A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PESQUISAS E ESTUDOS NA PRIMEIRA INFÂNCIA 2 o Seminário Internacional da Primeira Infância Porto Alegre, 18-19 de Nov. 2004 Alessandra Schneider Coordenadora.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PESQUISAS E ESTUDOS NA PRIMEIRA INFÂNCIA 2 o Seminário Internacional da Primeira Infância Porto Alegre, 18-19 de Nov. 2004 Alessandra Schneider Coordenadora."— Transcrição da apresentação:

1 PESQUISAS E ESTUDOS NA PRIMEIRA INFÂNCIA 2 o Seminário Internacional da Primeira Infância Porto Alegre, 18-19 de Nov. 2004 Alessandra Schneider Coordenadora do Escritório-Antena da UNESCO no Rio Grande do Sul UNESCOBRAZIL

2 2 Roteiro 1.Contribuições da UNESCO 2. O que dizem as pesquisas 2.1 Estudo sobre Políticas de Educação e Cuidado na Primeira Infância (OCDE, 2001) 2.2 Projeto Pré-Escolar High Scope Perry (EUA, 1960-87) 2.3 O impacto da Educação Pré-Escolar no Brasil (Banco Mundial/IPEA, 2001) 2.4 Benefícios da CEPI 3. Como os países investem na primeira infância 4. Programa Fundo do Milênio para a Primeira Infância

3 3 A UNESCO é a agência especializada das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura Criada em 16 de novembro de 1945 Se as guerras nascem na mente dos homens, é na mente dos homens que devem ser erguidas as defesas da paz Agência de Cooperação Técnica 190 Estados-Membros UNESCOBRAZIL

4 4 EDUCAÇÃO PARA TODOS UNESCOBRAZIL

5 5 EDUCAÇÃO PARA TODOS Princípios Educação é um direito humano fundamental Constitui a chave para um desenvolvimento sustentável, assim como para assegurar a paz e a estabilidade dentro de cada país e entre eles Educação ao longo de toda a vida, para todos os cidadãos, de todas as sociedades (lifelong learning) Todas as pessoas têm características, interesses, capacidades e necessidades de aprendizagem que lhes são próprias – os sistemas educativos devem ser desenhados considerando estas diferentes características e necessidades UNESCOBRAZIL

6 6 Conferência Mundial sobre Educação para Todos Jomtien/Tailândia - 1900 A aprendizagem inicia com o nascimento. Isso implica cuidados básicos e educação inicial na infância, proporcionados seja através de estratégias que envolvam as famílias e comunidades ou programas institucionais, como for o caso. Declaração Mundial sobre Educação para Todos, Art. 5 UNESCO UNESCOBRAZIL

7 7 Fórum Mundial de Educação para Todos Dacar - 2000 Definiu metas para a década: A expansão e o aprimoramento da assistência e educação na primeira infância, especialmente para as crianças mais vulneráveis e desfavorecidas. UNESCOBRAZIL

8 8 Todas as crianças devem ser criadas em ambientes seguros e acolhedores que lhes permitam tornarem-se saudáveis, ativas, confiantes e capazes de aprender. A última década ofereceu evidências de que a assistência e a educação de boa qualidade para a primeira infância, tanto na família como em programas mais estruturados, têm um impacto positivo na sobrevivência, crescimento e desenvolvimento do potencial de aprendizagem das crianças. Marco de Ação de Dacar – 2000 UNESCO UNESCOBRAZIL

9 9 A UNESCO tem orientado sua ação para a difusão da importância de uma educação infantil de qualidade desde os primeiros anos de vida. UNESCOBRAZIL

10 A UNESCO no Brasil oferece cooperação técnica na área, contribuindo para a formulação e o aprimoramento de políticas e programas. Seus principais eixos de ação são: 1) Assessoria ao poder executivo na formulação de projetos e programas para a valorização e a melhoria da qualidade da educação e dos cuidados na primeira infância

11 UNESCOBRAZIL 2) Realização de seminários para fomentar o debate sobre a primeira infância, o alcance das metas pactuadas nacionalmente (PNE) e a formulação de políticas articuladas - Educação Infantil: Construindo o Presente (Brasília-DF, 23-25 abril 2002) - Infância e Mídia (Porto Alegre-RS, 05 de agosto de 2003) - A Mídia e os Direitos da Criança e do Adolescente: Um Compromisso Social (Brasília-DF, 07 agosto 2003) - A Primeira Infância na Construção da Cultura de Paz (São Paulo-SP, 08 de agosto de 2003) - Financiamento da Educação Infantil (Brasília-DF, 08-09 setembro 2003)

12 UNESCOBRAZIL 3) Desenho e gestão do Programa Fundo do Milênio para a Primeira Infância no Brasil (UNESCO Brasil, Banco Mundial e Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho)

13 13 4) Publicação de estudos e pesquisas sobre temas relevantes na área, visando à disseminação de conhecimentos, qualificação do debate teórico e aprimoramento da prática de educação infantil UNESCOBRAZIL

14 14 2.1 Starting Strong Early Childhood Education and Care UNESCOBRAZIL OECD Publication 2001

15 15 Starting Strong - 2001 Estudo realizado em 12 países membros da OCDE * Austrália * Holanda * Bélgica * Noruega * República Tcheca * Portugal * Dinamarca * Suécia * Finlândia * Inglaterra * Itália * Estados Unidos Estudo UNESCO Paris/OCDE em curso * Brasil * Quênia * Indonésia * Cazaquistão

16 16 Identifica 4 questões: Clara responsabilidade do Estado na provisão de educação e cuidados na primeira infância; O acesso aos serviços de educação e cuidado na primeira infância é um direito em muitos países; Há um movimento para garantir cobertura universal às crianças de 3 a 6 anos; Importância da qualidade e integração dos serviços;

17 17 8 Elementos-chave das Políticas: 1)Abordagem sistêmica e integrada no desenvolvimento das políticas e na implementação, com ênfase na coordenação; > tratar educação e cuidados de forma integrada; > um Ministério deve liderar o trabalho; > fortes vínculos entre serviços, profissionais e familiares promove coerência; 2)Forte cooperação com o sistema de Educação > apóia lifelong learning e reconhece que educação e que o cuidado, desde o nascimento, constituem uma importante etapa do processo educativo;

18 18 3) Acesso universal, com especial atenção às crianças com necessidades especiais; > assegurar acesso eqüitativo para que todas as crianças tenham garantidas oportunidades iguais de freqüentar serviços de educação de qualidade; > as políticas e os serviços voltados às crianças menores de 3 anos devem receber maior atenção e fortalecimento; 4) Substantivo investimento público em serviços e infra- estrutura; > o investimento público garante sustentabilidade e acesso aos serviços;

19 19 5) Abordagem participativa para melhoria sistemática da qualidade; > abordagens pedagógicas centradas no desenvolvimento integral das crianças reforçam práticas de qualidade; 6) Capacitação dos recursos humanos e adequadas condições de trabalho em todas as modalidades de atendimento; 7) Atenção sistemática para coleta de dados e monitoramento; 8) Agenda de médio e longo prazo para pesquisas e avaliação;

20 20 Desafios: Acesso precário às crianças menores de 3 anos; Profissionalização dos recursos humanos que atuam na área; Utilização de indicadores para avaliação dos serviços e realização de estudos comparativos; Baixos salários, condições de trabalho nem sempre favoráveis, acesso reduzido à capacitação em serviço;

21 21 2.2 Projeto Pré-Escolar HIGH/SCOPE PERRY Década de 60 em Michigan/EUA – estudo longitudinal; Descrição: pré-escola de meio-turno de alta qualidade, por 1 ou 2 anos, para crianças afro-americanas de 3 e 4 anos; visitas domiciliares semanais; Aos 27 anos os participantes do programa apresentavam: Renda mais alta (29% x 7% ganhando US$ 2 mil) Maior nível de instrução (71% x 54% - 2 o Grau) Percentagem mais baixa de pessoas assistidas por serviços sociais (59% x 80%) Menor n o de prisões aos 27 anos (7% x 35%) UNESCOBRAZIL

22 22 A relação custo-efetividade indicou benefícios estimados em sete vezes o custo original do Programa. Para cada dólar gasto, calculou-se uma economia de 7,16 dólares. UNESCOBRAZIL

23 23 Filhos de Pais com 4 Anos de Educação UNESCOBRAZIL 0.4 anos a mais de educação 0.4 anos a mais de educação 1 Ano de Pré-escola 1 Ano de Pré-escola 5.0% 5.0% 2.0% 2.0% = 7 % 7 % RENDA

24 24 UNESCOBRAZIL Filhos de Pais Analfabetos 0.6 anos a mais de educação 0.6 anos a mais de educação 1 Ano de Pré-escola 1 Ano de Pré-escola 6.5% 6.5% 6.0% 6.0% = 12.5% 12.5% RENDA

25 25 Os Benefícios de programas de qualidade * Benefícios Educacionais - Permanência na escola por mais tempo - Menores índices de evasão e repetência - Melhor Performance * Benefícios Econômicos - Mais tempo na escola emprego melhor remunerado - Estímulo à força de trabalho feminina * Benefícios Sociais - Melhores indicadores de nutrição e saúde - Probabilidade de crime e delinqüência reduzidas - Eqüidade de gênero - Inclusão Social UNESCOBRAZIL

26 26 Como os países investem na Primeira Infância? Eles variam UNESCOBRAZIL

27 27 UNESCOBRAZIL

28 28 UNESCOBRAZIL

29 29 1. Seja carinhoso, amoroso e atencioso. 2. Dê atenção às sugestões e idéias da criança. 3. Converse, cante e leia para seu filho. 4. Estabeleça rituais e rotinas. 5. Estimule descobertas ou jogos de forma segura. DEZ DICAS UNESCOBRAZIL

30 30 6. Selecione o que será visto na televisão. 7. Use disciplina como uma oportunidade para ensinar. 8. Reconheça que cada criança é única. 9. Escolha serviços de educação e cuidado de qualidade e participe. 10. Cuide de você mesmo. UNESCOBRAZIL

31 31 UNESCOBRAZIL


Carregar ppt "PESQUISAS E ESTUDOS NA PRIMEIRA INFÂNCIA 2 o Seminário Internacional da Primeira Infância Porto Alegre, 18-19 de Nov. 2004 Alessandra Schneider Coordenadora."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google