A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

C M B H C F B / Química Parte II Cap Otacílio PROPRIEDADES DA MATÉRIA PROPRIEDADES GERAIS PROPRIEDADES FUNCIONAIS PROPRIEDADES ESPECÍFICAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "C M B H C F B / Química Parte II Cap Otacílio PROPRIEDADES DA MATÉRIA PROPRIEDADES GERAIS PROPRIEDADES FUNCIONAIS PROPRIEDADES ESPECÍFICAS."— Transcrição da apresentação:

1

2 C M B H C F B / Química Parte II Cap Otacílio

3 PROPRIEDADES DA MATÉRIA PROPRIEDADES GERAIS PROPRIEDADES FUNCIONAIS PROPRIEDADES ESPECÍFICAS

4 * São as propriedades da matéria observadas em qualquer corpo, independente da substância de que ele é feito. -Massa -Volume -Extensão -Inércia -Impenetrabilidade -Compressibilidade -Elasticidade -Divisibilidade -Indestrutibilidade Propriedades Gerais da Matéria

5 Extensão: Propriedade que a matéria tem de ocupar um lugar no espaço. O volume mede a extensão de um corpo. Propriedades Gerais da Matéria

6 Inércia: propriedade que a matéria tem em permanecer na situação em que se encontra, seja em movimento, seja em repouso. Quanto maior for a massa de um corpo, mais difícil alterar seu movimento, e maior a inércia. A massa mede a inércia de um corpo.

7 Propriedades Gerais da Matéria Impenetrabilidade: Dois corpos não podem ocupar, simultaneamente o mesmo lugar no espaço.

8 Propriedades Gerais da Matéria Compressibilidade: propriedade da matéria que consiste em ter volume reduzido quando submetida a determinada pressão.

9 Propriedades Gerais da Matéria Elasticidade: Propriedade que a matéria tem de retornar seu volume inicial - após cessada a força que causa a compressão.

10 Propriedades Gerais da Matéria Divisibilidade: Propriedade que a matéria tem se reduzir-se em partículas extremamente pequenas.

11 PROPRIEDADES FUNCIONAIS Hidrocarbonetos são inflamáveis. Os ácidos têm sabor azedo. Os sais fundidos conduzem corrente elétrica. As propriedades funcionais são aquelas apresentadas por um grupo de substâncias, chamado função química.

12 PROPRIEDADES ESPECÍFICAS Temperatura de Fusão / Solidificação Temperatura de Ebulição / Liquefação Densidade ou Massa Específica As propriedades específicas caracterizam cada tipo de substância.

13 Temperatura de Fusão / Solidificação Temperatura de Fusão é a temperatura em que uma substância muda do estado sólido para o estado líquido. Temperatura de Solidificação corresponde ao processo inverso, embora as temperaturas sejam equivalentes. Obs. A TF e a TS são obtidos em uma dada pressão, quando esta não é citada, considera-se a pressão atmosférica

14 Temperatura de Ebulição / Liquefação Temperatura de Ebulição é a temperatura em que uma substância muda do estado líquido para o estado gasoso. Temperatura de liquefação corresponde ao processo inverso, embora as temperaturas sejam equivalentes. Obs. A TE e a TL são obtidos em uma dada pressão, quando esta não é citada, considera-se a pressão atmosférica

15 Curva de Aquecimento da água S L L e G G T°C tempo S e L

16 Curva de Resfriamento da água S L L e G G T°C tempo S e L

17 Curvas de Misturas Comuns AquecimentoResfriamento

18 Curvas de Misturas Eutéticas Resfriamento PS Aquecimento PF

19 Curvas de Misturas Azeotrópicas Aquecimento PE Resfriamento PL

20 Influência da Pressão Quanto maior a pressão maior a Temperatura de Ebulição P T >T >P

21 Influência da Altitude Quanto maior a Altitude menor a Temperatura de Ebulição > A < P < T A P T

22 Densidade Densidade é a relação da massa pelo volume de uma substância a uma dada Temperatura e Pressão: d = m / V

23 Influência da Temperatura T V1V1 >T V2V2 > T > V < densidade

24 > P < V > densidade Influência da Pressão P >P

25 A DENSIDADE é maior quanto maior o estado de agregação da matéria Influência do Estado Físico da Substância sólido > líquido > gasoso Aumento do volume

26 Exceções a Regra Água líquida é mais densa que o gelo. Prata, Ferro e Bismuto, todos diminuem de volume quando fundidos, portanto fase líquida mais densa.

27 Transformação de Unidades T Kg g mg X 10 3 X 10 3 X 10 3 KL L mL µL X 10 3 X 10 3 X 10 3 m 3 dm 3 cm 3 mm 3 Unidade de massa Unidade de Volume

28 Exercícios de fixação: 1)Dada a tabela: PFPE Clorofórmio– 63°C61°C Fenol 43°C182°C Cloro– 101°C– 34,5°C Determine o estado físico de cada substância nas condições ambientes ( 25°C e 1 atm). Clorofórmio Fenol Cloro

29 Exercícios de fixação: 1)Dada a tabela: PFPE Clorofórmio– 63°C61°C Fenol 43°C182°C Cloro– 101°C– 34,5°C Determine o estado físico de cada substância nas condições ambientes ( 25°C e 1 atm). Clorofórmio Líquido Fenol Sólido Cloro Gasoso

30 Exercícios de fixação: 2) Com relação ao gráfico, indique as proposições verdadeiras: (01) O gráfico representa o aquecimento de substância pura. (02) O ponto de fusão da substância é 85°C. (04) O ponto de solidificação da substância é 20°C. (08) Na temperatura ambiente (25°C) a substância é sólida. (16) Entre 35 e 50 minutos a substância forma um sistema bifásico. (32) Se o gráfico dado mostrasse apenas o referente ao aquecimento de um sólido, nada poderíamos afirmar sobre a pureza do mesmo tempo (min) T°C

31 Exercícios de fixação: 2) Com relação ao gráfico, indique as proposições verdadeiras: (01) O gráfico representa o aquecimento de substância pura. ( V ) (02) O ponto de fusão da substância é 85°C. ( F ) (04) O ponto de solidificação da substância é 20°C. ( V ) (08) Na temperatura ambiente (25°C) a substância é sólida. (F) (16) Entre 35 e 50 minutos a substância forma um sistema bifásico. ( V ) (32) Se o gráfico dado mostrasse apenas o intervalo referente ao aquecimento de um sólido, nada poderíamos afirmar sobre a pureza do mesmo. ( V ) tempo (min) T°C

32 Exercícios de fixação: tempo (min) T1T1 B T°C T2T2 A (01) Se a amostra A e B forem idênticas, então a pressão é diferente para cada experiência. (02) Se a pressão é a mesma, então A e B poderão ser amostras idênticas em quantidades diferentes. (04) A e B são substâncias puras. (08) A e B podem ser misturas. (16) Se A e B são amostras idênticas, A foi realizada numa pressão maior que B. (32) Se A e B são amostras idênticas, A foi realizada numa altitude menor que B. (64) B pode ser uma substância pura e A, ser uma mistura azeotrópica. 3) O gráfico está representando a ebulição de duas amostras, iguais ou diferentes, em experiências distintas realizadas cada uma a pressão constante. As quais foram realizadas em sistemas abertos.

33 Exercícios de fixação: tempo (min) T1T1 B T°C T2T2 A (01) Se a amostra A e B forem idênticas, então a pressão é diferente para cada experiência. ( V ) (02) Se a pressão é a mesma, então A e B poderão ser amostras idênticas em quantidades diferentes. ( F ) (04) A e B são substâncias puras. ( F ) (08) A e B podem ser misturas. ( V ) (16) Se A e B são amostras idênticas, A foi realizada numa pressão maior que B. ( F ) (32) Se A e B são amostras idênticas, A foi realizada numa altitude menor que B. ( F ) (64) B pode ser uma substância pura e A, ser uma mistura azeotrópica. ( V ) 3) O gráfico está representando a ebulição de duas amostras, iguais ou diferentes, em experiências distintas realizadas cada uma a pressão constante. As quais foram realizadas em sistemas abertos.

34 Exercícios de fixação: 4) Responda a essa questão considerando três frascos contendo massas iguais de líquidos diferentes, A, B e C, cujos valores de densidade em g/mL são respectivamente: 0,8; 1,0; 1,2. I II III A alternativa que indica cada frasco com seu respectivo líquido é: a)I – A, II – B, III – C. b)I – A, II – C, III – B. c)I – B, II – C, III – A. d)I – B, II – A, III – C. e)I – C, II – B, III – A.

35 Exercícios de fixação: 4) Responda a essa questão considerando três frascos contendo massas iguais de líquidos diferentes, A, B e C, cujos valores de densidade em g/mL são respectivamente: 0,8; 1,0; 1,2. I II III A alternativa que indica cada frasco com seu respectivo líquido é: a)I – A, II – B, III – C. b)I – A, II – C, III – B. c)I – B, II – C, III – A. d)I – B, II – A, III – C. e)I – C, II – B, III – A.

36 Exercícios de fixação: Desafio 5) (UFMG) As figuras abaixo representam densímetros como os usados em postos de gasolina. O primeiro contém etanol puro (d = 0,8 g/cm 3 ). Dos dois restantes, um está cheio de etanol e água e o outro gasolina (d = 0,7g/cm 3 ), não estão necessariamente nessa ordem. Com base nessas informações, pode-se afirmar corretamente que: d(água) = 1g/cm 3 a)A densidade da bola preta é maior que 1g/cm 3 b)A densidade da bola branca é menor que 0,8 g/cm 3. c)A mistura no densímetro II, tem densidade menor que 0,8g/cm 3. d)A mistura no densímetro III, contém água. e)As duas bolas apresentam densidade menores que 0,7g/cm 3. I II III

37 Exercícios de fixação: 5) (UFMG) As figuras abaixo representam densímetros como os usados em postos de gasolina. O primeiro contém etanol puro (d = 0,8 g/cm 3 ). Dos dois restantes, um está cheio de etanol e água e o outro gasolina (d = 0,7g/cm 3 ), não estão necessariamente nessa ordem. Com base nessas informações, pode-se afirmar corretamente que: a)A densidade da bola preta é maior que 1g/cm 3 b)A densidade da bola branca é menor que 0,8 g/cm 3. c)A mistura no densímetro II, tem densidade menor que 0,8g/cm 3. d)A mistura no densímetro III, contém água. e)As duas bolas apresentam densidade menores que 0,7g/cm 3. I II III Exercícios de fixação: Desafio

38 6) Uma torneira defeituosa goteja a cada 36 segundos. Sabendo-se que cada gota de água pesa 0,25g, quanto tempo levará para encher uma lata de 0,01 m3 m3 ? d(água) = 1g/cm 3 Exercícios de fixação: Desafio

39 6) Uma torneira defeituosa goteja a cada 36 segundos. Sabendo-se que cada gota de água pesa 0,25g, quanto tempo levará para encher uma lata de 0,01 m3 m3 ? d(água) = 1g/cm 3 1 m 3 = cm 3 0,01 m 3 = cm 3 d = m/V m = d. V m = = g Nº gotas = / 0,25 = gotas 1 gota = 36 s gotas = x x = = s = 440 horas Exercícios de fixação: Desafio


Carregar ppt "C M B H C F B / Química Parte II Cap Otacílio PROPRIEDADES DA MATÉRIA PROPRIEDADES GERAIS PROPRIEDADES FUNCIONAIS PROPRIEDADES ESPECÍFICAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google