A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 AMASOFIA Uma Cosmovisão Holística para o III Milênio Revelações do Espaço para a Era de Aquário ABDA Associação Brasileira de Amasofia Compilação, Estudos,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 AMASOFIA Uma Cosmovisão Holística para o III Milênio Revelações do Espaço para a Era de Aquário ABDA Associação Brasileira de Amasofia Compilação, Estudos,"— Transcrição da apresentação:

1 1 AMASOFIA Uma Cosmovisão Holística para o III Milênio Revelações do Espaço para a Era de Aquário ABDA Associação Brasileira de Amasofia Compilação, Estudos, Pesquisas, Difusão e Ensino da Amasofia

2 2 APRESENTA O AMOR como uma Lei Cósmica Por Ben Daijih (Luiz Gonzaga Scortecci de Paula) 2008

3 3 "O Amor não é um sentimento como vos pareceis ser. É uma Lei,... a Lei das Afinidades. Ao contrariardes qualquer um de seus vetores estareis apenas sugerindo a essa Lei outros caminhos para que possais expressar no mundo a Perfeição que encerrais desde o dia em que vosso Nome (individuação) foi pela primeira vez pronunciado. Sim, a Vida não vos foi dada como um desafio, mas tão somente para que através de Vós ela possa revelar na Creação todas as suas (dela, da Vida) infinitas possibilidades."

4 4 Vetores do AMOR enquanto Lei Cósmica: (1) CONSCIÊNCIA (Canal / Instrumento de evolução como sinônimo de revelação)

5 5 Vetores do AMOR enquanto Lei Cósmica: (1) CONSCIÊNCIA (Canal / Instrumento de evolução como sinônimo de revelação) (2) VERDADE (Isenção / Transparência)

6 6 Vetores do AMOR enquanto Lei Cósmica: (1) CONSCIÊNCIA (Canal / Instrumento de evolução como sinônimo de revelação) (2) VERDADE (Isenção / Transparência) (3) RELAÇÃO (Comunicação / Interatividade)

7 7 Vetores do AMOR enquanto Lei Cósmica: (1) CONSCIÊNCIA (Canal / Instrumento de evolução como sinônimo de revelação) (2) VERDADE (Isenção / Transparência) (3) RELAÇÃO (Comunicação / Interatividade) (4) COMPARTILHAMENTO (Disposição verdadeira)

8 8 Vetores do AMOR enquanto Lei Cósmica: (1) CONSCIÊNCIA (Canal / Instrumento de evolução como sinônimo de revelação) (2) VERDADE (Isenção / Transparência) (3) RELAÇÃO (Comunicação / Interatividade) (4) COMPARTILHAMENTO (Disposição verdadeira) (5) CREATIVIDADE (Renovação / Fruição / Contribuição)

9 9 Vetores do AMOR enquanto Lei Cósmica: (1) CONSCIÊNCIA (Canal / Instrumento de evolução como sinônimo de revelação) (2) VERDADE (Isenção / Transparência) (3) RELAÇÃO (Comunicação / Interatividade) (4) COMPARTILHAMENTO (Disposição verdadeira) (5) CREATIVIDADE (Renovação / Fruição) (6) AÇÃO (Movimento / Escolhas)

10 10 Vetores do AMOR enquanto Lei Cósmica: (1) CONSCIÊNCIA (Canal / Instrumento de evolução como sinônimo de revelação) (2) VERDADE (Isenção / Transparência) (3) RELAÇÃO (Comunicação / Interatividade) (4) COMPARTILHAMENTO (Disposição verdadeira) (5) CREATIVIDADE (Renovação / Fruição / Contribuição) (6) AÇÃO (Movimento / Escolhas) (7) DESAPEGO (Liberdade / Não possessividade)

11 11 Vetores do AMOR enquanto Lei Cósmica e os Chacras: (1) CONSCIÊNCIA Chacra Coronário (Oú Barim) (2) VERDADE Chacra Frontal / Terceira Visão (Oú Chan) (3) RELAÇÃO Chacra Laríngeo (Oú Karan) (4) COMPARTILHAMENTO Chacra Cardíaco (Oú Larêh) (5) CREATIVIDADE Chacra Umbilical (Oú Rimát) (6) AÇÃO Chacra Esplênico (Oú Arrimát) (7) DESAPEGO Chacra Básico (Oú Barim-Sát)

12 12 Chacras são Vaiála-Lás (Idades que se somam...) Oú = Onde se encontra (oculta)... (1) a CONSCIÊNCIA Coronário (Oú Barim =... a realeza do Ser) (2) a VERDADE Frontal (Oú Chan =... a visão ou olho que vê além das aparências. A perspicácia e o pressentimento) (3) a RELAÇÃO Laríngeo (Oú Karan =... o espelho que revela (reflete) o Ser tal e qual ele é) (4) o COMPARTILHAMENTO Cardíaco (Oú Larêh =... A balança, a idade que ajuíza e escolhe, o discernimento) (5) a CREATIVIDADE Umbilical (Oú Rimát =... A motivação, o impulso, o motor) (6) a AÇÃO Esplênico (Oú Arrimát =... O instinto, o zelo, o cuidado, o ritmo, a auto- preservação, os limites, o próprio território) (7) o DESAPEGO Básico (Oú Barim-Tsát =... A realidade, a realização do Ser, a Individuação, a liberdade, o tesouro, Hamna, ou seja, a semente do continuar)

13 13 O CONTATO nos revelará realidades e dimensões de realidade inusitadas, mas há um caminho a ser percorrido até lá: O que vos impede de ver, viver e realizar para além das aparências têm sido os adereços que sobre a REALIDADE edificastes, ao longo do vosso tempo, com tanto zelo e tão incansável dedicação, sempre ao gosto daqueles a quem vós tendes, a troco de migalhas, obedecidos geração após geração. Quando, de um só golpe, entre aflitivos dias, dela (da REALIDADE) eles (os adereços) forem varridos vereis, com clareza, que o cenário original ainda se encontra entre vós, tal e qual estava ele no princípio de vossos dias na Terra. A partir de então, e só então, tereis resgatada a oportunidade de edificar novamente, mas não mais adereços sobre a REALIDADE, mas uma REALIDADE NOVA, algo para além do que já conheceis, ou, se dessa maneira vos parecer melhor, edificar o REINO DOS CÉUS NA TERRA, aquele que está a vos ditar a CONSCIÊNCIA ( a Voz interior) quando operando ELA está sob a égide da Lei Maior do Amor. Issa Aresí / ADRIMON, por Ben Daijih

14 14 O AMOR em si nada move, mas dita o caminho e a forma (o modo) através do qual tudo se move. Seu alfa-ômega princípio e fim (o da Lei do Amor) está na CONSCIÊNCIA (Oú Barim) que, por sua vez, em todos os incontáveis domínios, não é um atributo do SER. A CONSCIÊNCIA É, de modo que o SER não pode possuí-la, mas tão- somente acessá-la (alcançá-la) ou, mais do que isso, lhe dar PASSAGEM (ser dEla um meio de expressão, um Canal). A CONSCIÊNCIA (Oú Barim), em todos os domínios do Espaço e para além deles, é como um MISTÉRIO na iminência de revelar-se na Creação. O SER é a PORTA, ou o PORTAL, enquanto a CONSCIÊNCIA é o CONTEÚDO que lhe atravessa os limites, revelando e, simultânea e concomitantemente, ocultando o que SEMPRE É, o que SEMPRE FOI e o que SEMPRE SERÁ: Oú Barim-Tsát

15 15 "Ele, o Cristo (O Escolhido ou Ungido) O incógnito MENSAGEIRO DE OU-DHA-MÁH- MAEL não retornará, pois não foi esta a promessa que fez (Ele) através do Mestre (Jesus, uma programada encarnação terrestre de Itza Omhábi e Madjilla-Súh). O que está escrito é que Ele estará de braços abertos quando vossos olhos, hoje cegos, abrirem-se a Sua Eterna Presença. Esse Dia está tão perto quanto longe ele está, pois quem determina sua distância é o Medo da Liberdade que a vós todos aprisiona ao vosso MUNDO DE ILUSÕES e aos equivocados valores que ela edificou entre vós, ao longo da vossa história terrena. Vossa agonia, entretanto, será ela um dia tão grande que, enfim, não vos faltará, por conta das inumeráveis privações, ânimo para romperdes com essas tristes amarras. Nesse dia, vereis que, além de estrelas, o céu abriga miríades de atentos e amorosos olhares. Na PERFEIÇÃO da Lei do Amor nunca estiveram eles (tais olhares) em outro lugar

16 16 Gratos! ABDA – Associação Brasileira de Amasofia APOIO: REDE AURORA MUNDIAL


Carregar ppt "1 AMASOFIA Uma Cosmovisão Holística para o III Milênio Revelações do Espaço para a Era de Aquário ABDA Associação Brasileira de Amasofia Compilação, Estudos,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google