A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

2012 A ERRADICAÇÃO DA POBREZA NOS MUN ICÍPIOS CEARENSES Políticas da Assistência Social, Trabalho e Segurança Alimentar na Superação da Extrema Pobreza.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "2012 A ERRADICAÇÃO DA POBREZA NOS MUN ICÍPIOS CEARENSES Políticas da Assistência Social, Trabalho e Segurança Alimentar na Superação da Extrema Pobreza."— Transcrição da apresentação:

1 2012 A ERRADICAÇÃO DA POBREZA NOS MUN ICÍPIOS CEARENSES Políticas da Assistência Social, Trabalho e Segurança Alimentar na Superação da Extrema Pobreza em Interação com as demais Políticas Públicas

2 PERFIL DOS EXTREMAMENTE POBRES 16,2 MILHÕES DE PESSOAS EM TODO O PAÍS, DISTRIBUÍDAS DA SEGUINTE FORMA (8,5%): 59% estão concentrados na Região Nordeste – 9,6 milhões de pessoas; Do total de brasileiros residentes no campo, um em cada quadro se encontra em extrema pobreza (25,5%); 51% tem até 19 anos de idade; 40% tem até 14 anos de idade; 71% são negros (pretos e pardos); 26% são analfabetos (15 anos ou mais).

3 Somos uma população de ;. Somos uma população de ;. Deste total o Ceará possui pessoas vivendo na chamada linha de pobreza, o que representa 56,38% da população;. Deste total o Ceará possui pessoas vivendo na chamada linha de pobreza, o que representa 56,38% da população;. Na extrema pobreza cearenses, ou seja, 17,8% vivem com cerca de 70,00 reais. Na extrema pobreza cearenses, ou seja, 17,8% vivem com cerca de 70,00 reais. FONTE:IBGE,UNIVERSO PRELIMINAR DO CENSO DEMOGRÁFICO 2010.ELABORAÇÃO: MDS A POBREZA NO CEARÁ

4 Fonte: IBGE, Resultados preliminares do universo do Censo Demográfico PERCENTUAL DA POPULAÇÃO EXTREMAMENTE POBRE (População residente em domicílios particulares permanentes com rendimento nominal mensal domiciliar per capita de 1 a 70 reais )

5 EIXOS DE ATUAÇÃO Aumento das capacidades e oportunidades 1. Eixo Inclusão Produtiva 2. Eixo Acesso a serviços públicos 3. Eixo Garantia de Renda Resultados Esperados: Elevação da Renda Per capita Aumento das Condições de bem estar

6 Garantia de Renda: O Bolsa Família será ampliado, incluindo, até 2013, mais 800 mil famílias que têm direito, mas ainda não recebem o benefício. Busca ativa para inclusão ou atualização do CADUNICO. 2. Acesso a Serviço Público: Ampliação e Qualificação dos Serviços. IMPLEMENTAÇÃO:

7 URBANO: Geração de ocupação e renda Qualificação profissional Intermediação/oportunidades Economia solidária Microcrédito Microempreendedor individual - MEI INCLUSÃO PRODUTIVA Aumentar a produção no campo, gerar ocupação e renda na cidade INCLUSÃO PRODUTIVA RURAL: Aumento da produção Acesso aos meios de produção Assistência técnica e acompanhamento das famílias Acesso aos mercados Auto consumo

8 ESTRATÉGIAS DE EXECUÇÃO Constituição de 01 grupo gestor, formado por representantes das diversas setoriais envolvidas no desenvolvimento do programa; Fortalecimento dos CRAS como pontos de atendimento e referência dos projetos desenvolvidos no âmbito do Programa, com ações de capacitação da equipes técnicas e implantação de suporte tecnológico na área de TI, com vistas ao monitoramento e avaliação das ações; Articulação das Unidades que compõem o Sistema Público de Emprego/SINE-CE para o atendimento aos trabalhadores atendidos pelo programa com qualificação profissional com vistas a intermediação para o emprego; Principais Estratégias da Proposta Preliminar da STDS para Superação da Extrema Pobreza

9 ESTRATÉGIAS DE EXECUÇÃO Fortalecimento dos 13 territórios de identidade enquanto espaço que sintetiza e materializa o processo social, econômico, ecológico e cultural, comprometido com a superação da pobreza; Apoio ao fortalecimento e divulgação da rede de economia solidária; Realização de seminários, por território de identidade, para apresentação das propostas e efetivação de parcerias; Identificação do universo das famílias em situação de extrema pobreza, por município, para engajamento nos projetos; Principais Estratégias da Proposta Preliminar da STDS para Superação da Extrema Pobreza

10 ESTRATÉGIAS DE EXECUÇÃO Elaboração e atualização do Censo e Mapa de Risco Pessoal e Social, instrumento da vigilância sócioassistencial, para implementação de ações que contribuam para a reversão da realidade detectada; Assessoramento aos municípios para elaboração da agenda municipal de superação da extrema pobreza; Desenvolvimento de um Plano de Capacitação abrangendo as áreas de gestão, produção, comercialização, monitoramento e avaliação (gestores e equipes técnicas, monitores e população atendida inclusive na área sócio produtiva) inclusive com a formação de multiplicadores para facilitar a sustentabilidade dos empreendimentos socioprodutivos; Principais Estratégias da Proposta Preliminar da STDS para Superação da Extrema Pobreza

11 ESTRATÉGIAS DE EXECUÇÃO Implantação de um sistema informatizado de monitoramento e avaliação; Divulgação e intercâmbio das experiências exitosas. Principais Estratégias da Proposta Preliminar da STDS para Superação da Extrema Pobreza


Carregar ppt "2012 A ERRADICAÇÃO DA POBREZA NOS MUN ICÍPIOS CEARENSES Políticas da Assistência Social, Trabalho e Segurança Alimentar na Superação da Extrema Pobreza."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google