A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Módulo 03 – Tipos Climáticos e Biomas da Terra Professor – Raphael Barbosa Ramos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Módulo 03 – Tipos Climáticos e Biomas da Terra Professor – Raphael Barbosa Ramos."— Transcrição da apresentação:

1 Módulo 03 – Tipos Climáticos e Biomas da Terra Professor – Raphael Barbosa Ramos

2 Cap. 01 – Elementos e fatores que influenciam o clima

3 Atmosfera e elementos climáticos Atmosfera é uma camada gasosa que envolve a Terra, formada por uma mistura de gases, entre eles: Nitrogênio e Oxigênio. Possui diversas camadas, entre elas: Troposfera, Estratosfera, Mesosfera, Termosfera e Exosfera.

4

5 Temperatura: é a intensidade do calor existente na atmosfera em determinado momento. Pressão Atmosférica: é a pressão exercida pela camada de ar da atmosfera sobre a superfície terrestre. Essa pressão pode variar em função da densidade do ar, que depende da temperatura e da altitude. Quanto maior for a altitude de um local, menor será a pressão atmosférica e vice-versa.

6 Umidade: Quantidade de água e vapor presentes na atmosfera, em decorrência da evaporação das águas superficiais e da evapotranspiração das plantas. Quando ocorre um aumento da umidade em índices superiores ao que atmosfera suporta, ocorre as precipitações (Chuva, Neve ou Granizo). Umidade absoluta: A relação entre a massa de vapor de água existente num certo volume de ar. Umidade relativa: estabelece a relação real em porcentagem de vapor de água contida em um volume de ar.

7

8 Tempo Atmosférico e Clima Tempo Atmosférico: é uma condição momentânea da atmosfera, podendo ser modificada a qualquer momento pela ação das massas de ar. Clima: é uma combinação duradoura dos elementos temperatura, pressão e umidade, sendo definido em um período de estudos de 30 anos.

9

10 Massas de Ar É uma grande porção da atmosfera que apresenta características próprias de temperatura e umidade, determinadas pela região que ela se origina, sendo deslocadas pela força dos ventos, modificando o tempo atmosférico em uma região. À medida em que se deslocam, as massas de ar perdem força e não levam características iguais para todos os locais por onde passa.

11

12 O contato entre massas de ar de qualidades diferentes forma as chamadas frentes. A frente fria é resultado do contato entre uma massa de ar frio e outra quente, esse contato é caracteriza por grande instabilidade atmosférica. A frente quente é resultado do contato entre uma massa de ar quente e outra de ar frio, podendo ocasionar fortes chuvas.

13

14 Fatores climáticos Latitude: é a distância em graus entre qualquer ponto da Terra em relação a linha do Equador, podendo variar e 0°(baixa latitude) e 90°(alta latitude). Devido ao formato da Terra, o Sol atinge a superfície de maneiras diferentes, sendo mais intenso na região da Linha do Equador. Assim, a regra é clara: Quanto mais próximo da Linha do Equador, maior será a temperatura e quanto mais próxima dos polos, menor.

15

16 Altitude É a distância de qualquer ponto da terra em relação ao nível dos oceanos, nível zero. Influi na temperatura do ar atmosférico, alterando o clima e o tempo. A regra é clara: Quanto maior a altitude, menor serão as temperaturas, pois a distância entre as moléculas de ar é maior e há pouco ar (rarefeito) para reter o calor.

17

18

19 Maritimidade e continentalidade Maritimidade: Nas regiões próximas ao mar, ocorre uma menor variação de temperaturas ao longo de um dia, devido a lenta absorção e perda de calor. Continentalidade: Nas regiões interioranas, ocorre uma absorção e perda de calor muito rápida, ocasionando grandes variações de temperatura ao longo de um dia.

20

21 Correntes marítimas São porções de água que se deslocam pelo oceano, movimentadas pela ação dos ventos e da rotação da Terra. Exercem influência no clima, pois alteram as temperaturas das áreas em que atuam, as correntes quentes amenizam as baixas temperaturas e as correntes frias podem formar desertos.

22

23 Vegetação As formações vegetais colaboram com questão climática por retiram água dos solos pelas raízes e a transpiração é realizada pelas folhas, essa água evapora formando nuvens de causando as precipitações. Em uma área florestal, as temperaturas tendem a ser mais baixas que o entorno, devido a elevada umidade.

24

25 Ação humana Algumas mudanças climáticas são causadas pela ação humana, como por exemplo: -> Desmatamento; -> Queimadas; -> Emissão de gases poluentes; -> Atividades agropecuárias. Essas atividades aumentam a concentração de gases que contribuem com o efeito estufa. Como consequência, há a elevação das médias térmicas no planeta, causando o Aquecimento global.

26 Cap. 02 – Tipos de clima

27 Climograma É um gráfico que mostra informações como: Temperatura e umidade. Geralmente as temperaturas estão representadas pela linha e a umidade pelas barras verticais. A Regra é clara: quanto mais alto estiverem a linha e as barras maiores serão as temperaturas e a umidade. Conhecer um climograma permite saber que tipo de clima ele representa, tome cuidado com o hemisfério em que se encontra a localidade destacada.

28

29 Clima Equatorial Encontrado em áreas de baixa latitude, próximas a Linha do Equador. Caracteriza-se pela ocorrência de climas quentes (Temperaturas médias superiores a 25°C) e úmidos (médias pluviométricas acima de 2000 mm anuais)

30 Clima Tropical Clima encontrado dentro da Zona Tropical. Caracteriza-se por possuir duas estações bem definidas, uma chuvosa (verão) e outra seca (Inverno), ambas quentes. Dependendo dos fatores climáticos, podemos encontrar variações desse clima, como por exemplo: Tropical de Altitude, Semiárido, Semiúmido, Litorâneo e etc.

31 O Brasil central – Chuvas mal distribuídas, principalmente no Verão. É conhecido como: Tropical Semiúmido. Zona sertaneja nordestina – As chuvas são raras, quando ocorrem são rápidas. É conhecido como: Tropical Semiárido. Áreas serranas do Sudeste – médias térmicas inferiores em relação as áreas mais baixas, e chuvas acentuadas nas encostas dos morros voltados para o litoral. É conhecido como Tropical de Altitude.

32

33 Clima Subtropical Encontrado em áreas de médias latitudes, próximas aos trópicos. Apresenta temperaturas médias inferiores a 20°C, com chuvas bem distribuídas ao longo do ano (1200 mm a 1500 mm anuais).

34 Clima Desértico Áreas marcadas pela baixa ou inexistente precipitação, em geral, inferior a 200 mm anuais. Existem dois tipos de desertos, os quentes e frios, porém ambos apresentam elevada Amplitude térmica.

35 Clima Mediterrâneo Ocorre em lugares voltados para o mar Mediterrâneo. O clima mediterrâneo apresenta invernos suaves e chuvosos e verões quentes e secos, com precipitações inferiores a 500 mm anuais.

36 Clima Temperado Ocorre em regiões de médias latitudes, abaixo dos trópicos. Caracteriza-se pelos invernos rigorosos e os verões quentes e úmidos.

37 Clima Frio Ocorre nas áreas de altas latitudes, abaixo dos polos. As temperaturas médias mensais são inferiores a 0°C, no inverno e oscilam em 0°C e 15°C no verão. As médias de chuvas não passam de 700 mm anuais.

38 Clima frio de alta montanha Encontrado em áreas de grandes cadeias montanhosas, onde o ar rarefeito impedem a propagação de calor. Essas áreas são marcadas pelam presença de neve permanente.

39 Clima Polar Ocorre no interior do Círculo Polar Ártico e na Antártida. Possuem temperaturas médias inferiores a - 10°Cdurante o inverno e não passam de 10°C no verão.

40 As Anomalias climáticas El Niño e La Niña El Niño: Aquecimento anormal das águas do Oceano Pacífico. Pode causar: Chuvas acima do normal no Sul do Brasil e secas prolongadas no Nordeste. La Niña: Resfriamento anormal das águas do Oceano Pacífico. Pode causar: aumento das chuvas no Nordeste e diminuição das chuvas na Região Sul.

41 Buraco na Camada de Ozônio A camada de ozônio encontra-se na Estratosfera. Corresponde a um gás que filtra os raios ultravioletas, impedindo que eles cheguem a superfície em grande quantidade. A partir da década de 1980, constatou-se que essa camada está sendo destruída por produtos químicos provenientes das atividades humanas. Tal fato, tem contribuído para o aumento das temperaturas médias do planeta.

42

43 Efeito Estufa e Aquecimento Global Efeito Estufa: São gases que tem a capacidade de reter parte do calor emitido pelo Sol, mantendo o planeta em temperatura adequada para a sobrevivência. Os gases que proporcionam o Efeito Estufa são: dióxido de carbono, metano, óxido de nitrogênio e os clorofluorcarbonos. Porém, a emissão desses gases tem aumentado, desde a Revolução Industrial

44 Com o aumento da quantidade dos gases do efeito estufa, houve uma elevação da retenção do calor, aumentando a temperatura do planeta. Aquecimento Global: Elevação das médias térmicas provocado pelo aumento de gases do efeito estufa. Algumas consequências desse aquecimento: -> Derretimento das geleiras e calotas polares, -> Alagamento de cidades litorâneas; -> Alteração de fauna e flora; -> irregularidades dos regimes das chuvas.

45

46 Inversão Térmica A inversão térmica proporciona o aumento abrupto da temperatura do ar na chamada camada de inversão, que abafa a fumaça da poluição e sufoca a cidade, causando problemas de saúde para seus habitantes.

47 Ilhas de Calor Corresponde as diferentes temperaturas registradas em uma mesma cidade. Em geral, a porção central dos grandes centros urbanos, concentra elevadas temperaturas, em razão do número do alto número de prédios, construções, pavimentação e poucas áreas verdes. Nas áreas periféricas, as temperaturas médias tendem a ser mais baixas, em razão da menor concentração de calor, provocados pelo baixo número de construções e elevado número de áreas verdes.

48

49 Chuva Ácida São causadas pela queima de combustíveis fósseis que lançam no ar atmosférico o dióxido de enxofre e o dióxido de nitrogênio que combinadas com o hidrogênio presentes no ar, transformam-se em ácido sulfúrico e nítrico. Chega a superfície na forma de chuva, neblina, neve ou geada, provocando a corrosão de materiais como estruturas metálicas, edifícios, monumentos históricos e etc. Ocorrem em áreas mais densamente ocupadas e industrializadas.

50

51 Cap. 03 – Biomas da Terra

52 Conceito de Bioma Conjunto de plantas e animais adaptados à sobrevivência, cada qual dentro de uma área geográfica. A distribuição dos Biomas está intimamente relacionada ao clima, por isso cada tipo climático corresponde a um Bioma. As vegetações já sofreram muito com a ação humana, e a maioria já está devastada.

53 Floresta Tropical e Equatorial Encontradas ao longo da faixa da Zona Tropical. Caracteriza-se por apresentar espécies de plantas de médio e grande porte, higrófilas, heterogênea e latifoliada. É típica de locais quentes e úmidos. No Brasil temos a Floresta Amazônica e a Mata Atlântica, como exemplos.

54

55 Savanas Encontrada em áreas de clima Tropical, com períodos de chuva e seca bem definidos. Apresenta formação arbustiva, com árvores de pequeno e médio porte, retorcidas, com casca grossa e raízes grandes. No Brasil encontramos essa vegetação na forma de Cerrado e Caatinga.

56

57 Desertos Encontradas em áreas de clima extremamente seco, podendo ser quente ou frio. A vegetação desse bioma é, em geral, escassa e de pequeno porte, apresentando espinhos, raízes profundas. Caracterizam-se as cactáceas. As Plantas Xerófilas armazenam água em seu caule e não perdem água pela ação dos espinhos.

58

59 Estepes, pradarias e campos Localizam-se em latitudes médias, tanto em áreas secas, quanto em áreas úmidas. Caracteriza-se pela baixa precipitação ao longo do ano, com vegetação formada por gramíneas e formação arbustiva com árvores de pequeno porte.

60

61 Vegetação Mediterrânea Encontrada no Sul da Europa e em áreas dos EUA, Chile e Austrália. A vegetação é composta por árvores de pequeno e médio porte, além de arbustos distribuídos de forma esparsa para aproveitar a pouca umidade.

62

63 Floresta Temperada Localizam-se nas regiões de clima temperado e subtropical, abrangendo terras dos EUA, Europa, Ásia e Oceania. Apresenta árvores de médio porte, possuem folhas caducas ou decíduas (Floresta Temperada) e indecídua, ou seja, não perde as folhas no Inverno (Floresta Subtropical).

64

65 Floresta Boreal Cobre várias extensões do Alasca, Canadá, Norte da Europa e a Sibéria. Também é conhecida como Taiga, floresta de coníferas. Com a predominância dos Pinheiros, que são de pequeno e médio porte, formato cônico, sendo aciculifoliada. No Brasil, encontramos essa vegetação com outro nome: Mata de Araucária ou Pinhais.

66

67 Tundras Localiza-se no interior no círculo polar ártico. Formada por Musgos e Líquens, ou seja, uma vegetação de pequeno porte, congelada durante boa parte do ano. Aparecem no Verão que tem aproximadamente 2 meses de duração.

68

69 Referências Bibliográficas Apostila Sistema UNO (Módulo 03) Imagens: Google Imagens Edição de material: Prof. Raphael Barbosa Ramos


Carregar ppt "Módulo 03 – Tipos Climáticos e Biomas da Terra Professor – Raphael Barbosa Ramos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google