A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sumário Segregação de caracteres em cruzamentos de Diibridismo: Lei da segregação independente Exercícios de aplicação como forma de avaliação formativa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sumário Segregação de caracteres em cruzamentos de Diibridismo: Lei da segregação independente Exercícios de aplicação como forma de avaliação formativa."— Transcrição da apresentação:

1 Sumário Segregação de caracteres em cruzamentos de Diibridismo: Lei da segregação independente Exercícios de aplicação como forma de avaliação formativa Sumário Segregação de caracteres em cruzamentos de Diibridismo: Lei da segregação independente Exercícios de aplicação como forma de avaliação formativa Aula teórica

2 DIIBRIDISMO Se essa transmissão se fazia em bloco ou de forma independente Verificar se existia alguma Interferência na transmissão de dois caracteres distintos FUNDAMENTO/QUESTÃO-PROBLEMA e

3 Margarida Flores MartinsPatrimónio genético Procedimento experimental Cruzamentos de diibridismo realizados por Mendel Linhas puras Tal como nos cruzamentos de monoibridismo, Mendel seleccionou ervilheiras linhas puras para dois caracteres diferentes

4 Procedimento experimental Cruzamentos de diibridismo realizados por Mendel Seguidamente, cruzou artificialmente estas plantas portadoras de dois caracteres antagónicos. Acrescentou à cor da ervilha, a forma desta: Cor da ervilha (amarela ou verde) é determinada pelos genes A e a Forma da ervilha ( lisas ou rugosas) é denominada pelos genes L e l.

5 Procedimento experimental Cruzamentos de diibridismo realizados por Mendel Será que os alelos responsáveis pelos dois caracteres em estudo são transmitidos em bloco para os gâmetas, isto é, considerando que os dois caracteres são recebidos dos pais e transmitidos para a descendência sempre juntos? A com L a com l Ou, se pelo contrário os alelos responsáveis pelos dois caracteres em estudo são transmitidos de forma independente para os gâmetas, isto é, independentemente do conjunto de genes que foi herdado de cada progenitor, os indivíduos F1, ao ao produzirem os seus descendentes podem combiná-los de forma aleatória? A com L e a com l A com l e a com L Que tipo de gâmetas formaram os indivíduos cruzados por autopolinização na geração F1? Hipótese 1Hipótese 2

6 Procedimento experimental Cruzamentos de diibridismo realizados por Mendel Hipótese 1 Segregação dependente dos alelos X Amarela lisaVerde rugosa AALL aall AaLl AL al Geração P Geração F1 Cruzamento F1 Geração F2

7 Hipótese 2 Segregação independente dos alelos X Amarela lisaVerde rugosa AALL aall AaLl ALalAlaL Al aL al AL

8 Hipótese 1Hipótese 2 Análise fenotípica Gâmetas Geração F1 AL al AL Al aL al 3/4 sementes amarelas e lisas 1/4 de sementes verdes e rugosas 9/16 sementes amarelas e lisas 3/16 de sementes amarelas e rugosas 3/16 sementes verdes e lisas 1/16 de sementes verdes e rugosas

9 Proporção fenotípica Hipótese 1Hipótese 2 3:1 9:3:3:1 (315:108:101:32) Lei da Segregação independente ou Segunda Lei de Mendel

10 Probabilidades e previsão de resultados em Genética Mendeliana A – Dado acontecimento P(A) – Probabilidade desse acontecimento ocorrer (varia entre o e 1) Se P(A) = 0 – Nunca ocorre Se P(A) = 1 – Ocorre sempre P.e: A - Sair cara N – número de casos possíveis P(A) = casos esperados/casos possíveis P(A) =1/2


Carregar ppt "Sumário Segregação de caracteres em cruzamentos de Diibridismo: Lei da segregação independente Exercícios de aplicação como forma de avaliação formativa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google