A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Comunicações e economia A economia da Regeneração 1 2012 /06 /20.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Comunicações e economia A economia da Regeneração 1 2012 /06 /20."— Transcrição da apresentação:

1 Comunicações e economia A economia da Regeneração /06 /20

2 Pensamento económico da Regeneração 2012 /06 /20 2 A política fontista de obras públicas [tinha por objectivo] acabar com as assimetrias regionais e proceder a uma uniformização susceptível de criar mercado interno, (…) provocar a intensificação do comércio agrícola e permitir a penetração capitalista na estrutura agrária através do sector comercializado da agricultura. (…) A finalidade (…) era conseguir um desenvolvimento integrado dos sectores produtivos agrícola e industrial In Vítor Sérgio Quaresma – A Regeneração Economia e Sociedade – Publicações D. Quixote – Lxº, 1988 – pág. 60

3 Pensamento económico da Regeneração 2012 /06 /20 3 De acordo com os princípios do Liberalismo Económico (livre concorrência) … … segurança; … liberdade de organização; … liberdade de produção e venda; … facilidade de circulação … criar as condições que estimulem a economia, garantindo … - Agricultura; - Indústria - Banca; - Comércio... desenvolver as actividades produtivas e transforma- doras … desenvolveras actividades financeiras e de circulação … à iniciativa privada cabe…

4 Política de obras públicas da Regeneração 2012 /06 /20 4 ENTIDADE RESPONSÁVEL - O Estado, embora possa articular- se com a iniciativa privada OBJECTIVO – Favorecer o alargamento do mercado interno e externo, para estimular a produção SECTORES - Caminho de Ferro; - Estradas; - Navegação; - Outros

5 Progressos internacionais da navegação – o vapor e o ferro 2012 /06 / – Um primeiro navio a vapor atravessa o Atlântico a partir de Liverpool Primeiros navios a vapor com carreiras regulares de navegação fluvial e costeira - Estados Unidos – Inglaterra primeiro navio em ferro – ligação entre Londres e o Havre

6 Tradição e inovação 2012 /06 /20 6 Propulsão a vapor ou com velas - uso da roda lateral 1852 – propulsão a vapor ou com velas - uso de hélice

7 Navegação a vapor no período anterior à Regeneração 2012 /06 /20 7 Carreiras a vapor entre Lisboa e Porto Primeira carreira a vapor no Tejo 1821 Chegam a Portugal 5 vapores, comprados à Inglaterra, 1838 Navegação no Tejo e Sado e entre Lisboa e Porto São Companhias privadas que se encarregam da compra dos navios e exploração das linhas

8 Regeneração e marinha 2012 /06 /20 8 Dificuldades no desenvolvimento do sector naval, enfrentadas pela Regeneração Falta de técnicos preparados … … para a condução … para a construção Escassez de verbas … … para estaleiros novos … para aquisição de materiais Falta de condições portuárias

9 Regeneração e progressos navais 2012 /06 /20 9 Compra de corvetas mistas (vapor e vela) 1858 Inicialmente usados em viagens para as Ilhas e para África Criação do Corpo de Engenheiros Civis e Auxiliares 1864 Criação da Associação dos Engenheiros Civil 1869 Estudos para a construção do porto de Leixões Criação de Juntas Administrativas de Viana do Castelo e Aveiro Objectivo: estudar as obras portuárias necessárias

10 A recuperação 2012 /06 /20 10

11 Outras formas de comunicação 2012 /06 /20 11 Utilização do selo postal 1852 Inauguração do telégrafo 1857 Ligação Lisboa / Londres por cabo submarino 1870

12 Formas de financiamento 2012 /06 /20 12

13 Orçamento do Estado Português durante a Regeneração 2012 /06 /20 13

14 Evolução do peso da dívida pública nas despesas do Estado 2012 /06 /20 14


Carregar ppt "Comunicações e economia A economia da Regeneração 1 2012 /06 /20."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google