A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TEGUMENTO DOS VERTEBRADOS FUNÇÕES. TEGUMENTO Cobertura que reveste o corpo dos animais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TEGUMENTO DOS VERTEBRADOS FUNÇÕES. TEGUMENTO Cobertura que reveste o corpo dos animais."— Transcrição da apresentação:

1 TEGUMENTO DOS VERTEBRADOS FUNÇÕES

2 TEGUMENTO Cobertura que reveste o corpo dos animais.

3

4 PELE DOS VERTEBRADOS

5

6

7

8

9 Proteção Mecânica; contra Micro-organismos patogênicos; excessiva hidratação, desidratação e Radiação; Recepção de Estímulos (sensibilidade); Excreção de Resíduos do metabolismo (catabólitos), nos peixes e nos mamíferos; Respiração (Cutânea nos anfíbios); Regulação da Temperatura do corpo (homeotérmicos) e da concentração de sais nos líquidos corpóreos (homeostase);

10 Proteção Mecânica; contra Micro- organismos patogênicos; excessiva hidratação, desidratação

11 RÉPTEIS Pele seca e sem glândulas

12 PLACAS CÓRNEAS

13

14 ESCAMAS

15

16 e Radiação Proteção contra radiação

17

18 Recepção de Estímulos (sensibilidade)

19 Disco de Merkel: estão implicados na sensação de tacto e pressão superficiais. Corpúsculos: De Meissner: pressão vibratória e tato De Pacini: sensível a estímulos vibratórios (estímulos estes mais rápidos quando em comparação com os que o Corpúsculos de Meissner detecta). De Ruffini: sensibilidade à estímulos contínuos na pele. Terminações nervosas livres: veiculam informações de tato grosseiro,dor e sensibilidade à temperatura (frio e calor).

20 Respiração Cutânea nos anfíbios

21 A pele é enrugada e porosa, com muitas glândulas mucosas

22

23 Respiração (Cutânea nos anfíbios)

24 Animais heterotérmicos ou ectotérmicos (animais de sangue frio) Invertebrados, Peixes, Anfíbios e Répteis. Manifestam variações térmicas corpóreas de acordo com as oscilações termais do meio onde vivem. De modo geral, passam por adaptações (reduzida dimensão corpórea, tecido de revestimento mais espesso) ocasionando uma dispersão mais restrita, pois necessitam absorver energia térmica do ambiente para ativação de suas atividades vitais.

25

26 Regulação da Temperatura do corpo (homeotérmicos) AVES E MAMÍFEROS

27

28 Animais homeotérmicos ou endotérmicos (animais de sangue quente) Aves e os mamíferos. Conseguem manter suas temperaturas em um nível constante, favorecendo o metabolismo mesmo diante de oscilações térmicas.

29

30

31

32 A evaporação do suor leva ao resfriamento da pele

33

34

35 Capacidade de Camuflagem Parecer com o meio Homocromia: o animal tem a mesma cor do meio onde vive. Homotipia: o animal tem a forma de objetos que compõe o meio.

36 Homocromia Há duas maneiras pelas quais os animais produzem cores diferentes. Uma é por meio dos biocromos, que são pigmentos naturais microscópicos presentes no corpo de um animal que produzem cores quimicamente. Sua maquiagem química é tanta que eles absorvem algumas cores da luz e refletem outras. Os animais podem também produzir cores através de estruturas físicas microscópicas. Estas estruturas agem como prismas, refletindo e espalhando luz visível. Dessa maneira, uma certa combinação de cores é refletida.

37 Homocromia A cor do animal é a mesma do meio onde vive.

38 Homocromia

39

40

41

42

43

44

45 Homotipia lagarto

46 Homotipia

47

48

49

50 Acúmulo de substâncias de reserva (gordura) nos Endotérmicos (no panículo adiposo); Nutrição de filhotes (mamíferos); Locomoção nos peixes e alguns anfíbios, pela presença de glândulas mucosas, e das Aves pelas penas; Ataque e Defesa (presença de anexos como Cornos, Unhas,…) e Capacidade de Camuflagem; Identificação Sexual

51 Acúmulo de substâncias de reserva (gordura) nos Endotérmicos (no panículo adiposo)

52

53

54 As aves e os mamíferos armazenam gorduras que os protegem do frio no inverno; para isso apresentam bastante tecido adiposo capaz de gerar calor, além de funcionar como isolante térmico.

55 Nutrição de filhotes (mamíferos)

56

57

58 Locomoção nos peixes pela presença de glândulas mucosas

59 Tubarão limão

60 Locomoção em alguns anfíbios pela presença de glândulas mucosas

61 Locomoção das Aves pelas penas;

62

63 Gaivota

64 Permite flutuar e sair seco da água

65 Ataque e Defesa (presença de anexos como Cornos, Unhas,…)

66 cornos verdadeiros Nos ruminantes (ex.: bois vacas e carneiros), são ocos com epiderme queratinizada que reveste uma projeção óssea do crânio. São permanentes, não ramificados, podem ser curvados, crescem continuamente e ocorrem em ambos os sexos.

67 Cornos Rinocerontes É composto por fibras queratinizadas de origem epidérmica Apresenta crescimento contínuo e não é trocado

68 chifre conjunto de papilas dérmicas cimentadas que formam um filamento queratinizado em forma de pelo e não tem ligação com o crânio.

69 Chifres Cervídeos Apenas nos machos Usualmente bifurcados Renovados anualmente Osso exposto (velame - protege durante crescimento)

70

71 UNHAS, GARRAS... DEFESA, CAPTURA DE ALIMENTO

72

73

74

75 IDENTIFICAÇÃO SEXUAL

76

77 Casal de patos


Carregar ppt "TEGUMENTO DOS VERTEBRADOS FUNÇÕES. TEGUMENTO Cobertura que reveste o corpo dos animais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google