A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Saneamento [1] SANEAMENTO Projecto 1: Estudo Prévio de um Sistema Adutor Aula Prática da Semana 7: Preparação Prévia: Cenários definidos; Dimensionamento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Saneamento [1] SANEAMENTO Projecto 1: Estudo Prévio de um Sistema Adutor Aula Prática da Semana 7: Preparação Prévia: Cenários definidos; Dimensionamento."— Transcrição da apresentação:

1 Saneamento [1] SANEAMENTO Projecto 1: Estudo Prévio de um Sistema Adutor Aula Prática da Semana 7: Preparação Prévia: Cenários definidos; Dimensionamento das condutas adutoras concluído; Estudo económico iniciado (custos de construção e cálculo dos encargos em energia). Objectivos da Semana 7: Cálculo da capacidade dos reservatórios; Cálculo dos custos dos reservatórios.

2 Saneamento [2] SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA Reservatórios de distribuição Capacidade (m 3 ) V = V regularização + V emergências sendo V regularização = V reg_interdiário + V reg_interhorário V regularização = V reg_interdiário + V reg_interhorário V emergências = Máximo {V avarias ; V incêndio } V emergências = Máximo {V avarias ; V incêndio }

3 Saneamento [3] SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA Reservatórios de distribuição Se sistema adutor dimensionado para Q dmc V reg_interdiário = 0 V mda_40 f p =1.5 V reg_interdiário = 0 V mda_40sendo V mda_40 = volume médio diário anual Se sistema adutor dimensionado para Q mmc V reg_interdiário = 1 V mda_40 f p =1.3 V reg_interdiário = 1 V mda_40 Extraído de Manual de Saneamento Básico – Direcção Geral dos Recursos Naturais, 1991 Factor de ponta x Vmda_40 VOLUME DE REGULARIZAÇÃO INTERDIÁRIO

4 Saneamento [4] VOLUME DE REGULARIZAÇÃO INTERHORÁRIO Nível no Reservatório 0 6h 24h 18h 12h Curva de Volumes acumulados V acum h Adução Gravítica 3 Q m 12 Q m Distribuição 24 Q m |V A | |V B | Curva de Consumos Q h 0.5 Q m 1.5 Q m 0.5 Q m QmQm Exemplo - Adução Gravítica 18 Q m V A / V B =máxima diferença positiva/negativa entre Vacum adução e distribuição V reg_interhorário = |V A |+|V B | Qm=Q dmc ou Q mmc (m3/h) SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA Reservatórios de distribuição

5 Saneamento [5] SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA Reservatórios de distribuição/ Volume de regularização diário ou interhorário Adução Gravítica (MSBII.4, p.15) a = Qm = Q dmc_40 ou Q mmc_40 (m3/h) consoante condutas dimensionadas para o dia de maior consumo ou o mês de maior consumo Adução Gravítica (MSBII.4, p.15)

6 Saneamento [6] SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA Reservatórios de distribuição/ Volume de regularização diário ou interhorário Curva de Volumes acumulados V acum h Adução por Bombagem 3 Q m 12 Q m Distribuição 24 Q m |V A | |V B | VA / VB =máxima diferença positiva/negativa entre Vacum adução e distribuição Vreg_interhorário = |VA|+|VB| h Curva de Bombagem Q 1.2 Q m QmQm 18 Q m Curva de Consumos Q h 0.5 Q m 1.5 Q m 0.5 Q m QmQm Exemplo - Adução por bombagem

7 Saneamento [7] SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA Reservatórios de distribuição/ Volume de regularização diário ou interhorário Adução por Bombagem (MSBII.4, p.15)

8 Saneamento [8] VOLUME DE AVARIAS SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA Reservatórios de distribuição Localização avarias1 a 2 h Reparação 4 a 6 h Total5 a 8 h V avarias = (5 a 8h) x Q dim40 (m 3 /h)

9 Saneamento [9] RESERVA DE ÁGUA PARA INCÊNDIO 7 - A reserva de água para incêndio é função do grau de risco da zona e não deve ser inferior aos valores seguintes: 75 m3 - grau 1; 125 m3 - grau 2; 200 m3 - grau 3; 300 m3 - grau 4; A definir caso a caso - grau 5. SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA Reservatórios de distribuição

10 Saneamento [10] SISTEMAS DE ABASTECIMENTO E DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA Reservatórios de distribuição VOLUME MÍNIMO V >= K Qmd onde Q md é o caudal médio diário anual (metros cúbicos) do aglomerado K um coeficiente que toma os seguintes valores mínimos: K = 1,0 para populações superiores a habitantes; K = 1,25 para populações entre e habitantes; K = 1,5 para populações entre 1000 e habitantes; K = 2,0 para populações inferiores a 1000 habitantes e para zonas de maior risco V min = K x V mda40 (m 3 ) = K x Q mda40 (m 3 /d)1 dia = K x Q mda40 (m 3 /d) x 1 dia


Carregar ppt "Saneamento [1] SANEAMENTO Projecto 1: Estudo Prévio de um Sistema Adutor Aula Prática da Semana 7: Preparação Prévia: Cenários definidos; Dimensionamento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google