A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GUIA PRÁTICO DE PREVENÇÃO E COMBATE A DENGUE Figura 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GUIA PRÁTICO DE PREVENÇÃO E COMBATE A DENGUE Figura 1."— Transcrição da apresentação:

1 GUIA PRÁTICO DE PREVENÇÃO E COMBATE A DENGUE Figura 1

2 PRODUÇÃO Cristina Marques Sabrina Bessa Teresa Faruolo Ano 2011

3 O QUE É A DENGUE?

4 A dengue é uma doença infecciosa causada por um vírus e transmitida ao homem por um mosquito chamado e Aedes aegypti e Aedes albopictus. O mosquito é um vetor, isto é, um hospedeiro que apenas transporta o vírus da dengue. Quando o mosquito portador do vírus pica uma pessoa sadia, este vírus entra no sangue dessa pessoa. Depois de algum tempo, que varia de 3 a 15 dias, a doença começa a se manifestar. Não há transmissão de dengue pelo contato direto de uma pessoa doente com outra sadia, seja por alimentos, pela água ou por quaisquer objetos. Figura 2

5 QUAIS SÃO OS TIPOS DE DENGUE?

6 A dengue pode se manifestar de duas formas: Dengue clássica ou dengue hemorrágica. Na dengue clássica, os sintomas são mais brandos do que na dengue hemorrágica. Sintomas:. Dor de cabeça no fundo dos olhos e nas juntas;. Fraqueza;. Náuseas;. Vômitos;. Manchas na pele; Figura 3

7 A dengue hemorrágica é uma manifestação da dengue de forma mais grave, na qual ocorrem hemorragias devido à problemas na coagulação sanguínea. No início os sintomas são iguais aos da dengue clássica, podendo existir ainda:. Sangramento nas gengivas e narinas;. Fezes escuras, o que indica presença de sangue nas fezes;. Pontos ou manchas vermelhas ou roxas na pele. Dor abdominal intensa e contínua;. Vômitos freqüentes e tontura;. Diminuição da diurese (urina);. Dificuldade de respirar; Figura 4

8 COMO É O TRATAMENTO?

9 Não existe vacina para a dengue, normalmente a dengue dura de 5 a 7 dias. Não há um tratamento específico para atacar diretamente a doença. As medicações utilizadas são analgésicos e antitérmicos, que controlam os sintomas como a dor e a febre. ATENÇÃO: A pessoa doente não deve tomar remédios à base de ácido acetil salicílico (AAS), uma vez que esta substância aumenta o risco de hemorragia. Figura 5 Figura 6

10 COMO EVITAR A PROLIFERAÇÃO DO MOSQUITO?

11 - Eliminar o prato embaixo do vaso, furá-lo ou colocá-lo virado para baixo; - Tampar as caixas d'água; - Não deixar expostos recipientes, entulhos que possam acumular água; - Lavar os vasilhames com água para animais, pelo menos uma vez por semana, com bucha e sabão em água corrente; - Vaso sanitário, pouco usado, fechar com tampa e dar descarga uma vez por semana; - Manter os ralos fechados; - Limpar e eliminar a água do porta- gotas do bebedouro; - Limpar as calhas e canaletas; - Retirar água das lajes. Figura 7 Figura 8

12 CURIOSIDADES O ovo do Aedes aegypti pode sobreviver até 450 dias, mesmo que o local onde foi depositado fique seco. Se este local receber água novamente o ovo volta a ficar ativo, podendo se transformar em larva e depois em pupa, atingindo a fase adulta dentro de 2 a 3 dias, por isso eliminar a água e lavar os recipientes com água e sabão. Figura 9

13 COMO PRODUZIR REPELENTES?

14 PRODUZINDO REPELENTES A BASE DE CITRONELA O repelente caseiro a base de citronela constitui em um poderoso repelente natural. A citronela ( Cymbopogon winterianus) é uma planta parecida com capim, originária da Ilha de Java, na Indonésia, que possui características interessantes, mas ainda pouco aproveitadas pelo homem. Figura 10

15 CARACTERÍSTICAS DA CITRONELA O vegetal é rico em citronelal e o geraniol, substâncias que dão a ela um odor cítrico semelhante ao do eucalipto. Devido a isso, pode-se usá-la como aromatizador e em produtos de perfumaria. A citronela possui outra qualidade: o mesmo cheiro que agrada tanto aos humanos é insuportável aos insetos, como moscas e mosquitos, característica que faz dela um repelente natural, além de ecológico, pois espanta os animais ao invés de matá-los. Nome Científico: Cymbopogon winterianus Nome Popular: Citronela, capim- citronela, citronela-do-ceilão (C. nardus), cidró-do-Paraguai, citronela-de-java (C. winterianus) Família: Poaceae Divisão: Angiospermae Origem: Ceilão, Índia, Java Ciclo de Vida: Perene

16 COMO EXTRAIR O ÓLEO DE CITRONELA? O método industrial de extração do óleo essencial da citronela é conhecido como arrasto de vapor. As folhas são colocadas em um recipiente e passam a receber vapor dágua constantemente. A água é aquecida em uma caldeira. Ao passar pelas folhas da citronela, o vapor leva junto o óleo essencial, separado da água, em seguida, por condensação.

17 COMO EXTRAIR O ÓLEO DE CITRONELA? Já a extração caseira do óleo essencial da citronela não é muito simples. Segundo informações da Seção de Plantas Aromáticas do Instituto Agronômico de Campinas (IAC), pode-se colocar as folhas com um pouco de água numa panela de pressão: o vapor que sair de lá também vai conter óleo essencial. O óleo essencial da citronela é também solúvel em álcool. Assim, se misturarmos as folhas ao álcool, naturalmente o óleo essencial vai ser liberado. Aqui o problema é o seguinte: outras substâncias presentes na folha, como clorofila e pigmentos, também são solúveis em álcool e, neste caso, não teríamos o óleo puro como se obtém por meio do vapor dágua.

18 COMO PODEMOS USAR A CITRONELA? No ambiente e no corpo como repelente. Para o ambiente pode-se fazer um chá com as folhas da planta e usá-lo para limpar o chão, passar em parapeitos de janelas, etc. Como repelente corporal existem receitas de loções e cremes. Figura 11 Figura 12

19 RECEITAS DE REPELENTE CASEIRO DE CITRONELA 1 litro de álcool comum (para uso externo) a 70%, 1 vidro de boca larga e escuro, de preferência, com capacidade mínima de 1 litro, 1 frasco escuro para acondicionar 1 funil e 1 papel filtro, pano branco e limpo para coar e etiquetar Modo de fazer Pesar 200g da planta seca e triturada. Colocar num frasco de boca larga. Despejar 1 litro de álcool a 70% sobre a erva. Tampar o frasco e cobrir com papel escuro, se o vidro for claro. Deixar em maceração por no mínimo 8 e no máximo 21 dias, em local seco e protegido da luz. Agitar 2 vezes diariamente. Coar com o pano branco e completar o volume para 1 litro, passando mais álcool a 70% sobre o resíduo da planta. Filtrar em papel filtro e guardar em frasco escuro. Rotular. Validade: 2 anos

20 LOÇÃO REPELENTE Ingredientes para 1 litro de loção (100%): 150ml de glicerina líquida (15%) 150 ml de tintura de Citronela (15%) 350 ml de álcool de cereais (35%) 350 ml de água mineral, destilada ou filtrada (35%) Modo de fazer Misturar todos os ingredientes em partes iguais e embalar em recipiente de cor âmbar. Passar na pele quando estiver em locais com moscas e mosquitos

21 VELAS DE CITRONELA Os ingredientes necessários para fazer as velas são: 1 kg de parafina plus, 50 ml de essência ou óleo de andiroba, 25 gramas de pó de andiroba, 40 gramas de essência de citronela, pavio e forma de alumínio ou folhas galvanizada Como fazer? Derreter a parafina, mas tome muito cuidado, pois a mesma é altamente inflamável. Depois de derretido retire do fogo e aguarde pelo menos uns 3 minutos, misture o óleo de andiroba, a essência de citronela e o pó de andiroba. Misture muito bem. Unte a forma com vaselina liquida, coloque e centralize o pavio prendendo com palitos ou pregador de roupas. Encha a forma com a parafina, deixe esfriar e endurecer, posteriormente desenforme e está pronta para serem utilizadas e acesas nos cômodos de sua casa, terá maior eficácia quando há correntes de ar no local. Figura 13

22 REFERÊNCIAS o-mosquito-da-dengue 1- noticias FIGURAS: 2- contra-dengue.html 3-

23 REFERÊNCIAS FIGURAS : 4- sangue.html Mosquitos.html 8-http://comitecontroledengue.blogspot.com/2009/04/fotos-quintal-nota- 10.html id=32519

24 REFERÊNCIAS FIGURAS: 13- products_id= citronela-repelente__70D668.html RECEITAS: dengue/


Carregar ppt "GUIA PRÁTICO DE PREVENÇÃO E COMBATE A DENGUE Figura 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google