A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

USP EACH – GPP Gestão de Processos e Tecnologia da Informação Prof José Carlos Vaz Alunos: Bruno Abud José Inácio Luis Humberto 24MAR08.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "USP EACH – GPP Gestão de Processos e Tecnologia da Informação Prof José Carlos Vaz Alunos: Bruno Abud José Inácio Luis Humberto 24MAR08."— Transcrição da apresentação:

1 USP EACH – GPP Gestão de Processos e Tecnologia da Informação Prof José Carlos Vaz Alunos: Bruno Abud José Inácio Luis Humberto 24MAR08

2 Rede INFOSEG Rede de Integração Nacional de Informações de Segurança Pública, Justiça e Fiscalização

3 A Rede INFOSEG, administrada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública - SENASP, interliga órgãos estaduais e federais, de segurança pública, justiça e fiscalização, disponibilizando informações confiáveis e integradas nacionalmente com facilidade e rapidez em computadores de mesa, viaturas, rádios e até celulares.

4 A Rede INFOSEG disponibiliza informações dos seguintes órgãos: Polícias Civis e Polícias Militares; Departamento Nacional de Trânsito; Exército Brasileiro; Superior Tribunal de Justiça e Justiça Federal; Departamento de Polícia Rodoviária Federal; Departamento de Polícia Federal; Secretaria da Receita Federal; e Tribunais de Justiça Estaduais.

5 INFOSEG STJ DEP TRANS SEC REC FED JUS FED JUS EST POL MIL EB POL FED POL ROD FED POL CIVIL

6 A Rede contribui não só para fornecer consultas aos órgãos, como também para a produção e disseminação de conhecimento em tecnologias de Internet nas instituições governamentais, e passou a representar um modelo de emprego dos padrões de interoperabilidade preconizado no modelo e- Ping de governo eletrônico, o qual representa um padrão que possibilita a comunicação entre diferentes sistemas, independente do tipo de tecnologia utilizada. CONTRIBUIÇÕES

7 A arquitetura da Rede INFOSEG é composta por um Índice Nacional (IN), que armazena dados básicos de pessoas com inquéritos, processos, mandados de prisão, além de interfaces ligando, diretamente, outros tipos de bancos de dados, como de armas, veículos, condutores e de cadastros de pessoas físicas e jurídicas (CPF e CNPJ). A utilização do Índice Nacional facilita a busca com rápido tempo de resposta, permitindo que a partir de uma primeira consulta ao IN seja possível verificar o detalhamento das informações contidas nas bases federais e estaduais com dados pertinentes à Segurança Pública e Justiça. COMO FUNCIONA?

8 COMO FUNCIONA? A utilização do IN dá ao agente público a indicação da existência ou não de informações de pessoas criminalmente identificadas, minimizando os pontos de falhas de acesso e melhorando a performance das consultas, aumentando a disponibilidade ao agente público. O usuário, por meio da Rede INFOSEG, consegue identificar num determinado Estado, por exemplo, a existência de um mandado de prisão em aberto expedido em um outro Estado, identificando, inclusive, o Estado responsável pela produção da informação.

9 ESTRUTURA DA REDE

10 Na Rede INFOSEG, as consultas são feitas em tempo real via internet, mediante senha pessoal para cada perfil de usuário. Os órgãos usuários da Rede são responsáveis por alimentar as informações na rede INFOSEG e disponibilizar suas bases de dados para as consultas de informações detalhadas. As informações trafegadas na rede foram definidas em conjunto com os órgãos participantes, o que veio inaugurar uma nova forma de interação não só entre órgãos executivos federais e estaduais, mas também com os órgãos do poder judiciário e legislativo, com o objetivo comum de compartilhar a construção da nova Rede INFOSEG.

11 Atualmente, a rede possui mais de 93 mil usuários cadastra-dos em mais de 200 órgãos distribuídos no Brasil (dados de 2007). Os usuários são servidores de órgãos públicos dos três poderes nas esferas federal e estadual, como Ministério Público, Tribunais de Justiça estaduais, Superior Tribunal de Justiça, Supremo Tribunal Federal, todas as Polícias, Departamentos de Trânsito, Agência Brasileira de Inteligência, Controladoria Geral da União, Departamento Nacional de Trânsito, INTERPOL (Polícia Federal brasileira), Secretaria da Receita Federal eTribunal de Contas da União. QUEM TEM ACESSO?

12 Obs: em 2007 foram realizados mais de 29 milhões de consultas

13 A nova plataforma da Rede INFOSEG foi desenvolvida baseada em tecnologia Web adotando padrões abertos (e-Ping). Em função da natureza dos dados trafegados na rede, toda a infra-estrutura de segurança foi implementada com as tecnologias mais modernas e seguras disponíveis no mercado. Todos as informações trafegadas na rede, tanto para consultas como para atualizações, são encriptadas com uso de criptografias fortes e assinaturas digitais, garantindo a sua privacidade e originalidade. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

14 Destaca-se também que, apesar das consultas serem feitas através da Internet, as atualizações são efetuadas por uma rede fechada, de alto desempenho e disponibilidade. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

15 Foram criados perfis a fim de serem disponibilizadas para cada usuário somente as informações necessárias de acordo com a função exercida pelos usuários dentro de sua instituição. A rede nacional permite a criação de novos perfis sempre que solicitado por algum órgão componente da Rede Infoseg, pois o objetivo é difundir o acesso e levar a informação a todo e qualquer órgão ligado segurança pública, justiça e fiscalização. SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

16

17

18

19 TRADE-OFF Perspectivas positivasPerspectivas negativas Acesso a banco de dados de outros órgãos governamentais Abertura dos dados gerenciados internamente Agilidade na informação durante a pesquisa realizada pelo agente operacional Utilização indiscriminada ou irregular de dados sigilosos Auxilia na tomada de decisão propiciando maior segurança ao agente e aos cidadãos Aumenta o risco da corrupção

20 USP EACH – GPP Gestão de Processos e Tecnologia da Informação Prof José Carlos Vaz Alunos: Bruno Abud José Inácio Luis Humberto 24MAR08


Carregar ppt "USP EACH – GPP Gestão de Processos e Tecnologia da Informação Prof José Carlos Vaz Alunos: Bruno Abud José Inácio Luis Humberto 24MAR08."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google