A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Informação e o Exercício da Cidadania O Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil e a construção do Atlas Metropolitano pela Rede IPEA XVIII Encontro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Informação e o Exercício da Cidadania O Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil e a construção do Atlas Metropolitano pela Rede IPEA XVIII Encontro."— Transcrição da apresentação:

1 A Informação e o Exercício da Cidadania O Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil e a construção do Atlas Metropolitano pela Rede IPEA XVIII Encontro da ANIPES – Maceió, 7 de novembro de 2013

2 Antecedentes: uma visão institucional da cooperação técnica e o desenvolvimento de agendas compartilhadas Edital IPEA/PROREDES nº 001/2011 Rede Urbana do Brasil (projeto suspenso) Governança Metropolitana no Brasil Mapeamento da Vulnerabilidade Social nas Regiões Metropolitanas Brasileiras Articulação institucional IPEA/PNUD/FJP: Memorando de Entendimento (MoU) IPEA/PNUD para a construção do Atlas Carta Acordo Termo de Referência e Plano de Trabalho do Novo Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil

3 Antecedentes: Atlas do Desenvolvimento Humano porque? Construção de uma plataforma on line de consulta a mais de 200 variáveis e indicadores municipais, para os anos de 1991, 2000 e 2010, a partir das bases dos Censos Demográficos do IBGE: construção de algoritmos para extração de dados dos Censos, compatibilizando as variáveis. IDHM: Elaboração de nova edição do indicador como demanda da sociedade brasileira => indicador de longa duração e uso amplo; Indicador sintético, adaptação nacional do HDI, voltado para os municípios brasileiros (malha municipal de 2010); Atualização da proposta metodológica do IDHM com base em mudanças conceituais (como medir o desenvolvimento humano?).

4 Antecedentes: Atlas para quem? Gestores estaduais e federais Identificar regiões que precisam da intervenção de programas, políticas setoriais e territoriais e ações específicas. Atores políticos – locais e regionais Apoio ao diagnóstico dos principais desafios municipais e regionais, instrumentalizando o gestor e ampliando o espaço participativo Pesquisadores Análise comparativa das conjunturas municipais e sua evolução ao longo dos anos por meio de indicadores selecionados Sociedade civil e setor privado Orienta a sociedade civil e o setor privado em suas ações voltadas ao desenvolvimento brasileiro Cidadãos Acesso a informações claras e concisas -> estimula a participação social -> tornar os cidadãos vez mais protagonistas

5 Aspectos metodológicos do novo IDHM

6 Vida longa e saudável esperança de vida ao nascer Acesso ao conhecimento Padrão de vida digno índice de escolaridade da população adulta índice de fluxo escolar da população jovem renda municipal per capita (ago/2010)

7 Aspectos metodológicos do novo IDHM

8 Dimensão Longevidade Vida longa e saud á vel No IDHM, essa dimensão é medida pela esperan ç a de vida ao nascer IDHM Longevidade o n ú mero m é dio de anos que as pessoas dos munic í pios viveriam a partir do nascimento, mantidos os mesmos padrões de mortalidade observados em cada per í odo Aspectos metodológicos do novo IDHM

9 Dimensão Longevidade IDH-L = (valor observado – valor mínimo) (valor máximo – valor mínimo) Foram adotados os mesmos valores máximo e mínimo adotados pelo IDHM em suas edições anteriores: Máximo: 85 anos Mínimo: 25 anos Aspectos metodológicos do novo IDHM

10 Dimensão Educa ç ão Acesso ao conhecimento: escolaridade da população adulta fluxo escolar da população jovem. População adulta: é medida pelo percentual de pessoas de 18 anos ou mais de idade com o ensino fundamental completo. Fluxo escolar da população jovem: média aritmética do percentual de crianças de 5 a 6 anos frequentando a escola, do percentual de jovens de 11 a 13 anos frequentando os anos finais do ensino fundamental, do percentual de jovens de 15 a 17 anos com ensino fundamental completo e do percentual de jovens de 18 a 20 anos com ensino médio completo. Aspectos metodológicos do novo IDHM

11 Dimensão Educa ç ão População adulta Fluxo escolar da população jovem: Aspectos metodológicos do novo IDHM

12 Dimensão Renda Padrão de vida Renda municipal per capita, ou seja, a renda média mensal dos indivíduos residentes em determinado município, expressa em reais de 1º de agosto de Aspectos metodológicos do novo IDHM

13 Dimensão Renda IDHM-R = [ln (renda per capita municipal) – ln (valor mínimo de referência)] [ln(valor máximo de referência) – ln (valor mínimo de referência)] Máximo: R$4.033,00 - corresponde ao valor da menor renda per capita entre os 10% mais ricos residentes na UF com maior renda média do país no período analisado, o Distrito Federal. Mínimo: R$8,00 - corresponde ao limite mínimo adotado para o cálculo do IDH Global. Aspectos metodológicos do novo IDHM

14

15

16 Aspectos metodológicos do novo IDHM: novas faixas do Desenvolvimento Humano Municipal

17

18 Funcionalidades da Plataforma WEB do Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil Perfil municipal Consultas: Unidade da Federação Municípios Ranking Edição atual Tradução (inglês e espanhol) Cálculo do IDHM e de algumas variáveis e indicadores para diferentes recortes territoriais Perfil para UF Atualizações previstas

19 Resultados do Atlas e do IDHM Performance melhorou em todas as dimensões, nos municípios, UFs e país. Nenhum município teve resultado pior no IDHM, IDHM Longevidade e IDHM Educação. Redução, especialmente na última década, das diferenças entre os municípios e UFs de performance mais baixa e aqueles de melhor performance. Aumento da esperança de vida ao nascer combinada com redução do gap entre performances. Nos anos 2000, redução do Índice de Gini (0,64 para 0,60), combinada com aumento de renda per capta.

20 IDHM Longevidade

21 Estadual Municipal Mortalidade Infantil IDHM Longevidade – 2010 Correlação: -0,967

22 IDHM Educação

23 Estadual Municipal IDEB (2011) Correlação: 0,631 IDHM Educação – 2010

24 IDHM Renda

25 Estadual Municipal PIB PER CAPITA IDHM Renda – 2010

26 IDHM

27 Resultados do Atlas: IDHM e posição na REGIC

28 RELAÇÃO ENTRE GRAU DE URBANIZAÇÃO E IDHM E SEUS COMPONENTES Resultados do Atlas: IDHM e grau de urbanização

29 RELAÇÃO ENTRE GRAU DE URBANIZAÇÃO E IDHM E SEUS COMPONENTES Divulgação e monitoramento da Plataforma WEB Apresentações, capacitação e distribuição de material sobre o Atlas: SAF; MPOG (distribuição de material no Fórum Interconselhos); Participação em Audiência Pública na CINDRA da Câmara Federal. Novas análises: Compreender melhor aspectos regionais (análise da REGIC é insuficiente); Relação entre indicadores do Atlas (IDHM) e outros (corrupção). Monitoramento: Correção de bugs e erros do sistema; Defesa contra ataques (TI do IPEA); Desenvolvimento de nova Plataforma, mais funcionalidades (ex.: gráficos); Problemas com a base – correções propostas por pesquisadores e professores universitários.

30 A imprensa e o Atlas do Desenvolvimento Humano

31

32 RELAÇÃO ENTRE GRAU DE URBANIZAÇÃO E IDHM E SEUS COMPONENTES O Atlas Metropolitano: articulações institucionais Desenvolvido para as RMs participantes do projeto Governança Metropolitana no Brasil, no âmbito da Rede IPEA. RIDE DF, RMs de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Vitória, Salvador, Recife, Natal, Fortaleza, São Luís, Belém, Manaus, Goiânia e Cuiabá. Publicação do livro 40 Anos de Regiões Metropolitanas no Brasil. Participação na revisão do substitutivo do Estatuto da Metrópole. Articulado à construção do Indicador de Vulnerabilidade Social (bloco do Atlas do Desenvolvimento Humano). Indicador municipal e intrametropolitano. Desenvolvido em parceria com Fundação Seade, Fundação Ceperj, Fundação João Pinheiro, Ipardes, Idesp, SEI/BA e PNUD.

33 RELAÇÃO ENTRE GRAU DE URBANIZAÇÃO E IDHM E SEUS COMPONENTES A Proposta do Atlas Metropolitano Proposta: Construção de recorte territorial (e nova área de ponderação) para as 16 RMs participantes: Unidades de Desenvolvimento Humano: Maior homogeneidade socioeconômica; Identidade sócio-urbanística. Apresentação de TODAS as variáveis do Atlas do DH no Brasil na Plataforma WEB em sua nova versão (consulta por UDH e por RM). Perfis para cada UDH e para cada RM. Consulta por UDH e por RM. Lançamento (previsão): março/2014.

34 Para maiores informações, consulte a plataforma WEB do Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil em: Marco Aurélio Costa Coordenador do Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil (IPEA) Coordenador da Rede IPEA Assessoria da Presidência do IPEA


Carregar ppt "A Informação e o Exercício da Cidadania O Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil e a construção do Atlas Metropolitano pela Rede IPEA XVIII Encontro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google