A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

As dez principais dificuldades de um novo convertido O desafio da consolidação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "As dez principais dificuldades de um novo convertido O desafio da consolidação."— Transcrição da apresentação:

1 As dez principais dificuldades de um novo convertido O desafio da consolidação

2 Não existe uma fórmula para lidar com cada problema que um novo convertido pode vir a enfrentar. Todavia ter uma descrição das possíveis dificuldades nos ajuda a tomar medidas práticas para prevenir que eles venham a se desviar da fé.

3 São muitas as batalhas que um novo convertido terá de enfrentar, por isso precisamos de muitos consolidadores dispostos a tomar uma posição de defesa nessa guerra. O maior desafio na vida da Igreja é o trabalho de consolidação.

4 1. Emoções conflitantes Dentro das 24 horas seguintes à sua experiência qualquer novo convertido pode ter dúvida sobre a realidade da sua experiência. Aquela emoção inicial pode diminuir e fazer com que o novo convertido pense que sua experiência com Cristo foi um tipo de alucinação ou uma experiência irreal. Precisamos mostrar a ele que as emoções são afetadas pelas circunstâncias e que a nossa posição em Cristo não depende delas.

5 2. Crise de transformação Vícios e hábitos nem sempre desaparecem imediatamente e isto pode ser motivo de muita ansiedade. O novo convertido deseja corresponder à expectativa de mudança instantânea. (II Cor. 5:17). Ele espera vencer imediatamente o cigarro, a droga e o álcool talvez por causa do testemunho de outros que tiveram sucesso. A verdade é que algumas pessoas precisam de um acompanhamento pessoal e outras precisam até mesmo ser internadas num centro de reabilitação.

6 3. Pressão dos amigos As pessoas do seu ambiente social vão pressioná-lo para que retorne aos padrões de sua vida antiga. Isto é especialmente difícil para os jovens, mas acontece com todos. Velhos amigos possuem um grande poder de influência e podem levar o novo convertido a desistir da fé. É vital, portanto, que os irmãos o envolvam até que ele seja capaz de responder apropriadamente aos antigos amigos.

7 4. Falta de tempo O novo convertido precisa separar tempo para a comunhão com os irmãos. Isto pode ser um problema para pessoas que possuem uma agenda muito cheia. A fim de ser edificado na fé o novo convertido precisa reorganizar seu tempo para incluir a igreja em sua rotina. Ele não conseguirá fazer isso sozinho, daí a importância de um consolidador(HMA).

8 5. Hostilidade da família É comum surgir uma tensão em casa, principalmente se o novo convertido é o primeiro membro da família a ter uma experiência com Cristo. Ele certamente será acusado de destruir a paz e a unidade da família, o que pode ocasionar muita hostilidade contra ele. Ele será pressionado a manter sua lealdade à família e deixar Cristo de lado. Sem o apoio de alguém(HMA) ele dificilmente conseguirá superar a pressão de uma família hostil ao evangelho.

9 6. Perseguição Não se pode evitar o sofrimento por causa da fé. Jesus disse que seríamos perseguidos. Em algumas circunstâncias a perseguição torna o novo convertido mais forte, mas em outras pode levá-lo a desistir e retroceder. É sábio preparar o novo convertido para a possibilidade de perseguição e estar com ele quando ela acontecer.

10 7. Superstição Existe uma tendência comum de se culpar a Deus por todas as coisas ruins que acontecem depois da conversão. Muitos novos na fé são convencidos pelos de fora de que a conversão só lhes trouxe problemas, e que, portanto não vale a pena insistir nesse caminho. Sem um irmão para protegê-lo de tais influências ele sucumbirá na fé.

11 8. Cobranças do passado É provável que haja uma série de pendências e questões não resolvidas do passado, como dívidas, conflitos e ressentimentos. O novo convertido precisa ser ajudado e orientado nessas questões. Muitos cobradores aproveitarão esse momento para pressioná-lo. Alguns poderão se sentir envergonhados e indignos de serem cristãos, abandonando assim a fé.

12 9. Solidão Por causa de sua decisão por Cristo, o novo convertido pode ter sido abandonado por todos os seus antigos amigos e, por alguma razão ele não foi capaz de preencher o espaço com novos amigos que compartilham de sua fé. O resultado disso é uma grande solidão que pode levá-lo a se sentir ressentido e abandonado.

13 10. Crentes carnais Crentes carnais podem ser uma fonte de desapontamento e desencoraja-mento. Eles podem fazer comentários insensíveis e dar conselhos errados. O novo convertido pensa que todo crente é maduro e capaz de ajudá-lo, mas nós sabemos que existem muitos anões espirituais. Longevidade não é sinônimo de maturidade. É triste, mas às vezes precisamos proteger um novo na fé de alguns velhos na fé, os OVÉLHAS.


Carregar ppt "As dez principais dificuldades de um novo convertido O desafio da consolidação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google