A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FOTOGRAFIA ABERTURA DO DIAFRAGMA E VELOCIDADE DO OBTURADOR.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FOTOGRAFIA ABERTURA DO DIAFRAGMA E VELOCIDADE DO OBTURADOR."— Transcrição da apresentação:

1 FOTOGRAFIA ABERTURA DO DIAFRAGMA E VELOCIDADE DO OBTURADOR

2 ABERTURA DO DIAFRAGMA NA FOTOGRAFIA, A QUANTIDADE DE LUZ QUE IMPRESSIONA O FILME OU O SENSOR NO MOMENTO DA EXPOSIÇÃO DEPENDE DE DOIS FATORES: A ABERTURA DO DIAFRAGMA E O TEMPO EM QUE O OBTURADOR PERMANECE ABERTO. NAS CÂMERAS MAIS SOFISTICADAS É POSSÍVEL CONTROLAR A EXPOSIÇÃO UTILIZANDO DIVERSAS COMBINAÇÕES ENTRE ESTES DOIS ELEMENTOS RESPONSÁVEIS PELA FOTOMETRIA (MEDIÇÃO DE LUZ). NO CASO DA ABERTURA, CADA REGULAGEM, QUANDO ACIONADA, FAZ COM QUE UM DIAFRAGMA (ÍRIS) DENTRO DA OBJETIVA SE ABRA OU SE FECHE, CONTROLANDO A PASSAGEM DA LUZ PELO INTERIOR DA OBJETIVA.

3 A ABERTURA É MEDIDA ATRAVÉS DE UMA ESCALA NUMÉRICA DENOMINADA DE NÚMEROS f. É IMPORTANTE LEMBRAR QUE UM NÚMERO f PEQUENO SE REFERE À UMA ABERTURA MAIOR E UM NÚMERO f MAIOR, À UMA ABERTURA MENOR.

4 PROFUNDIDADE DE CAMPO TEORICAMENTE, A OBJETIVA SÓ TEM FOCO PRECISO EM OBJETOS SITUADOS A UMA CERTA DISTÂNCIA (DISTÂNCIA ENTRE A CÂMERA E O OBJETO); NA PRÁTICA, PORÉM, EXISTE UMA ÁREA AQUÉM E ALÉM DESSA DISTÂNCIA, NA QUAL A NITIDEZ DA IMAGEM É ACEITÁVEL. ESSE INTERVALO, OU ESPAÇO ENTRE A MÍNIMA E MÁXIMA DISTÂNCIA (ANTES E DEPOIS DO OBJETO FOCADO) É CHAMADO DE PROFUNDIDADE DE CAMPO. QUANDO A OBJETIVA É FOCADA SOBRE UM OBJETO, A ÁREA CORRESPONDENTE À PROFUNDIDADE DE CAMPO NÃO SE ESTENDE IGUALMENTE AQUÉM E ALÉM DO PONTO DE FOCO: 1/3 FICA ENTRE A CÂMERA E O OBJETO E 2/3 FICAM PARA ALÉM DO OBJETO FOCALIZADO.

5

6

7 A PROFUNDIDADE DE CAMPO TEM RELAÇÃO DIRETA COM A ABERTURA: QUANTO MAIOR FOR A ABERTURA, MENOR A PROFUNDIDADE E, QUANTO MENOR A ABERTURA, MAIOR A PROFUNDIDADE. E É ATRAVÉS DA PROFUNDIDADE DE CAMPO QUE CONTROLAMOS O RESULTADO A SER OBTIDO NA FOTOGRAFIA COM RELAÇÃO AO EFEITO DE FOCADO E DESFOCADO, ENTRE O PRIMEIRO PLANO, ASSUNTO PRINCIPAL E FUNDO.

8 VELOCIDADE DO OBTURADOR A CORRETA REGULAGEM DA VELOCIDADE DO OBTURADOR É FUNDAMENTAL PARA SE OBTER BOAS FOTOS. A ESCALA DE VELOCIDADE VARIA DE UMA CÂMERA PARA OUTRA, PODENDO IR DE 1/1000 DE SEGUNDO À 1 SEGUNDO, PASSANDO POR VALORES (FRAÇÕES DE SEGUNDO) INTERMEDIÁRIOS, CADA UM DELES CORRESPONDENTE AO DOBRO DO TEMPO ANTERIOR. PARA EXPOSIÇÕES MAIORES QUE 1 SEGUNDO, AS CÂMERAS POSSUEM UM AJUSTE DE VELOCIDADE MARCADO PELA LETRA B (NESSA POSIÇÃO, O OBTURADOR PERMANECE ABERTO DURANTE TODO O TEMPO EM QUE SE MANTÉM PRESSIONADO O DISPARADOR); OUTRAS CÂMERAS POSSUEM TAMBÉM UM AJUSTE MARCADO PELA LETRA T (O OBTURADOR SE ABRE AO PRESSIONAR O DISPARDOR E SÓ SE FECHA QUANDO PRESSIONARMOS O DISPARADOR NOVAMENTE).

9 EXISTEM DOIS TIPOS DE OBTURADOR: O CENTRAL, MONTADO NO INTERIOR DA OBJETIVA OU LOGO ATRÁS DELA, E O DE PLANO FOCAL (TAMBÉM CHAMADO DE OBTURADOR DE CORTINA), MONTADO NO PLANO DO FILME. OBTURADOR CENTRAL

10 OBTURADOR DE PLANO FOCAL


Carregar ppt "FOTOGRAFIA ABERTURA DO DIAFRAGMA E VELOCIDADE DO OBTURADOR."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google