A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Balanço. Natureza Documento de síntese que regista os saldos das contas patrimoniais Fotografia Imagem fiel –3.2- Características Qualitativas imagem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Balanço. Natureza Documento de síntese que regista os saldos das contas patrimoniais Fotografia Imagem fiel –3.2- Características Qualitativas imagem."— Transcrição da apresentação:

1 Balanço

2 Natureza Documento de síntese que regista os saldos das contas patrimoniais Fotografia Imagem fiel –3.2- Características Qualitativas imagem verdadeira e apropriada da posição financeira e do resultado das operações da empresa

3 Obrigação de dar Balanço Obrigações dos Comerciantes –Código Comercial – artigo 18.º Os comerciantes são especialmente obrigados: –4.º A dar balanço e prestar contas Código Comercial - Artigo 62.º –Todo o comerciante é obrigado a dar balanço anual do seu activo e passivo nos três primeiros meses do ano imediato

4 POC D-L 410/89, de 21 de Novembro Artigo 2º 1.O POC é obrigatoriamente aplicável : a)Sociedades… Comerciais; b)Empresas individuais reguladas pelo Código Comercial; c)EIRL; d)EP; e)Cooperativas; f)ACE e AEIE; g)Outras entidades que, por legislação específica, já se encontrem sujeitas à sua adopção ou o venham a estar.

5 Balanço e Prestação de Contas O Balanço é um dos documentos de prestação de contas Os outros são: –Demonstração de resultados Por naturezas Por funções –Demonstração de fluxos de caixa –Anexo ao Balanço e à Demonstração de resultados (ABDR)

6 Preparação do balanço Registos Contabilísticos O Diário O Razão Os balancetes O inventário geral As operações de regularização

7 2 Modelos A- Simplificado PME Artigo 3º As … que, não … dois dos três limites referidos no artigo 262º do C. S. C B- Modelo Desenvolvido

8 Balanço Estrutura Horizontal em duas colunas –Activo –Capital próprio e passivo

9 Balanço Estrutura ActivoCapital próprio Passivo

10 Activo Coluna da Esquerda Imobilizado Circulante Acréscimos e diferimentos

11 Activo Imobilizado Imobilizações Incorpóreas Imobilizações Corpóreas Investimentos Financeiros

12 Activo Circulante Existências Dívidas de Terceiros –Médio e longo prazo –Curto Prazo Títulos Negociáveis Depósitos bancários e caixa

13 Coluna da Direita Capital próprio Passivo Acréscimos e diferimentos

14 Acréscimos e diferimentos Conta 27 O princípio da especialização –Os proveitos e os custos são reconhecidos quando obtidos ou incorridos, independentemente do seu recebimento ou pagamento, devendo incluir-se nas demonstrações financeiras dos períodos a que respeitam

15 Acréscimos e diferimentos Conceitos relevantes –Despesa/Pagamento –Custo –Receita/recebimento –Proveito

16

17 271- Acréscimo de proveitos Proveitos que não deram origem a receitas/recebimentos Ex: –Juros semestrais que serão creditados no exercício seguinte Balanço: Activo [Acréscimos e diferimentos - Acréscimo de Proveitos]

18 272- Custos diferidos Despesa paga num exercício relativa a bens e serviços de consumo corrente que serão consumidos no exercício seguinte –Ex: pagamento adiantado de rendas Pagamento antecipado de seguros Pagamento de juros antecipados Balanço: Activo [Acréscimos e diferimentos -Custo diferidos]

19 273- Acréscimo de custos Custos do exercício com despesa/pagamento posterior –Ex: Consumo de água de Dezembro Passivo

20 274- Proveitos diferidos Receita que já foi recebida mas cujo proveito só ocorre no exercício seguinte – Exemplo: rendas recebidas antecipadamente Passivo


Carregar ppt "Balanço. Natureza Documento de síntese que regista os saldos das contas patrimoniais Fotografia Imagem fiel –3.2- Características Qualitativas imagem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google