A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Noções sobre o sistema de abastecimento de água residencial. Desenho de Instalações Hidráulicas. (Hélio Creder)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Noções sobre o sistema de abastecimento de água residencial. Desenho de Instalações Hidráulicas. (Hélio Creder)"— Transcrição da apresentação:

1 Noções sobre o sistema de abastecimento de água residencial. Desenho de Instalações Hidráulicas. (Hélio Creder)

2 Sistema de captação abastecimento de cidades

3 Sistema direto de Distribuição

4 Sistema indireto sem bombeamento

5 Sistema de distribuição indireto com bombeamento Quando alem da pressão insuficiente há também a descontinuidade existe a necessidade de ter dois reservatórios (inferior e superior). A distribuição será descendente e as bombas de recalque imprescindíveis.

6 Sistema Hidropneumático de distribuição

7 Estabilização da Pressão na distribuição

8 Generalidades (NB 92/80, NBR-5626)

9 A - Rede publica de distribuição de água. B – Ramal. C - Hidrômetro Aparelho para medição do consumo de água, instalados em muretas a esquerda ou direita de edificações. C- Ramal de alimentação Tubulação compreendida entre o hidrômetro e reservatório de acumulação passando ou não pela coluna piezométrica.

10 E - Coluna Piezométrica Dispositivo regulador do nível piezométrico, sempre que o reservatório estiver abaixo da cota do meio fio. (facultativo ou obrigatório em algumas cidades).

11 Um piezômetro nada, mas é que um tubo na maioria das vezes transparente e disposto de uma maneira que seja possível medir ou conferir a altura manométrica do liquido qualquer, altura essa que indica a pressão do sistema no local do piezômetro.

12 Linha piezométrica Linha piezométrica Linha piezométrica: é formada pelos pontos situados à distância P/Y acima do centro da tubulação. O líquido em um piezômetro se elevaria até a LP.

13 Linha de energia Linha de energia: Linha de energia: é formada pelos pontos situados à distância V 2 /2g acima da LP, ou à distância P/Y + V2/2g acima do centro da tubulação.

14 Propriedades da LP e LE Conforme a velocidade vai a zero, a LP e a LE se aproximam uma da outra. A LE e a LP inclinam-se para baixo na direção do escoamento devido à perda de carga distribuída no tubo. Quanto maior é a perda por unidade de comprimento, maior é a inclinação. Uma mudança súbita ocorre na LP e na LE sempre que ocorre uma perda devido a uma mudança súbita de geometria, ou perda de carga localizada. Ocorre um salto na LE e na LP quando energia útil é adicionada ao fluido, como acontece com uma bomba, e uma queda ocorre se energia útil é extraída do escoamento, como ocorre com uma turbina. Se a LP passa através do tubo a pressão é zero. Se passa acima a pressão é negativa (vácuo).

15 F - Reservatório inferior. Em geral em prédios com mais de dois pavimentos. G - Extravasor Regularização do nível Maximo ou aviso de não funcionamento da bóia.

16

17 Sistema de recalque. Conjunto de bombas, canalização de sucção, canalização de recalque.

18 I- Reservatorio superior. Geralmente dividido em duas celulas, quando o volume ultrapassa 4000 l. J - Barrilete ou colar Conjunto de distribuição provido de registro de gaveta que comandam a distribuição e válvulas de retenção para colunas de combate a incêndios.

19 J - Barrilete ou colar Conjunto de distribuição provido de registro de gaveta que comandam a distribuição e válvulas de retenção para colunas de combate a incêndios.

20 K - Coluna Canalização vertical de origem no barritele abastecendo ramais de distribuição para banheiros cozinhas e áreas de serviço. Ramal É a canalização entre a coluna e os sub ramais.

21 Ramal É a canalização entre a coluna e os sub- ramais (representação em planta de elevação e em projeção vertical) Vantagens – representação das cotas em vg. Desvantagens – Dois desenhos.

22 Desenho de Instalações Hidro-Sanitária

23 Desenho de instalações hidráulicas Planta baixa Planta de elevação Esquema em perspectiva isométrica Convenções segundo a norma vigente. Em geral se reproduz parte das instalações sanitária. (em linha fina paredes e aberturas, os aparelhos sanitários são representados em linha de maior espessura assim como as tubulações e registros e outros detalhes. Em geral o ramas e alimentação é feito em ferro galvanizado passando por fora da construção. Estudar casos de reservatórios em função do abastecimento.

24

25

26

27

28

29

30 Registro de Gaveta

31 Válvula de descarga

32 Exemplos Registro de pressão

33 Desenho de instalações hidráulicas

34 Desenho de instalações Hidráulicas - exemplos

35 Desenho de instalações Hidráulicas - exemplos

36 Desenho de instalações Hidráulicas - exemplos

37 Desenho de instalações Hidráulicas - exemplos

38 Desenho de instalações Hidráulicas - exemplos


Carregar ppt "Noções sobre o sistema de abastecimento de água residencial. Desenho de Instalações Hidráulicas. (Hélio Creder)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google