A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Paulo Rabello de Castro 07 de junho de 2006 Brasil 2006 que há de aposta para os rumos do país? Apresentação à Federasul.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Paulo Rabello de Castro 07 de junho de 2006 Brasil 2006 que há de aposta para os rumos do país? Apresentação à Federasul."— Transcrição da apresentação:

1 Paulo Rabello de Castro 07 de junho de 2006 Brasil 2006 que há de aposta para os rumos do país? Apresentação à Federasul

2 Contexto Externo Riscos de Reversão

3 EUA: Déficit em Conta Corrente Fonte: US Census Bureau

4 EUA: Déficit no Orçamento Federal Fonte: US Congretional Budget Office

5 Estados Unidos: Taxa de Juros - fed funds (% a.a.) Fonte: RC Consultores jan/57jan/62jan/67jan/72jan/77jan/82jan/87jan/92jan/97jan/02 dez/

6 SepNovJanMarMayJulSepNovJanMar MERCADO IMOBILIÁRIO AMERICANO (Housing Market Index) Fonte: RC Databank / NAHB "a bolha começa a desinflar"

7 Preço Internacional do Petróleo US$/barril - WTI na Bolsa de New York /6/0413/9/0428/11/0412/2/0529/4/0514/7/0528/9/0513/12/0527/2/0605/6/06

8 Preço Internacional do Ouro (US$, por onça troy) jan/80jan/82jan/84jan/86jan/88jan/90jan/92jan/94jan/96jan/98jan/00jan/02jan/04mai/06

9 Contexto Interno Os Mesmos Desafios... Repetição de Mantras

10 Índice de Confiança do Consumidor Fonte: Sondagem Conjuntural, Fundação Getúlio Vargas set/05out/05nov/05dez/05jan/06fev/06mar/06abr/06mai/06

11 Taxas de Juros Reais: Brasil vs Coréia do Sul Fonte: FMI. Elaboração: RC Consultores jul/97abr/98jan/99out/99jul/00abr/01jan/02out/02jul/03abr/04jun/05 BrasilCoréia do Sul Crise Asiática Crise Russa Crise Brasileira Nível Pós-Crise Diferença de 9 pontos percentuais, ou 3,6x Pós-FHC Diferença de 4 pontos percentuais, o 1,7x

12 Taxa de Juros: Praticada vs de Equilíbrio BRASIL jan/00ago/00mar/01out/01mai/02dez/02jul/03fev/04set/04abr/05mai/06 GAP ELEITORAL Taxa de Equilíbrio Taxa Selic

13 Brasil: Câmbio Real Efetivo, corrigido pela inflação, índice mai/06 = R$ 2,25 Deflacionado pelo IPCA 2,0 2,5 3,0 3,5 4,0 jan/99mar/00mai/01jul/02set/03nov/04mai/06

14 Exportações e Importações – Variação %, anualizada, média móvel de 3 meses jan/04mai/04set/04jan/05mai/05set/05jan/06 abr/06 EXPORTAÇÕES IMPORTAÇÕES

15 ReIação Salário / Câmbio Razão entre o Salário Nominal calculado pela Fiesp e a Taxa de Câmbio Nominal (R$/US$) Elaboração: RC Consultores ago/77abr/80dez/82ago/85abr/88dez/90ago/93abr/96dez/98ago/01abr/04 out/77 mar/83 ago/86 fev/91 jul/94 dez/98 ago/ ,4% - 11,4% + 18,7% - 9,9% - 12,5% - 22,0% + 2,9% Variação do Pessoal Ocupado: Tendência: + 2,2% ao ano + 4,0%

16 Brasil: Massa Salarial Real Fonte: IBGE / RC DataBank R$ 15 bi R$ 17 bi R$ 19 bi R$ 21 bi jan/00jan/01jan/02jan/03jan/04jan/05abr/06

17 Vendas Reais nos Supermercados Indice jan/01 = 100 Fonte: ABRAS jan/99ago/99mar/00out/00mai/01dez/01jul/02fev/03set/03abr/04nov/04jun/05jan/06

18 II2004.IV2005.II2005.IV2006.II Brasil: Produção de Bens (Indústria Geral) Índice trimestral, média 2002 = 100 / Fonte: IBGE

19 abr/04out/04abr/05out/05abr/06 UTILIZAÇÃO DA CAPACIDADE INSTALADA NA INDÚSTRIA (%) Fonte: RC Databank / CNI

20 Brasil: Suprimento Monetário Essencial (M1)* Moeda Circulante + Depósitos Bancários a vista R$ milhões Período de Câmbio Flutuante * serie a preços correntes, com média móvel de 3 meses Variação de 19% ao ano Variação de -8% ao ano Variação de 17% ao ano jan/99set/99mai/00jan/01set/01mai/02jan/03set/03mai/04jan/05abr/06

21 Brasil: Suprimento de Crédito Real Pessoa Física Operações Totais de Crédito com Recursos Livres – Pessoa Física Valores Reais, a preços de 2005, R$ bilhões Descapitalizado pela Taxa Selic jan/00jun/00nov/00abr/01set/01fev/02jul/02dez/02mai/03out/03mar/04ago/04jan/05jun/05mar/06

22 Brasil: Suprimento de Crédito Real Pessoa Jurídica Operações Totais de Crédito com Recursos Livres – Pessoa Jurídica Valores Reais, a preços de 2005, R$ bilhões Descapitalizado pela Taxa Selic jan/00jun/00nov/00abr/01set/01fev/02jul/02dez/02mai/03out/03mar/04ago/04jan/05jun/05mar/06

23 Brasil: Suprimento de Crédito Real TOTAL GERAL Operações Totais de Crédito com Recursos Livres – TOTAL GERAL Valores Reais, a preços de 2005, R$ bilhões Descapitalizado pela Taxa Selic jan/00jun/00nov/00abr/01set/01fev/02jul/02dez/02mai/03out/03mar/04ago/04jan/05jun/05mar/06

24 2007 = 4,1% 2006 = 3,7% 2005 = 2,0% 2004 = 4,6% 2003 = 0,8% 2002 = 2,3% -0,1% 1,6% 3,2% 4,4% 1,5% 0,4% 0,1% 1,0% 3,9% 4,7% 5,3% 4,3% 2,6% 3,7% 0,7% 1,5% 2,5% 2,6% 4,7% 4,9% 4,5% 4,3% 4,0% 3,3% -1% 0% 1% 2% 3% 4% 5% 6% 1o.Tri 024o.Tri 023o.Tri 032o.Tri 041o.Tri 054o.Tri 053o.Tri 062o.Tri 07 Produto Interno Bruto – variação frente ao mesmo trimestre do ano anterior Fonte: IBGE / Projeções: RC Consultores

25 Rio de Janeiro (55 21) São Paulo (55 11) RC Consultores


Carregar ppt "Paulo Rabello de Castro 07 de junho de 2006 Brasil 2006 que há de aposta para os rumos do país? Apresentação à Federasul."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google