A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Saúde da mulher contemporânea: Qualidade de Vida e Estresse

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Saúde da mulher contemporânea: Qualidade de Vida e Estresse"— Transcrição da apresentação:

1 Saúde da mulher contemporânea: Qualidade de Vida e Estresse
Lisete Moreira Del Bianco 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

2 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
O que é o Estresse? Conjunto de reações fisiológicas que se exageradas em intensidade ou duração podem levar a um desequilíbrio no organismo (tensão ou pressão, mental e emocional). A reação ao estresse é uma atitude biológica necessária para a adaptação à situações novas. 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

3 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
Histórico 1936 _Hans Selye cobaia estímulos estressores  padrão específico na resposta comportamental e física dos animais. Síndrome Geral de Adaptação alarme, resistência e esgotamento. Após a fase de Esgotamento  surgimento de diversas doenças sérias, como úlcera, hipertensão arterial, artrites e lesões miocárdicas. 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

4 Estresse crônico e o agudo
O estresse crônico é aquele que afeta a maioria das pessoas, sendo constante no dia a dia, mas de uma forma mais suave. O estresse agudo é mais intenso e curto, sendo causado normalmente por situações traumáticas, mas passageiras, como a depressão na morte de um parente. 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

5 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
Tipos de Estresse  Estresse de Trabalho  Estresse decorrentes de doenças cardíacas e do câncer  Estresse dos pontos de bifurcação da vida    01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

6 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

7 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
Causas do estresse Mudanças: necessárias. Mudanças violentas podem ultrapassar nossa capacidade de adaptação.  Sobrecarga: a falta de tempo, o excesso de responsabilidade, a falta de apoio e expectativas exageradas.  Alimentação incorreta: o que comemos, mas também como comemos.  Fumar: o cigarro libera nicotina que, na fase de menor concentração, já provoca reações de estresse leve, depois bloqueia as reações do organismo e causa dependência psicológica. 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

8 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
Causas do estresse Ruídos: coloca-nos sempre em alerta, provoca a irritação e a perda de concentração desencadeando reações de estresse, que podem levar até a exaustão. Baixa auto-estima: tende a se agravar o estresse nestas pessoas.     Medo: o medo acentua nas pessoas a preocupação sem necessidade, uma atitude pessimista em relação à vida ou lembranças de experiências desagradáveis. 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

9 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
Causas do estresse Abuso de medicamentos: esta atitude alivia os sintomas, mas não combate as causas, por isso, é conveniente que a ingestão de medicamentos seja por tempo limitado e apenas com prescrição médica. Sistema imunológico: um quadro de estresse prolongado debilita o sistema imunológico. Patologias cardiovasculares: o estresse pode levar à hipertensão, à arteriosclerose e provocar o enfarte agudo do miocárdio (vulgarmente chamado de ataque cardíaco). Outros sintomas possíveis: perda de apetite, problemas digestivos, úlceras gástricas, obesidade, contracções musculares, dores de cabeça, agressividade, transtornos psíquicos, problemas sexuais, entre outros. 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

10 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
Causas do estresse Insônias: o sono tem grande importância para a resistência ao estresse, uma vez que é a principal fonte de recuperação física e mental; Cansaço físico e mental: uma certa dose de estresse estimula-nos a um maior rendimento. Mas, além deste limite, produz um efeito contrário. Ansiedade: não é apenas um sintoma, mas também uma causa do estresse. Abuso de álcool e de tabaco: muitas vezes as pessoas recorrem a estes vícios para combater o estresse, mas também contribuem para o aumentar. 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

11 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
Causas do estresse Trânsito: os congestionamentos, os semáforos, os assaltos aos motoristas e a contaminação do ar podem desencadear o estresse.  Alteração do ritmo habitual do organismo: provoca irritabilidade, problemas digestivos, dores de cabeça e alterações no sono.  Progresso: a agitação do progresso técnico é acompanhada de aumento das pressões e de sobrecarga de trabalho, aumentando os níveis de exigências, qualitativas e quantitativas. 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

12 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
O mundo do trabalho avanço das tecnologias contínua tensão além de suas habituais responsabilidades a alta competitividade das empresas aprendizado constante  enfrentamento de novos desafios  superação dos próprios limites 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

13 Dinâmica do Processo de Resiliência
X Fuga Adversidade Forma Interação Momento Saturação Recursos Pessoais Estresse Risco ( Modo de Enfrentamento) COPING 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

14 Padrões Disposicionais Padrões de Ciência Filosóficas e Religiosas
COPING Padrões Relacionais Padrões Disposicionais Padrões de Ciência Filosóficas e Religiosas Padrões Situacionais 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

15 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
Os agentes estressores psicossociais são tão potentes quanto os microorganismos e a insalubridade no desencadeamento de doenças. Duas formas de preocupações: cognitiva, com idéias preocupantes somática, com sintomas variados... 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

16 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
Percentagens de Estudantes com Stress por Sexo e Grupo (Calais, Andrade e Lipp,2003) Grupo Mulheres % Homens % , ,00 , ,00 , ,00 , ,00 , ,00 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

17 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
Prevalência de Sintomas da Fase Resistência por Sexo em % (Psicologia: Reflexão e Crítica, 2003, 16(2), pp Sintomas Mulheres Homens Esquecimento , ,40 Mal estar , ,30 Formigamento , ,60 Desgaste , ,30 Mudança apetite , ,30 Probl. Dermatológico , ,30 Cansaço , ,30 Gastrite , ,60 Tontura , ,30 Emotividade , ,30 Dúvidas , ,60 Pensar recorrente , ,60 Irritação , ,00 Diminuição libido , ,60 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

18 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
(T-Test ) - Medias do OHI e QSG por sexo (BIANCO, L.M. Alegria em uma perspectiva de saúde, dissertação de mestrado, 2005, PUC-SP) * 1= homens 2=mulheres 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

19 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
Questionário de Saúde Geral de Goldberg (BIANCO, L. Alegria em uma perspectiva de saúde, 2005) 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

20 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
O preço dessa adaptação não é só o corpo que paga, uma vez que doenças provocadas pelo estresse consomem uma parte das verbas do sistema público de saúde. 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

21 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
Sophie Béjean e Hélène Sultan-Taïeb(2006), da Universidade de Burgundy, na França, apresentaram no European Journal of Health Economics um exemplo claro desse custo social do estresse: calcularam os gastos com o tratamento de três doenças (cardiovasculares, musculares e mentais) decorrentes, ao menos em parte, do estresse associado às condições de trabalho. Dos 24,5 milhões de pessoas em idade produtiva em 2000 na França, de 300 mil a 400 mil tiveram problemas de saúde relacionados ao estresse por causa do trabalho – e entre e morreram. Os gastos com tratamentos e perda de dias de serviço custaram de € 1,2 bilhão a € 2 bilhões, valores que correspondem de 14% a 24% do que o sistema público de saúde francês consome com doenças ocupacionais. 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

22 Viver é muito perigoso, nos alertava sempre Guimarães Rosa
É perigoso sim. E requer profundidade, sensibilidade, delicadeza e, de novo auto–conhecimento. Auto–conhecimento de si e do que esperamos dos que se relacionam conosco 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

23 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
Referências PHIPPS; SANDS &MAREK (2003) – Enfermagem Médico Cirúrgica: Conceitos e Prática Clínica. Loures: Lusociência – Edições Técnicas e Científicas, Lda. ISBN: Volume, nº I, páginas 1636/1649. CALAIS, Sandra Leal; ANDRADE, Lívia Márcia Batista de; LIPP, Marilda Emmanuel Novaes. Gender and schooling differences in stress symptoms in young adults. Psicol. Reflex. Crit.,  Porto Alegre,  v. 16,  n. 2,  2003.  Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S &lng=en&nrm=iso>. Acesso e18  May  2007.  LIPP, M. (org) O Stress está dentro de você. São Paulo, Ed. Contexto, 1999 BIANCO, L.M. Resiliência, Campos do Jordão, 2005 BIANCO, L. M. Alegria em uma perspectiva de saúde, Dissertação de mestrado,, PUC-SP, 2005 ZORZETTO, R. Viver é muito perigoso129 - Novembro Edição 129 (Página 3 de 3) 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

24 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
FIM Obrigada, pela atenção 01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco

25 Lisete Moreira Del Bianco del.bianco@terra.com.br
01/04/2017 Lisete Moreira Del Bianco


Carregar ppt "Saúde da mulher contemporânea: Qualidade de Vida e Estresse"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google