A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Importância da Logística no Crescimento Sustentado da Produção Industrial Brasileira Omar Silva Jr. Presidente ANUT.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Importância da Logística no Crescimento Sustentado da Produção Industrial Brasileira Omar Silva Jr. Presidente ANUT."— Transcrição da apresentação:

1 A Importância da Logística no Crescimento Sustentado da Produção Industrial Brasileira Omar Silva Jr. Presidente ANUT

2 APRESENTAÇÃO DA ANUT A ANUT – Associação Nacional dos Usuários do Transporte de Carga é uma entidade associativa que congrega confederações e empresas industriais, agrícolas e comerciais de diversos conjuntos setoriais que são usuárias relevantes do transporte de carga. ASSOCIADAS EMPRESAS : Produtos Siderúrgicos ACESITA AÇOMINAS AÇOS VILLARES BARRA MANSA BELGO – MINEIRA COSIPA CSN CST GERDAU USIMINAS V & M DO BRASIL VEGA DO SULFerro-Gusa COSIPAR MINAS METAIS Cimento e Argamassas Cimento e Argamassas GRUPO HOLCIM ITABIRA AGRO INDUSTRIAL SOEICOM VOTORANTIM CIMENTO Grãos e Alimentos ADM DO BRASIL BUNGE ALIMENTOSFertilizantes BUNGE FERTILIZANTES ULTRAFÉRTIL COPEBRÁS Químicos e Derivados de Petróleo BRASKEM CARBOCLORO DETEN QUÍMICA POLITENO Madeira, Papel e Celulose VOTORANTIM CELULOSE E PAPEL CELULOSE NIPO- BRASILEIRACONFEDERAÇÕES: CNC CNIAFILIADAS: AEB AÇÃO EMPRESARIAL

3 CENÁRIO ECONÔMICO DA INDÚSTRIA Manutenção do crescimento geral da indústria desde 1999: 17 % acumulado até 2003 Forte crescimento das exportações com previsão de atingir 15 % do PIB em 2004, no valor de U$ 85 Bilhões e com participação majoritária de produtos manufaturados Açúcar - Previsão de exportação safra 2004/05: 16,2milhões ton, 15% acima do ciclo anterior. Laranja - Exportações da safra 2003/04 previsão de 1,2 milhão ton., enquanto a safra 2002/03 foi de 1,08 milhão ton. Algodão - Em 2004 previsto embarque total de 560 mil ton., 40% mais que em Meta de 2006 é embarcar 600 mil ton. Siderurgia - Em 2004, a produção chegará a 32,3 milhões de ton. crescimento de 4% sobre 2003 e, com 16,7 milhões vendidos internamente, demanda interna 8,9% maior.

4 Fonte: Jornal Valor 31/05/04 Em Tocantins, Consumo de energia na indústria aumentou 39% e no campo aumentou 34% No noroeste paulista o consumo de energia na indústria aumentou 6% e no campo aumentou 8% No interior paulista, o consumo de energia cresceu 3%, enquanto na capital houve queda de 3,6%. Na Grande São Paulo, de Jan - Abr, a arrecadação de ICMS subiu 4,9%, no interior paulista 12,8% No Pará, o Consumo de energia cresceu na industria 10% e no campo 16,6% No Mato Grosso, o consumo de energia cresceu na industria 9,5% e no campo 22,7%. O emprego formal aumentou 6,9% até abril/04 No Mato Grosso, o consumo de energia cresceu na industria 9,5% e no campo 22,7%. O emprego formal aumentou 6,9% até abril/04 Rondonópolis (MT) é a 10ºcidade com maior venda de caminhões no país

5 TENDÊNCIAS NA LOGÍSTICA ALIANÇAS COM FORNECEDORES E CLIENTES Compartilhamento de Riscos Envolvimento nas atividades logísticas dos Fornecedores e Clientes >>> Compartilhamento da Gestão Logística TERCEIRIZAÇÃO Os Transportadores tendem a se converter em Operadores Logísticos dos clientes >> Os serviços de Operadores Logísticos cresceram 30% no último ano MUDANÇA NA MATRIZ DE TRANSPORTE com aumento de demanda da ferrovia, dado o maior e crescente quantidade de carga a transportar e o menor custo do frete

6 A importância da Logística pode ser constatada pelo seu crescimento acima do PIB Indexador: 1970 = 100 Fonte: Anuário Estatístico do Brasil, IBGE Transportes PIB Exemplo do TRANSPORTE - Evolução do volume transportado maior que o PIB

7 0 0,2 0,4 0,6 0,8 1 1,2 1,4 1,6 1, (1) (2) Investimentos em Transportes / PIB (%) (%) (1) Investimentos durante a vigência do Fundo Rodoviário Nacional (FRN) (2) Investimentos após a extinção do Fundo Rodoviário Nacional (FRN) Fonte: Revista Transporte Moderno Em compensação os Investimentos em Transporte estão cada vez menores

8 PARTICIPAÇÃO DOS MODAIS DE TRANSPORTE DE CARGA % PARTICIPAÇÃO DOS MODAIS DE TRANSPORTE DE CARGA % Permanece quase inalterada há mais de 20 anos

9 CRESCIMENTO DO TRANSPORTE RODOVIÁRIO X RODOVIAS PAVIMENTADAS Ano CargaRodovia Asfaltada Bi t.kmCrescimento1.000 kmCrescimento %13956% %1657%

10 RODOVIAS BRASILEIRAS Fonte : CNT- Pesquisa rodoviária 2003

11 CRESCIMENTO DO TRANSITO FERROVIÁRIO X VIA PERMANENTE Ano CargaVia Permanente Bi t.kmCrescimento1.000 kmCrescimento %303% %29-7% Cargas Concentradas no: Minério de Ferro – 65% Produtos Siderúrgicos e Carvão – 13% Grãos e Fertilizantes – 11% Outros Granéis – 11%

12 Ferrovias Brasileiras Fonte:Ministérios dos transportes

13 PANORAMA DO SISTEMA DE TRANSPORTE BRASILEIRO

14 Disponibilidade de infra-estrutura de transporte * por mil quilômetros quadrados de área do território nacional Fonte: Relatório COPPEAD/UFRJ

15 EUA BRA Densidade de ferroviaKm/1000km 3 Fonte: Relatório COPPEAD/UFRJ

16 Predomínio da rodovia em país -continente Participação dos modais no mundo tonelada x quilômetro útil Fonte: Relatório COPPEAD/UFRJ

17 Insegurança nas vias Fonte: Relatório COPPEAD/UFRJ

18 Baixa disponibilidade de navios na cabotagem de contêineres

19 Baixa competitividade da cabotagem

20 Deficiência dos portos brasileiros Em 2004, as empresas vão pagar cerca de US$ 1,2 bilhão em multas por atraso no embarque e desembarque de mercadorias nos portos brasileiros. Média brasileira de demurrage: –22 dias por ano na época da safra –10 dias por ano na entressafra Cada dia parado: –Em 2004: US$50mil* –Em 2003: US$15mil * Demanda China Fonte: Jornal Valor 14,15 e 16/05/04 Fonte: Jornal Valor 14,15 e 16 de maio de 2004

21 Baixa confiabilidade e Baixa Produtividade Uso Inadequado e Falta de Integração dos Modais Elevado Número de Acidentes Roubo de Carga Excesso de Estoque Cerca de R$118 bilhões de excesso de estoque são mantidos ao longo das cadeias produtivas como forma de se proteger das ineficiências do transporte. Gasto Elevado de Combustíveis Elevado nível de desperdício QUALIDADE DO TRANSPORTE 5 Bilhões de Dólares

22 Crescimento do volume de carga transportada: - Siderurgia crescerá em 18 Mi t, em cima das atuais 100 Mi t anuais transportadas >>> 18% - Setor de grãos e fertilizantes crescerá 24 Mi t em cima das atuais 176 Mi t anuais >>> 14% O sistema ferroviário dificilmente terá capacidade de absorver tal crescimento É muito provável que o modal rodoviário não consiga absorver o aumento do excedente de carga que surgirá na ferrovia Nos portos somente as exportações agrícolas necessitarão de 21 Milhões de toneladas de capacidade adicional de movimentação de carga PREVISÃO PARA 2007

23 PPA 2004/07 e ORÇAMENTO 2004 Notas: (1) Incluídos os Orçamentos das Estatais (2) Sem contar com os Investimentos das Concessionárias Privadas PPA 376, ,0 618,0 5, ,6129,0Portos 15,1818,4 123,5Hidrovias 12, ,91.536,3Rodovias 1, ,8 45,0 Ferrovias (2) % Orç / PPA PPP/BNDES Orçamento 2004 (1) MODAIS R$ Milhões Total TOTAL1.833, , ,00

24 MÉDIO PRAZO 2005/2007 Investimentos complementares da ordem de R$ 7 Bi em portos, hidrovias, rodovias e ferrovias para permitir a ampliação da capacidade do sistema e melhorar o equilíbrio da matriz de transporte IMPASSE LOGÍSTICO PROPOSTAS PARA EVITÁ-LO PROPOSTAS PARA EVITÁ-LOINVESTIMENTOS BIÊNIO 2004/2005 Obras Emergenciais nas Rodovias – R$ 5,5 Bi Gargalos nas Ferrovias – R$ 2,5 Bi Orçamento 2004 – Concretizar a aplicação de R$1,834 Bi previsto Orçamento 2005 – Elevar a dotação do Ministério dos Transportes para cerca de R$ 6 Bi

25 IMPASSE LOGÍSTICO PROPOSTAS PARA EVITÁ-LO AGENDA CUSTO ZERO Medidas Institucionais / Fortalecimento da Regulação FERROVIAS Obrigações de investimentos das concessionárias / Funcionamento sistêmico das malhas / Revisão das metas de produção Fomento do aumento da oferta de material rodante RODOVIAS Melhoria da qualidade do transporte rodoviário / Apoio ao Projeto ANUT – NTC Implantação de programa eficaz para a Renovação da Frota de Caminhões Medidas para garantia da segurança nas estradas

26 IMPASSE LOGÍSTICO PROPOSTAS PARA EVITÁ-LO AGENDA CUSTO ZERO Medidas Institucionais / Fortalecimento da Regulação HIDROVIAS Remoção de entraves jurídicos e burocráticos para plena operação das vias existentes PORTOS Prosseguir com o Processo de Implementação da Lei 8.630/93 CABOTAGEM Fomento para a sua Dinamização

27 IMPASSE LOGÍSTICO PROPOSTAS PARA EVITÁ-LO AGENDA CUSTO ZERO Medidas Institucionais / Fortalecimento da Regulação TRANSPORTE MULTIMODAL Efetiva Implantação SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DE TRANSPORTES Revitalização das Bases de Dados, congeladas depois da extinção do GEIPOT e ampliação do uso da Tecnologia de Informação


Carregar ppt "A Importância da Logística no Crescimento Sustentado da Produção Industrial Brasileira Omar Silva Jr. Presidente ANUT."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google