A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Corpo Centro de controle (Coordenação) O Sistema nervoso O Sistema endócrino Funções do Sistema Nervoso: ? Sente as alterações – Estímulos - sensitiva.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Corpo Centro de controle (Coordenação) O Sistema nervoso O Sistema endócrino Funções do Sistema Nervoso: ? Sente as alterações – Estímulos - sensitiva."— Transcrição da apresentação:

1

2 Corpo Centro de controle (Coordenação) O Sistema nervoso O Sistema endócrino Funções do Sistema Nervoso: ? Sente as alterações – Estímulos - sensitiva ? Analisa as informações ? Responde aos estímulos – secreções musculares ou secreções de glândulas

3 SISTEMA NERVOSO CENTRAL (SNC) SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO (SNP) Encéfalo Medula espinhal Sistema Nervoso Somático(SNS) Sistema Nervoso Autônomo (SNA) Simpática Parassimpática Nervos cranianos, espinhais, gânglios e terminações nervosas voluntário Coordena principalmente os órgãos internos- involuntários Bulbo ou Medula oblonga Ceerebelo Ponte Mesencéfalo Cérebro – Hemisférios Cerebrais

4

5 Organização do Sistema Nervoso

6 Componente de entrada do SNP Neurônios sensitivos ou aferentes - SNC Componente de saída neurônios motores ou eferentes Músculos e glândulas

7 SNP Sistema Nervoso Periférico Somático (SNS) Conduzem impulsos somente aos Músculos Esquelético Voluntária Sistema Nervoso Autônomo (SNA) Músculo liso, cardíaco e glândulas Involuntário Simpático Parassimpático

8 Neurônio As partes de um neurônio: Dendritos – corpo celular - axônio

9

10 Organização das substâncias cinzenta e branca na medula espinhal, em corte transversal – Gânglio espinhal, raiz dorsal posterior, raiz ventral anterior

11 Os reflexos são respostas automáticas rápidas e previsíveis às alterações do meio ambiente.

12 12 Imagem: AMABIS, José Mariano; MARTHO, Gilberto Rodrigues. Conceitos de Biologia. São Paulo, Ed. Moderna, vol. 2. NERVOS CRANIANOS

13 13 COMPONENTES SENSORIAIS 1 - FIBRAS AFERENTES SOMATICAS GERAIS - Fibras p/ dor, pres, frio ESPECIAIS - p/ visão e audição 2 - FIBRAS AFERENTES VISCERAIS GERAIS - p/ sensibilidade visceral ESPECIAIS - p/ gustação e olfação COMPONENTES MOTORES 1 - FIBRAS EFERENTES SOMATICAS - p/ fibras musculares em geral 2 - FIBRAS EFERENTES VISCERAIS GERAIS - p/ o SNA (músculo liso e glândulas) ESPECIAIS - p/ musc.da laringe e faringe NERVOS CRANIANOS

14 14 Nervo craniano Função I-OLFATÓRIOsensitivaPercepção do olfato. II-ÓPTICOsensitivaPercepção visual. III-OCULOMOTORmotoraControle da movimentação do globo ocular, da pupila e do cristalino. IV-TROCLEARmotoraControle da movimentação do globo ocular. V-TRIGÊMEOmista Controle dos movimentos da mastigação (ramo motor); Percepções sensoriais da face, seios da face e dentes (ramo sensorial). VI-ABDUCENTEmotoraControle da movimentação do globo ocular. VII-FACIALmista Controle dos músculos faciais – mímica facial (ramo motor); Percepção gustativa no terço anterior da língua (ramo sensorial). VIII-VESTÍBULO-COCLEARsensitiva Percepção postural originária do labirinto (ramo vestibular); Percepção auditiva (ramo coclear). IX-GLOSSOFARÍNGEOmista Percepção gustativa no terço posterior da língua, percepções sensoriais da faringe, laringe e palato. X-VAGOmista Percepções sensoriais da orelha, faringe, laringe, tórax e vísceras. Inervação das vísceras torácicas e abdominais. XI-ACESSÓRIOmotora Controle motor da faringe, laringe, palato, dos músculos esternoclidomastóideo e trapézio. XII-HIPOGLOSSOmotoraControle dos músculos da faringe, da laringe e da língua. NERVOS CRANIANOS

15 Sistema Nervoso Autônomo Sistema Nervoso Somático Sistema Nervoso Periférico Regula o diâmetro das pupilas a dilatação dos vasos sangüíneos a freqüência e a força dos batimentos cardíacos. os movimentos do trato gastrointestinal a secreção da maioria das glândulas Comanda os movimentos conscientes dos músculos esqueléticos

16 * Critérios funcionais:. S. N. Somático: Voluntário - cérebro.. S. N. Autônomo: Involuntário, um estimula e o outro inibe:. Simpático: noradrenalina emergência. emergência.. Parassimpático: acetilcolina relaxamento. relaxamento. parassimpático simpático

17 No sistema nervoso somático, a estimulação de m músculo esquelético é sempre excitatória; no sistema nervoso autônomo, os efetores viscerais podem ser excitados ou inibidos

18 Aferente:conduz os impulsos originados em receptores periféricos aos centros nervosos (informando o que se passa no meio ambiente). Eferente: leva o comando dos centros nervosos aos músculos esqueléticos, resultando em movimentos voluntários.

19 Relacionado com inervação e controle das estruturas viscerais.Dividido em: Aferente: conduz os impulsos nervosos originados em receptores das vísceras (visceroceptores) à áreas específicas do sistema nervoso. Eferente ou Autônomo: leva os impulsos de centros nervosos até as vísceras, terminando em glândulas e músculos. É dividido em: Simpático e Parassimpático.

20 Apesar de agirem de forma antagônica nos órgãos, os dois sistemas trabalham de forma harmoniosa no funcionamento de cada órgão. Ação do Simpático: difusa e atinge vários órgãos, através da ativação das fibras adrenérgicas, liberando noradrenalina. Ação do Parassimpático: localizada a um órgão ou setor do organismo, através da ativação das fibras colinérgicas, que liberam acetilcolina(Ach).

21 Uma das principais diferenças entre os nervos simpáticos e parassimpáticos é que as fibras pós- ganglionares dos dois sistemas normalmente secretam diferentes hormônios. O hormônio secretado pelos neurônios pós-ganglionares do sistema nervoso parassimpático é a acetilcolina, razão pela qual esses neurônios são chamados colinérgicos. Sistema Nervoso Autônomo

22 Os neurônios pós-ganglionares do sistema nervoso simpático secretam principalmente noradrenalina, razão por que a maioria deles é chamada neurônios adrenérgicos. As fibras adrenérgicas ligam o sistema nervoso central à glândula supra-renal, promovendo aumento da secreção de adrenalina, hormônio que produz a resposta de "luta ou fuga" em situações de stress. Sistema Nervoso Autônomo

23 23 NEUROTRANSMISSORES ENVOLVIDOS

24 video

25 Ocorre em certas situações emergenciais ou de intensas emoções, em que o indivíduo deve estar preparado para lutar ou fugir. Todo o sistema nervoso autônomo simpático é ativado, produzindo uma descarga em massa, na qual a medula da supra-renal é ativada, lançando adrenalina no sangue e agindo em todo o organismo.

26 Os órgãos sofrem as seguintes alterações hemodinâmicas: Glicogênio transforma-se em glicose, aumentando a possibilidade do consumo de energia pelo organismo. Aumento do suprimento nos músculos estriados esqueléticos, necessário para levar mais glicose e oxigênio à esses músculos, facilitando a remoção de CO2. Motivos das alterações hemodinâmicas: I) Ritmo cardíaco e circulação coronariana aumentam;

27 II) Vasoconstrição nos vasos mesentéricos e cutâneos, com o objetivo de lavar maior quantidade de sangue aos músculos estriados esqueléticos. III) Aumento da pressão arterial. IV) Dilatação dos brônquios, melhorando as condições respiratórias (melhorando a oxigenação e eliminação do CO2 do sangue).

28 ÓRGÃOSIMPÁTICOPARASSIMPÁTICO ÍrisMidríase (dilatação da pupila) Miose(constrição da pupila) Glândula lacrimalVasoconstrição; pouco efeito sobre a secreção. Secreção abundante Glândulas salivaresVasoconstrição; secreção viscosa e pouco abundante. Vasodilatação; secreção fluída e abundante Glândulas sudoríparasSecreção copiosaInervação ausente Músculos eretores dos pêlos Ereção dos pêlosInervação ausente CoraçãoAumento do ritmo cardíaco/Dilatação das coronárias Bradicardia/ Cosntrição das coronárias BrônquiosDilataçãoConstrição

29 Tubo digestivoDiminuição do peristaltismo e fechamentos dos esfíncteres Aumento do peristaltismo e abertura dos esfíncteres BexigaPouca ou nenhuma ação Contração da parede/Promove o esvaziamento Genitais masculinosvasoconstrição;ejacula ção Vasodilatação/ Ereção Glândulas supra- renais Secreção de adrenalinaNenhuma ação Vaso sanguíneo do tronco e extremidades VasoconstriçãoNenhuma ação/inervação possivelmente ausente


Carregar ppt "Corpo Centro de controle (Coordenação) O Sistema nervoso O Sistema endócrino Funções do Sistema Nervoso: ? Sente as alterações – Estímulos - sensitiva."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google