A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

2º SEMINÁRIO SAÚDE DO TRABALHADOR Doenças do Trabalho e NR 36 Maria Muccillo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "2º SEMINÁRIO SAÚDE DO TRABALHADOR Doenças do Trabalho e NR 36 Maria Muccillo."— Transcrição da apresentação:

1 2º SEMINÁRIO SAÚDE DO TRABALHADOR Doenças do Trabalho e NR 36 Maria Muccillo

2 BRASIL MAIOR EXPORTADOR DE CARNES

3 CENÁRIO ECONÔMICO 7% do PIB 900 MIL TRABALHADORES

4 CENÁRIO ECONÔMICO ALGUNS PAÍSES IMPORTADORES Rússia Irã Egito USA Hong Kong Angola Arábia Saudita União Européia * 150 países no mundo

5 CENÁRIO ECONÔMICO Em 2011 Brasil produziu 24,5 milhões de toneladas de carnes

6 CENÁRIO ECONÔMICO Mercado Interno9.140 m/tl Mercado Externo 3.918m/tl Volume produzido m/tl 2011

7 CENÁRIO ECONÔMICO Em 2011 frigoríficos brasileiros exportaram U$ 15,64 bilhões de dólares

8 QUADRO DA DOR DODÓI Eu ando tão dodói! Mas tão dodói... Quando ando dói, Quando não ando dói, Meu corpo todo dói. Tendão dói, dedão dói Pomo de Adão dói Ouvido dói, Libido dói, Fígado dói, Até meu dom dói Pois quando canto Não importa o tom, dói. Luiz Tati e Itamar Assumpção

9 QUADRO DA DOR COMPARATIVO 2 x mais traumatismos de cabeça 2 x mais lesões no ombro e no braço Fonte: Nexo Técnico Epidemiológico Acidentário/MPS

10 SETOR FRIGORÍFICO SETOR Nº 1 EM DOENÇAS LABORAIS

11 QUADRO DA DOR MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO AFASTAMENTOS LER/DORT MINISTÉRIO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL ACIDENTES DO TRABALHO 32 ÓBITOS

12 AMBIENTE DE TRABALHO Fatores de Risco Físicos Químicos Biológicos Ergonômicos Acidentes *Acenam para o Gerenciamento de Riscos

13 ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO Fatores de Risco Clima organizacional Relações de Poder Estratificação das Hierarquias Ritmo de trabalho Modo de Produção Jornada de Trabalho

14 O CENÁRIO DO TRABALHO Instrumentos cortantes Movimentos repetitivos 01 sobrecoxa 120 mvX60 Baixas Temperaturas

15 O CENÁRIO DO TRABALHO É modo de dizer; mas o serviço no frigorífico é a de burro de carga. Sentia as mãos congelarem durante o trabalho.E tinha muita dor nos ossos Ex-funcionária de frigorífico entrevistada

16 EFEITOS PARA A SAÚDE Temperaturas Extremas Alterações termorreguladoras fundamentais Fadiga Aumento da tensão muscular Transtornos mentais AVC

17 EFEITOS PARA A SAÚDE Comprometimentos emocionais Estresse Depressão Perturbações psicossomáticas Medo Angústia Insônia

18 EFEITOS PARA A SAÚDE Coração Infarto Piora da angina de peito Doenças bronco-respiratórias Prejuízo do Desempenho Manual diminuição da habilidades com motricidade fina menor sensibilidade tátil menor destreza manual Diminuição a força muscular e coordenação motora

19 EFEITOS PARA A SAÚDE Agravamento de Doenças Reumáticas Manifestações dermatológicas nas extremidades distais (pés e mãos) proeminentes (face, queixo, orelha, joelho) LER/DORT Possibilidade de contaminação por agentes biológicos Perda Auditiva Alterações hormonais

20 O CORPO FALA Doenças crônicas sentidas pelos trabalhadores (%)

21

22 QUADRO DA DOR DODÓI * Eu ando tão dodói! Mas tão dodói... Quando ando dói, Quando não ando dói, Meu corpo todo dói. Tendão dói, dedão dói Pomo de Adão dói Ouvido dói, Libido dói, Fígado dói, Até meu dom dói Pois quando canto Não importa o tom, dói. Luiz Tati e Itamar Assumpção

23 NR 36 – 18/04/2013 SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO EM EMPRESAS DE ABATE E PROCESSAMENTO DE CARNES E DERIVADOS Prazos para implementação: Portaria nº 555/18/04/13 De 06 meses a 24 meses

24 NR 36 – 18/04/2013 OBJETIVO Garantir permanentemente a Segurança, Saúde e Qualidade de Vida no trabalho sem prejuízo da observância das demais Normas Regulamentadoras

25 COMPOSIÇÃO DA NR ITENS COBREM OS AMBIENTES DE TRABALHO, MODOS DE PRODUÇÃO E CAPACITAÇÃO DE TRABALHADORES E SUPERIORES HIERÁRQUICOS LIGADOS A LINHA DE PRODUÇÃO OPERACIONAL

26 TREINAMENTO ADMISSIONAL MÍNIMO DE 04 HORAS PERIÓDICO ANUAL DE MÍNIMO DE DUAS HORAS

27 NR 36 Gerenciamento de Riscos Empregador Colocar em prática o gerenciamento de riscos Utilizar todos os meios (téc. org. e adm.) Assegurar Bem estar dos Trabalhadores + Ambientes e Condições de Trabalho Seguros e Saudáveis

28 O MEIO...Se todo o começo é assim, O melhor do começo é seu fim. Um dia há de chegar, em que todos irão conquistar... E por certo irão encontrar um meio para solucionar...

29 MUITO OBRIGADA!

30 Maria Muccillo FUNDACENTRO/RS


Carregar ppt "2º SEMINÁRIO SAÚDE DO TRABALHADOR Doenças do Trabalho e NR 36 Maria Muccillo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google