A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Amazônia e Águas. Novas propostas de gestão e políticas públicas efetivas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Amazônia e Águas. Novas propostas de gestão e políticas públicas efetivas."— Transcrição da apresentação:

1 Amazônia e Águas. Novas propostas de gestão e políticas públicas efetivas.

2 inundado, chuva, Conteúdo -Amazônia e a água; -Conceitos; - Proposta de estratégia.

3

4

5 CICLO HIDROLÓGICO

6 O Brasil detém aproximadamente 12% das águas superficiais do planeta, dos quais 74% estão localizadas na Amazônia (ANA 2005). Esses números expressivos causam na população, principalmente na região Norte do país, a ilusão de uma infinita reserva hídrica e de que a escassez de água é uma particularidade restrita às regiões áridas. A escassez da água pode ser considerada um problema de cunho nacional e generalizado. Fonte: s : s

7 Fonte: Regiões hidrográficas e os Estados brasileiros

8 Bacia Amazônica A Bacia Amazônica, é a de maior superfície de água do mundo, ,6 km². É caracterizada pelo rio Amazonas, seus tributários e os lagos de várzea que interagem com os rios. azonas

9 Bacia Amazônica azonas Fonte: DNAEE, 1994

10 Bacia Amazônica Nasce no planalto de La Raya, no Perú, com o nome de Vilcanota, e ao longo de seu percurso recebe ainda os nomes de Ucaiali, Urubamba e Marañon. No Brasil recebe primeiramente o nome de Solimões, e, a partir da confluência com o rio Negro, próximo à cidade de Manaus, capital do Amazonas passa a ser chamado de rio Amazonas. A bacia Amazônica tem 23 mil km navegáveis, e apresenta grande potencial hidrelétrico. Fonte: amazonica.htm

11 Bacia Amazônica O rio Amazonas - com km de extensão, tem mais de sete mil afluentes. É o segundo do planeta em comprimento e o primeiro em vazão de água (100 mil m³ por segundo). Fonte: ttp://pt.wikipedia.org/wiki/Bacia_do_rio_Amazonas

12 Bacia Amazônica O rio Negro - é o principal tributário do rio Solimões-Amazonas (Rio Amazonas) e da sua confluência com o Solimões até as cabeceiras tem um comprimento de km. A bacia do rio Negro ocupa aproximadamente 10% da bacia Amazônica. Fonte: amazonica.htm

13 A BACIA AMAZÔNICA NO BRASIL ESTADOSÁrea (km2)Part. na Bacia (%) % da Área do Estado Acre ,93,92100,0 Amapá44.870,21,1531,3 Amazonas ,240,41100,0 Pará ,526,8983,8 Rondônia ,86,11100,0 Roraima ,15,77100,0 Mato Grosso ,115,7567,8 Total ,8100,00- Fonte: Ana

14

15

16 Efeitos da RUV supressão da resposta imunológica em seres humanos e animais. Agravamento de outras enfermidades como hanseníase, malária e herpes.

17

18 Foto: Bicas Por Aí

19 Foto: Ada Assunção Foto: Ademar Reis Fonte: Ciência Hoje

20

21

22

23

24

25 Usinas na Bacia Amazônica Fonte: Ana

26

27

28

29 Aquecimento Global Tempestades Morbidade e Mortalidade Morbidade e Mortalidade População Eventos Climático (Hazard) Eventos Climático (Hazard) Inundações Secas Resposta Exposição Fatores Individuais Informação e Percepção do Risco Organização Comunitária Atenção Médica Defesa Civil Situação Geográfica Situação Geográfica Infraestrutura Perfil Demográfico Perfil Demográfico Fatores Individuais Fatores Individuais Percepção do Risco Características ambientais Tipo e qualidade de serviço transporte saneamento Tipo e Localização espacial habitação trabalho lazer idade sexo etnia capacidade física Determinante s Imediatos Determinantes Primários Renda Educação Poder Político Cultura Vulnerabilidade Modelo Conceitual da Vulnerabilidade Social Fonte: ENSP-MS

30

31 PROJETO REDE DE EDUCAÇÃO, SAÚDE, TECNOLOGIA E MEIO AMBIENTE PARA A REGIÃO AMAZÔNICA - RESTAM -

32 . REDE DE EDUCAÇÃO, SAÚDE, TECNOLOGIA E MEIO AMBIENTE – RESTAM –

33 Conteúdo: Objetivo Geral; Objetivo Imediato; Metodologia; Resultados.

34 Propiciar embasamento teórico-prático para aumentar a eficiência e a qualidade na tomada de decisões das instituições municipais, estaduais e federais responsáveis pela gestão de educação, de saúde, de tecnologia e de ambiental na Bacia Amazônica. Será proporcionada a transversalidade do conhecimento técnico com as legislações vigentes e estimulada a elaboração de programas/projetos de pesquisas/ação voltados para suas soluções integradas. OBJETIVO GERAL

35 1- Estruturar as bases institucionais, técnicas e logísticas para a implantação da RESTAM; 2- Expandir a rede para as outras, a fim de equalizar os conhecimentos e as estratégias de proteção e conservação como um todo. OBJETIVOS IMEDIATOS

36 METODOLOGIA A metodologia para a implantação da RESTAM será subsidiada por dados levantados em seminários e questionários.

37 RESULTADOS IMEDIATOS 1- Diagnóstico das necessidades e expectativas do Público–Alvo definido; 2- Modelo Institucional para desenvolvimento consistente da RESTAM, validado e implantado; 3- Infra-estrutura física do local de funcionamento, de comunicação (rede de telecomunicação), e de processamento de dados da RESTAM;

38 RESULTADOS ESPERADOS AO TÉRMINO DO PROJETO a) Fortalecimento do conhecimento, da independência e eficiência das instituições municipais e estaduais da Região, responsáveis pela gestão da educação, saúde, tecnologia e meio ambiente. Melhorando a qualidade da tomada de decisão e dos serviços prestados à sociedade;

39 RESULTADOS ESPERADOS AO TÉRMINO DO PROJETO b)Uso adequado de Bancos de Dados existentes, a exemplo dos produtos pertencentes ao banco de dados SIVAM /SIPAM, BCDAM, ZEE, entre outros. Infra- estrutura, como subsídios na tomada de decisão para a administração pública, criando inclusive capacidade de auditoria, bem como criar novos produtos e metodologias pertinentes;

40 RESULTADOS ESPERADOS AO TÉRMINO DO PROJETO c) Consolidação das atividades que devam compor a Rede de Educação, Saúde, Tecnologia e Meio Ambiente (RESTAM), em sua implementação, visando a: Otimização de gastos ao se identificar todos os projetos existentes nas áreas de educação, saúde, tecnologia e meio ambiente; Integração entre a gestão da educação, saúde, tecnologia e meio ambiente; Criação de contingente técnico-científico e jurídico nas áreas de educação, saúde, tecnologia e meio ambiente;

41 Capacitação para análise e a aplicação de tecnologia para todos os participantes de cada tema; Implementar a sistematização do fluxo de informação, necessário à tomada de decisão das políticas públicas para um desenvolvimento ambientalmente sustentável; Capacitação sobre a legislação vigente das áreas de atuação do projeto em níveis municipal, estadual e federal. RESULTADOS ESPERADOS AO TÉRMINO DO PROJETO

42 Capacitação para análise e a aplicação de tecnologia para todos os participantes de cada tema; Implementar a sistematização do fluxo de informação, necessário à tomada de decisão das políticas públicas para um desenvolvimento ambientalmente sustentável; Capacitação sobre a legislação vigente das áreas de atuação do projeto em níveis municipal, estadual e federal.

43 Instituições de Pesquisa Profissionais das áreas de interesse Universidades Rede RESTAM ESTRUTURA DE REDE

44 . COMITÊ GESTOR

45

46 . `Na Natureza Não há Prêmios Nem Punições, há apenas consequências` (Robert Ingersol)

47 GRATA!!! Maria Albertina Pires M. Costa Professora UCB, Ph.D. (SUNY/USA)


Carregar ppt "Amazônia e Águas. Novas propostas de gestão e políticas públicas efetivas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google