A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESDICA Uma escola aLeR+! Escola Secundária D. Inês de Castro - Alcobaça.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESDICA Uma escola aLeR+! Escola Secundária D. Inês de Castro - Alcobaça."— Transcrição da apresentação:

1 ESDICA Uma escola aLeR+! Escola Secundária D. Inês de Castro - Alcobaça

2

3 POE M ÁTICA 2011 POE M ÁTICA 2011 Escola Secundária D. Inês de Castro - Alcobaça

4 PoeMática – 10º Ano Como surgiu a ideia? Agrupamento Vertical de Muralhas do Minho Matemática com A de Amor Biblioteca Escolar – ESDICA, em 2009/2010 PoeMática - Matemática A e B 2010/2011 Fase preparatória Apresentação ao Conselho Pedagógico. Inclusão da actividade nos Planos Curriculares das Turmas. Reunião com os professores de Matemática: Calendarização ; Elaboração da planificação anual da actividade. Selecção, pela equipa da Biblioteca, de poemas, com estrutura antitética. Fase I – Aulas de Matemática Aula, com presença da Professora Bibliotecária, para explicação dos poemas. Formação dos grupos de trabalho. Realização dos trabalhos. Fase II – Aulas de Português Com base nos trabalhos realizados, o professor de Português descobre qual é o poema transformado

5 PoeMática – 10º Ano Fase IIIExposição dos trabalhos, com avaliação positiva, no Laboratório de Matemática, durante a Escola Aberta, na última semana do segundo período. Votação. Fase IV Reunião do júri para seleccionar os três melhores trabalhos e atribuir as menções honrosas. Fase VDivulgação no placar da BE, na Página, no blogue e no Facebook do nome dos premiados. Fase VIElaboração de cartazes com os três melhores trabalhos. Fase VIIExposição dos cartazes, durante a Semana da Leitura. Fase VIIIDeclamação e figuração dos poemas, no Sarau Leituras Livres, o espectáculo de encerramento da Semana da Leitura.

6 Amor é fogo que arde sem se ver; É ferida que dói e não se sente; É um contentamento descontente; É dor que desatina sem doer; É um não querer mais que bem querer; É solitário andar por entre a gente; É nunca contentar-se de contente; É cuidar que se ganha em se perder; É querer estar preso por vontade; É servir a quem vence, o vencedor; É ter com quem nos mata lealdade. Mas como causar pode seu favor Nos corações humanos amizade, Se tão contrário a si é o mesmo Amor? Luís de Camões POE M ÁTICA 2011 POE M ÁTICA 2011

7 POE M ÁTICA 2011 POE M ÁTICA 2011

8 Retrato de uma princesa desconhecida Para que ela tivesse um pescoço tão fino Para que os seus pulsos tivessem um quebrar de caule Para que os seus olhos fossem tão frontais e limpos Para que a sua espinha fosse tão direita E ela usasse a cabeça tão erguida Com uma tão simples claridade sobre a testa Foram necessárias sucessivas gerações de escravos De corpo dobrado e grossas mãos pacientes Servindo sucessivas gerações de príncipes Ainda um pouco toscos e grosseiros Ávidos cruéis e fraudulentos Foi um imenso desperdiçar de gente Para que ela fosse aquela perfeição Solitária exilada sem destino Sophia de Mello Breyner Andresen POE M ÁTICA 2011 POE M ÁTICA 2011

9 POE M ÁTICA 2011 POE M ÁTICA 2011

10 Fábula Menino gordo comprou um balão e assoprou assoprou assoprou com força o balão amarelo. Menino gordo assoprou assoprou assoprou o balão inchou inchou e rebentou! Meninos magros apanharam os restos e fizeram balõezinhos. José Craveirinha POE M ÁTICA 2011 POE M ÁTICA 2011

11 POE M ÁTICA 2011 POE M ÁTICA 2011

12

13

14 Prémio que a equipa da Biblioteca atribui a todos os que contribuem para que a ESDICA seja uma escola aLeR+


Carregar ppt "ESDICA Uma escola aLeR+! Escola Secundária D. Inês de Castro - Alcobaça."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google