A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Programa O que é fogo ? O que é fogo ? Fogo x Incêndio Fogo x Incêndio Triângulo do Fogo Quadrilátero Triângulo do.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Programa O que é fogo ? O que é fogo ? Fogo x Incêndio Fogo x Incêndio Triângulo do Fogo Quadrilátero Triângulo do."— Transcrição da apresentação:

1 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Programa O que é fogo ? O que é fogo ? Fogo x Incêndio Fogo x Incêndio Triângulo do Fogo Quadrilátero Triângulo do Fogo Quadrilátero Métodos de extinção Métodos de extinção --- Intervalo --- Efeitos do Calor Efeitos do Calor Risco da Usina Caetés Risco da Usina Caetés GLP x GNV GLP x GNV

2 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio O que é fogo ?

3 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio O que é fogo ? Fundamento químico Chamamos de fogo o resultado de um processo exotérmico de oxidação. Geralmente, um composto orgânico. como o papel, a madeira, os plásticos, os gases de hidrocarbonetos, gasolina e outros, suceptíveis a oxidação, em contato com uma substância oxidante ( oxigênio do ar, por exemplo ) necessitam de uma energia de ativação, também conhecida como temperatura de ignição. exotérmico oxidação orgânico papel madeira plásticos hidrocarbonetosgasolina oxidanteoxigênioar energia de ativação

4 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio O que é fogo ? Fogo é uma reação química que produz luz e calor. Incêndio é o fogo fora de controle.

5 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio O que é fogo ? Do ponto de vista do acidente de trabalho, o INCÊNDIO é definido como: Qualquer ocorrência não programada de fogo que altera ou põe fim à realização de uma atividade

6 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Triângulo do fogo Para o fogo existir, são necessários os três elementos. Calor ComburenteCombustível

7 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Pirâmide do fogo 1 - Comburente 2 - Calor 3 - Combustível 4 - Reação em cadeia

8 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Técnicas de Prevenção Medidas de distribuição de equipamentos de combate a incêndio e dos materiais e estoques pertencentes à organização visando impedir o surgimento de um princípio de incêndio, dificultar seu desenvolvimento e extingui-lo ainda na fase inicial. FUNDACENTRO (1981)

9 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Técnicas de Prevenção Prevenção contra incêndio abrange as disposições que visam PREVENIR a eclosão ou REDUZIR o risco de alastramento do incêndio, evitar perigo para os ocupantes ou para a propriedade. MELHADO (1984)

10 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Métodos de Extinção Conhecido o Triângulo do Fogo, este só existirá quando estiverem presentes os três elementos constituintes nas proporções definidas. Portanto, para extinguir o fogo basta desfazer o Triângulo, isto é, retirar uma de suas pontas. MELHADO (1984)

11 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Métodos de Extinção Isolamento Abafamento Resfriamento

12 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Métodos de Extinção ISOLAMENTO Método de Extinção de Incêndio que consiste na retirada do Combustível.

13 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Métodos de Extinção ABAFAMENTO Método de Extinção de Incêndio que consiste na redução ou retirada do Oxigênio.

14 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Métodos de Extinção RESFRIAMENTO Método de Extinção de Incêndio que consiste na retirada parcial do calor (diminuição da temperatura).

15 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Intervalo

16 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Classes de Incêndio Ocorrem em materiais sólidos como papel, madeira, tecidos e borrachas. Ocorrem em líquidos inflamáveis como gasolina, óleo, álcool e querosene. Fogo em ou perto de equipamentos elétricos energizados, Fogo em ou perto de equipamentos elétricos energizados,. Fogo que ocorre em metais combustivéis (pirofóricos), tais como magnésio, lítio e sódio. D

17 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Agentes extintores ExtintorClasse Água (H 2 O) A Pó (PQS) B C Gás Carbônico (CO 2 ) B C

18 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Propagação

19 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Propagação O incêndio se propaga em virtude da transmissão do calor liberado pelo mesmo, para outra parte do combustível ainda não incendiado, ou até mesmo para outro corpo combustível distante, também não incendiado. Isto poderá ocorrer sob três formas: Condução Convecção Irradiação

20 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Propagação É a transferência de calor de um ponto para outro de forma contínua. Esta transferência é feita de molécula a molécula sem que haja transporte da matéria de uma região para outra. CONDUÇÃO

21 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Propagação É a transferência do calor de uma região para outra, através do transporte de matéria (ar ou fumaça). Esta transferência se processa em decorrência da diferença de densidade do ar, que ocorre com a absorção ou perda de calor. CONVECÇÃO

22 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Propagação É a transferência do calor através de ondas eletromagnéticas, denominadas ondas caloríficas ou calor radiante. Neste processo não há necessidade de suporte material nem transporte de matéria. IRRADIAÇÃO

23 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Informações e Contato: Site:

24 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Efeitos do Calor sobre o Homem Queimaduras Asfixia Exaustão Mortes

25 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Efeitos do Calor sobre o Homem Em menos de 1 hora: tolerância muscular reduzida capacidade mental afetada baixa compreensão e retenção de informação Após 2 horas: câimbras fadiga perda de força coordenação motora reduzida dor de cabeça náusea atordoamento Em um estágio avançado: colapso inconsciência morte

26 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Locais de riscos da Usina

27 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Locais de riscos da Usina

28 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Locais de riscos da Usina

29 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Locais de riscos da Usina

30 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Locais de riscos da Usina

31 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Informações e Contato: Site:

32 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio GLP O gás de cozinha é combustível formado pela mistura de hidrocarbonetos com três ou quatro átomos de carbono ( propano 50% e butano 50% ) extraídos do petróleo, podendo apresentar-se em mistura entre si e com pequenas frações de outros hidrocarbonetos. Ele tem a característica de ficar sempre em estado liquido quando submetido a uma certa pressão, sendo por isto chamado de gás liqüefeito de petróleo (GLP

33 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio GLP

34 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio GÁS NATURAL Gás inflamável e combustível, mais leve que o ar, composto principalmente de metano com uma quantidade menor de etano, propano e butano, tem os mesmos usos do GLP. Possui risco de explosão por combustão e incêndio quando escapa para o ambiente.

35 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio PROTEÇÃO PROTEÇÃO CONTRA O BLEVE Para proteger recipientes de explosões, deve-se resfriá-los com água, utilizando-se uma linha de proteção com jato d'água em forma de neblina, isolando o local de estranhos aos serviços de bombeiros e resfriando os recipientes de gases até que não seja mais necessário.

36 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio CUIDADOS CUIDADOS COM OS RECIPIENTES O maior número de ocorrências são com botijões de 13 kg de GLP, mais comuns nas residências e as causas mais prováveis de vazamentos, com e sem fogo, são: mangueira furada, diafragma da válvula furada, rosca da válvula mal fechada, plugue-fusível fundido e corrosão do botijão.

37 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio GÁS NATURAL CUIDADOS DIVERSOS O controle de vazamento sem fogo deve ser feito através da dispersão do gás, evitando o contato com pessoas e fontes de ignição e eliminando o vazamento (fechando o registro da válvula, usando o estanca-gás, etc).

38 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio GLP

39 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Cuidados Diversos Botijão Amassado Mangueira por trás do fogão Acessórios extra Verificar vasamento Inscrição NBR 8473 em relevo. Certificação INMETRO

40 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio TIPOS DE ATAQUE Externo Interno Direto Indireto Combinado

41 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio ATAQUE EXTERNO Realizado por fora da edificação; Quando as condições de segurança não permitirem a entrada da equipe.

42 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio ATAQUE INTERNO Realizado dentro da edificação; quando as condições de segurança permitirem; usado, principalmente, no ataque ao foco principal do incêndio.

43 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio ATAQUE DIRETO Realizado contra a base do fogo; Utilizado mais eficientemente em incêndios com queima livre.

44 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio ATAQUE INDIRETO Realizado contra as superfícies próximas à área do foco principal; Quando as condições de segurança não permitirem a entrada, queima incompleta; Utiliza-se do poder de vaporização da água;

45 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio ATAQUE INDIRETO

46 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio ATAQUE COMBINADO Realizado combinado-se o ataque direto e indireto; Utilizado para gerar vapor e atacar a base do fogo; Quando não há risco de Flashover, existindo apenas superaquecimento da estrutura.

47 CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio ATAQUE COMBINADO


Carregar ppt "CBMAL Tenente Milton / Tenente Dárbio Programa O que é fogo ? O que é fogo ? Fogo x Incêndio Fogo x Incêndio Triângulo do Fogo Quadrilátero Triângulo do."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google