A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

BIOQUÍMICA - NUTRIÇÃO Ivanise C.S.Mota Ivanise C.S.Mota CARACTERÍSTICAS DOS ORGANISMOS VIVOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "BIOQUÍMICA - NUTRIÇÃO Ivanise C.S.Mota Ivanise C.S.Mota CARACTERÍSTICAS DOS ORGANISMOS VIVOS."— Transcrição da apresentação:

1 BIOQUÍMICA - NUTRIÇÃO Ivanise C.S.Mota Ivanise C.S.Mota CARACTERÍSTICAS DOS ORGANISMOS VIVOS

2 BIOQUÍMICA

3 BIOQUÍMICA Ciência que estuda as estruturas moleculares, os mecanismos e os processos químicos responsáveis pela vida. Ciência que estuda as estruturas moleculares, os mecanismos e os processos químicos responsáveis pela vida. Ciência que estuda as biomoléculas constituintes dos seres vivos. Ciência que estuda as biomoléculas constituintes dos seres vivos.

4 BIOQUÍMICA Principais átomos : C, H, O, N, P, S. Principais átomos : C, H, O, N, P, S. Principais Moléculas Principais Moléculas 70% a 80% Água; 70% a 80% Água; -10% a 15% Proteínas; -2% a 3% Lipídios; -1% Glicídios; -1% Ácidos nucleicos; -1% Sais Minerais

5 PROCESSOS PARA MANTER E PERPETUAR A VIDA 1 – SÍNTESE DE BIOMOLÉCULAS 1 – SÍNTESE DE BIOMOLÉCULAS 2 – TRANSPORTE DE ÍONS E MOLÉCULAS ATRAVÉS DE MEMBRANAS 2 – TRANSPORTE DE ÍONS E MOLÉCULAS ATRAVÉS DE MEMBRANAS 3 – PRODUÇÃO DE ENERGIA E MOVIMENTO 3 – PRODUÇÃO DE ENERGIA E MOVIMENTO 4 - REMOÇÃO DE PRODUTOS METABÓLICOS DE EXCREÇÃO E SUBSTÂNCIAS TÓXICAS 4 - REMOÇÃO DE PRODUTOS METABÓLICOS DE EXCREÇÃO E SUBSTÂNCIAS TÓXICAS

6 Células: a unidade básica da vida As células são as unidades estruturais e funcionais de todos os organismos vivos As células são as unidades estruturais e funcionais de todos os organismos vivos

7 Classificação Celular Procarióticas: Material genético não- delimitado em um envelope nuclear. Procarióticas: Material genético não- delimitado em um envelope nuclear. Ex. Microrganismos Ex. Microrganismos

8 Eucarióticas: Material genético organizado em cromossomos, contido em envelope nuclear. Ex.: Animais

9

10 Núcleo Sítio da síntese de maior parte do DNA e do RNA – Concentração das características Sítio da síntese de maior parte do DNA e do RNA – Concentração das características

11 Retículo Endoplasmático Membrana contínua com as membranas nuclear e plasmática : parte rugosa apresenta ribossomos ligados Membrana contínua com as membranas nuclear e plasmática : parte rugosa apresenta ribossomos ligados

12 Retículo Endoplasmático RER - Participa da síntese de proteínas que serão enviadas para o exterior das células. Esse tipo de retículo é muito desenvolvido em células com função secretora. RER - Participa da síntese de proteínas que serão enviadas para o exterior das células. Esse tipo de retículo é muito desenvolvido em células com função secretora. Ex.: Pâncreas - enzimas digestivas; Ex.: Pâncreas - enzimas digestivas; Intestino - muco Intestino - muco Alvéolos pulmonares - produzem lipoproteína surfactante. Alvéolos pulmonares - produzem lipoproteína surfactante.

13 Retículo Endoplasmático REL – Participa da síntese de esteróides, fosfolipídeos e outros lipídeos. Desintoxica o organismo atuando na degradação do etanol de bebidas alcoólicas, de medicamentos como antibióticos e barbitúricos (substâncias anestésicas). REL – Participa da síntese de esteróides, fosfolipídeos e outros lipídeos. Desintoxica o organismo atuando na degradação do etanol de bebidas alcoólicas, de medicamentos como antibióticos e barbitúricos (substâncias anestésicas). É abundante em células do fígado, gônadas e pâncreas. É abundante em células do fígado, gônadas e pâncreas.

14 RIBOSSOMOS Sintetizar fitas proteicas de RNA complementares `as já existentes e produzir enzimas. Realiza a tríade do material molecular básico da vida. Sintetizar fitas proteicas de RNA complementares `as já existentes e produzir enzimas. Realiza a tríade do material molecular básico da vida.

15 COMPLEXO DE GOLGI Sintetisar grande número de diferentes macromoléculas, modificando, classificando e empacotando –as para serem secretadas – exocitose. É uma central de correios onde os "pacotes" são enviados a diferentes destinos no interior da célula. Sintetisar grande número de diferentes macromoléculas, modificando, classificando e empacotando –as para serem secretadas – exocitose. É uma central de correios onde os "pacotes" são enviados a diferentes destinos no interior da célula.

16 MITOCÔNDRIA Responsável por muitos processos catabólicos fundamentais para a obtenção de energia para a célula, como a beta- oxidação de ácidos graxos, Ciclo de Krebs e a Cadeia Respiratória. Responsável por muitos processos catabólicos fundamentais para a obtenção de energia para a célula, como a beta- oxidação de ácidos graxos, Ciclo de Krebs e a Cadeia Respiratória.

17 LISOSSOMOS Degradação de partículas vindas do meio extra-celular, recicla outras organelas e componentes celulares envelhecidos. Age através da digestão intracelular controlada por proteínas, ácidos nucleicos, polissacarídeos e lipídeos. Degradação de partículas vindas do meio extra-celular, recicla outras organelas e componentes celulares envelhecidos. Age através da digestão intracelular controlada por proteínas, ácidos nucleicos, polissacarídeos e lipídeos.

18 PEROXISSOMOS Degradar compostos tóxicos para a célula, transformando-os em compostos menos tóxicos. Os produtos a degradar sofrem ação das catalases e oxidases transformando-os em peróxido de hidrogênio. Degradar compostos tóxicos para a célula, transformando-os em compostos menos tóxicos. Os produtos a degradar sofrem ação das catalases e oxidases transformando-os em peróxido de hidrogênio.

19 MEMBRANA PLASMÁTICA Define os limites da célula, separa o conteúdo intracelular do meio extracelular, seleciona as moléculas polares que possam entrar na célula (permeabilidade seletiva), permite a modificação da forma e do tamanho da célula (flexibilidade). Composição química: 60% de proteínas, 40% de lipídios (fosfolipídios), glicoproteínas, glicolipídios. Define os limites da célula, separa o conteúdo intracelular do meio extracelular, seleciona as moléculas polares que possam entrar na célula (permeabilidade seletiva), permite a modificação da forma e do tamanho da célula (flexibilidade). Composição química: 60% de proteínas, 40% de lipídios (fosfolipídios), glicoproteínas, glicolipídios.

20

21

22 Transporte através das membranas Transporte passivo – não envolve o consumo de energia do sistema, usa-se a energia cinética das moléculas; a movimentação dá-se a favor do gradiente de concentração. Ex: osmose, difusão simples, difusão facilitada. Transporte passivo – não envolve o consumo de energia do sistema, usa-se a energia cinética das moléculas; a movimentação dá-se a favor do gradiente de concentração. Ex: osmose, difusão simples, difusão facilitada. Transporte ativo - envolve a Transporte ativo - envolve a utilização de energia pelo sistema - a energia utilizada é na forma ATP. Ex. Bomba de sódio e potássio. utilização de energia pelo sistema - a energia utilizada é na forma ATP. Ex. Bomba de sódio e potássio.

23

24


Carregar ppt "BIOQUÍMICA - NUTRIÇÃO Ivanise C.S.Mota Ivanise C.S.Mota CARACTERÍSTICAS DOS ORGANISMOS VIVOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google