A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BRASIL CORAÇÃO DO MUNDO PÁTRIA DO EVANGELHO. Século XIV - Jesus em visita a Terra para observar seu progresso.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BRASIL CORAÇÃO DO MUNDO PÁTRIA DO EVANGELHO. Século XIV - Jesus em visita a Terra para observar seu progresso."— Transcrição da apresentação:

1 BRASIL CORAÇÃO DO MUNDO PÁTRIA DO EVANGELHO

2 Século XIV - Jesus em visita a Terra para observar seu progresso

3 Encaminharam-se para as terras novas Região do Cruzeiro do Sul Rogou as bênçãos de Deus para as Terras onde transplantaria seu Evangelho de piedade e amor.

4

5 Espíritos purificados no sentimento da humildade e mansidão se corporificariam entre as raças oprimidas da África Povos da terra da Fraternidade Universal Povos da terra da Fraternidade Universal Simples e Fraterno Espíritos em prova

6 1394- Dom Henrique de Sagres Infante D. Henrique – O navegador

7 Helil de retorno a Pátria Espiritual reuniu colaboradores e trabalhou influenciando os encarnados - aproveitou o sonho de riquezas das índias - organizou expedições

8 Expedição de Cabral Roteiro para as Índias Planos secretos sobre a fronteira da África Falanges do Infinito acompanham a expedição

9 Expedição foi acolhida fraternalmente pelos nativos

10 Os degredados Primeiro feito de Ismael no Brasil

11 8milhões e meio de Km ² - 8mil Km de costa marítima contra flamengos, espanhóis, franceses e ingleses

12 Ismael estabelece programa para o Brasil. Missionários reencarnam em Portugal. Latifundiários escravizam os negros. Livre arbítrio não pode ser cerceado – Lei de Justiça Mensageiros do bem mudam o rumo dos acontecimentos - nativos se revoltam - expedição luxuosa com destino secreto (incas) desaparece - Espanha domina Portugal

13 Negros: fundamentais organização física Lições de humildade e tristeza: imunizaram todos os excessos do imperialismo e do orgulho, dotando o povo brasileiro dos sentimentos de fraternidade, ternura e perdão

14 Espíritos atormentados pelo crime e remorso. Evoluídos nas ciências, pobres nos sentimentos de humildade e amor, à espera de oportunidade de redenção Jesus percebia súplicas das regiões inferiores mais próximas da terra Trabalhadores das cruzadas, Senhores feudais da Idade Média, Padres e inquisidores

15 Se incorporaram a nova raça sofrendo s penúrias do cativeiro Ressurgindo como estadistas, médicos, artistas, poetas e escritores Vivendo ambiente de pura fraternidade Exemplo de sacrifício dedicação ao ideal de solidariedade Lição de trabalho e obediência JESUS LHES ASSEGUROU UM PAPEL NA CONSTRUÇÃO DA PÁTRIA DO EVANGELHO

16 início do movimento abolicionista Clero, fisco, magistratura- esgotaram as possibilidades econômicas Povo na miséria. Intelectuais iniciaram movimento libertador e idealizaram a república. -Traídos e sufocados, condenados a morte,uns foram para as regiões da África, Tiradentes foi enforcado e recebido por Ismael 1792 – A rainha Portuguesa enlouquece – remorsos – Revolução Francesa modifica a estrutura dos governos D. João VI assume o trono - administração desastrosa.

17 1793 Revolução Francesa Napoleão Bonaparte – Ditador Francês Inteligente e implacável Gênios espirituais se reúnem implorando a Proteção divina Emissários do bem espalharam-se pela terra

18 Ouro – causa das lutas, incentivo a todos, estímulo a ilusão – escoaria para a Inglaterra – Providência do Alto Desenvolve cidades, pecuária, agricultura, desbravam caminhos Portugal sob domínio da Espanha entra em decadência em provações coletivas, alia-se a Inglaterra Bonaparte assina tratado com a Espanha e invade Portugal D. João VI chega ao Brasil sendo recebido com hospitalidade Antônio Vieira, com poderoso organismo mediúnico, faz parte da corte. Falanges de Henrique Sagres atuam em Portugal e Ismael volta-se para o Brasil

19 D. João VI no Brasil Tiradentes uniu-se às falanges espirituais para inspirar os trabalhadores para o cultivo da árvore do evangelho transplantada da Palestina que iniciava nova era. Abnegados missionários espalharam-se por toda a pátria

20 D. João VI retorna a Portugal e deixa o príncipe regente D. Pedro I A caravana de Ismael se esmerou no cultivo das idéias liberais inspirou a paz, a concórdia, harmonizou pensamentos para a edificação da liberdade. A nação se empolgou.

21 Sob a assistência espiritual que o incitou a completar a obra, D. Pedro promete ao povo que ficaria no Brasil contra as determinações da corte de Lisboa para o bem da coletividade e felicidade geral da nação.

22 Sabendo de novas imposições da corte, às margens do Ipiranga em 7 de setembro de 1822 deixa escapar o grito de Independência ou morte sem suspeitar que era dócil Instrumento do alto. Adesão intuitiva do povo aos elevados desígnios do mundo invisível

23 - Índios também sofreram torturas; - Missionários da Pátria pediram a intervenção do alto; - Jesus, considerando o livre-arbítrio, avivou a compreensão das leis fraternas Holandeses invadiram a Bahia 1837 – O Príncipe de Nassau entrou como invasor holandês, tornando Recife e Olinda as cidades mais belas da América. Acolheu índios e libertou escravos e estabeleceu o respeito às liberdades administrativas e religiosas em Pernambuco.

24 Jesus programou a última tarefa de Longinus no orbe terrestre, se bem desempenhasse o mandato de renúncias como imperador do Brasil. Teria autoridade e poder para beneficiar a todos: corrigir as leis despóticas; inaugurar o progresso moral; instituir o respeito e a paz;. manter a prudência e a fraternidade com as nações vizinhas, guardando a espada e aliviar o sofrimento dos escravos. Não deveria esperar gratidão, seria expulso. Seria amparado por Jesus e por Ele recebido na sua morte D. Pedro I abdicava em favor de seu filho de 5 anos, ficando sob a tutela de José Bonifácio. D. Pedro de Alcântara

25 Movimento preparatório do espiritismo no Brasil Médicos homeopatas com transes mediúnicos de elevado alcance chegam ao Brasil. Os fenômenos de Hydesville não passaram despercebidos – pequeno grupo de estudiosos.

26 18 de abril de 1857 Allan Kardec lança na França o Livro dos Espíritos, iniciando obra com a cooperação de: Léon Denis Gabriel Delanne Camille Flammarion Allan Kardec Todas as falanges do infinito se prepararam para interessar indiretamente grande número de estudiosos.

27 1871 – Lei do Ventre Livre ª bandeira da República Ismael prepara o ambiente para o médium Frederico Júnior transmitir a palavra póstuma de Allan Kardec dando instruções aos espíritas brasileiros, incentivando-os ao estudo, a caridade e a unificação

28 Bezerra de Menezes pôs-se à tarefa 1895 Assume a posição de diretor de todos os trabalhos de Ismael no Brasil Retorna a pátria espiritual deixando consolidada a obra para que continue a ser cultivada Ismael concentrou esforços para a unificação Na pátria dos meus ensinamentos o espiritismo será o cristianismo revivido na sua primitiva pureza. Jesus

29 Deus, Cristo amor e Caridade Podem as inquietações da terra separar trabalhadores, mas onde se ergue a flâmula luminosa Deus, Cristo, Amor e Caridade, a obra permanecerá. A organização federativa é a ideal para o espiritismo no Brasil, às vezes é considerada conservadora mas é depositária e diretora de todas as atividades evangélicas no Brasil. Todos espiritistas do país se reúnem pelas afinidades na obra comum, e os seus ascendentes tem ligações com as mais obscuras tendas de caridade, onde entidades humildes, de antigos africanos, procuram fazer o bem aos semelhantes.

30 Cada indivíduo ou nação tem um papel a desempenhar. O maior problema do Brasil é o da educação nacional para que os filhos de outras terras, necessários e indispensáveis ao progresso econômico do país não se sintam dispostos a reviver as antigas organizações de seus países e sim integrar-se às fileiras da fraternidade e evolução. Nenhum país pode viver independente dos outros. O Brasil está cheio de ideologias novas refletindo a paisagem do século. Cabe aos espíritas concentrarem as atividades no esclarecimento das almas e na educação dos espíritas.

31 A hora é de: Espiritizar Resgatar o freqüentador; Permitir que o espiritismo seja introjetado e passe gradualmente a ser vivência. Qualificar: Aprofundar conhecimentos, empreender a própria transformação moral Humanizar: Desenvolver a solidariedade, caridade como amor em ação dinâmica. 31


Carregar ppt "BRASIL CORAÇÃO DO MUNDO PÁTRIA DO EVANGELHO. Século XIV - Jesus em visita a Terra para observar seu progresso."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google