A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

C.3 - Portugal na Segunda Metade do Século XIX (1ª Parte) A Modernização do Reino.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "C.3 - Portugal na Segunda Metade do Século XIX (1ª Parte) A Modernização do Reino."— Transcrição da apresentação:

1 C.3 - Portugal na Segunda Metade do Século XIX (1ª Parte) A Modernização do Reino

2 Ao longo do século XIX, Portugal viveu duas épocas muito diferentes: guerras, instabilidade política, atraso económico até meados do século; paz, estabilidade política e progresso económico na 2ª metade do século XIX.

3 Vamos ver, em seguida, como se deu o desenvolvimento e crescimento do nosso país, na 2ª metade do século XIX. I)Agricultura Os governos liberais tomaram medidas para aumentar as áreas de cultivo, como a supressão dos morgadios e a venda de terras das ordens religiosas.

4 Para aumentar a produção agrícola, introduziram-se : Novas técnicas de cultivo; Máquinas agrícolas.

5 II) Indústria A indústria portuguesa da 2ª metade do século XIX beneficiou de importantes inovações técnicas vindas do estrangeiro, como: a máquina a vapor (de capital importância para a mecanização e progresso da indústria em geral);

6 Outras importantes inovações técnicas foram: teares mecânicos (para a indústria têxtil); altos fornos (para a indústria metalúrgica).

7 Com a mecanização, a tradicional produção artesanal deu lugar à produção industrial. Então: construíram-se fábricas, com diversa maquinaria a vapor (a nova fonte de energia) e muitos operários.

8 No nosso país, os principais centros industriais eram: Porto – Braga – Guimarães – Portalegre – Covilhã (Indústria têxtil); Lisboa - Barreiro – Setúbal (Indústria metalúrgica e indústria química)

9 Os governos liberais – e sobretudo o de Fontes Pereira de Melo – modernizaram o país com a construção de: III) Meios de Transporte e Vias de Comunicação estradas macadamizadas; caminhos de ferro;

10 pontes; portos; faróis junto à costa marítima.

11 Entraram em funcionamento, também, redes de telégrafos, de telefones e de cabos submarinos.

12 Todas estas inovações facilitaram a: mobilidade de pessoas; divulgação de notícias e de culturas. circulação de mercadorias;

13 Em resultado do ambiente de paz e de crescimento económico, a população portuguesa cresceu e movimentou-se ao longo da 2ª metade do século XIX. Período N.º de Emigrantes Total Emigração portuguesa para o Brasil, entre

14 Com o liberalismo, a sociedade portuguesa sofreu as seguintes alterações: a nobreza e o clero perderam regalias; a burguesia tornou-se o grupo social mais importante.

15 Por outro lado, com o desenvolvimento da indústria, surgiu um novo grupo social - o operariado, que trabalhava nas fábricas e vivia em más condições de vida.

16 Os governos liberais tomaram ainda medidas de grande impacto social e humanitário: desenvolveram o ensino em todos os graus; aboliram a pena de morte e a escravatura.


Carregar ppt "C.3 - Portugal na Segunda Metade do Século XIX (1ª Parte) A Modernização do Reino."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google