucedidos. Actualmente, os professores não podem exercer qualquer tipo de castigo aos alunos sob pena de sofrerem sanções disciplinares, mas os alunos não têm esse problema. Perante problemas como o uso de drogas, o sexo fácil e a agressividade, a escola tem como função encaminhar os jovens de volta aos bons princípios da sociedade actual.

6 Causas da Violência A televisão é um dos meios que contém mais violência. Muitas crianças vêem televisão e jogam jogos sem qualquer supervisão dos pais. Ficam com ideias incorrectas e constroem as suas personalidades de acordo com o que observam, com uma total ausência de distinção do que é certo ou errado. O abandono familiar, o absentismo e o abandono escolar, a negligência, maus-tratos, abuso sexual, trabalho infantil, abuso de autoridade por parte dos pais, a pobreza, o alcoolismo, a toxicodependência, a mistura ou desagregação dos casais, ausência de valores, detenção prisional, a autorização para fazerem tudo o que quiserem e a demissão do papel educativo dos pais, entre outras, são as principais causas com que começa a surgir a violência

7 Soluções Algumas das soluções são: controlar os tipos de programas vistos pelos filhos, tentar fazer actividades fora de casa, confraternizar com os filhos, informá-lo acerca dos perigos do álcool, das drogas e dos grupos mal-intencionados, ensinar valores de moral e faze-los ver o que está certo e o que está errado, envolver-se activamente na vida escolar dos filhos, sem os pressionar, se detectar vestígios de violência, trabalho infantil ou abuso sexual nos vizinhos avisar as autoridades competentes, as autoridades devem retirar os filhos e dar a custódia a alguém mais apropriado.

8 Os Grupos e Turmas Enquanto grupo, têm grande importância na integração e na aprendizagem dos jovens. Influenciam certos comportamentos que os adolescentes demonstram, sendo o resultado de tentativas de imitação de outros membros do grupo. Os jovens procuram obter segurança, respeito e prestígio na escola, através de actos violentos. Numa sociedade onde as famílias estão cada vez mais desagregados, este vazio é preenchido por estes grupos formados a partir de interesses e motivações diversas. A violência é na sua maior parte praticada pelos jovens, que formam grupos, habitualmente dentro das cidades, adquirindo formas de vestir, agir ou pensar muito características. Os hippies, os rockers e os skinheades, entre outros, são exemplos bem conhecidos de grupos inadaptados aos padrões da sociedade.


Carregar ppt "Os Jovens A maioria dos jovens relaciona-se bem com a escola, família e igreja, independentemente daqueles factores que os perturbam: a rebeldia, a revolta."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google