A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

QUALIDADE DE AÇOS PARA POWERTRAIN Carlos A. Briganti Dorival Munhoz Jr. São Paulo, 26 de Maio de 2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "QUALIDADE DE AÇOS PARA POWERTRAIN Carlos A. Briganti Dorival Munhoz Jr. São Paulo, 26 de Maio de 2009."— Transcrição da apresentação:

1 QUALIDADE DE AÇOS PARA POWERTRAIN Carlos A. Briganti Dorival Munhoz Jr. São Paulo, 26 de Maio de 2009

2 1. ESCOPO: Aços para Powertrain Aços baixa liga, em barras - Aços Cr/Mn ou Ni/Cr/Mo % - Aços Ni/Cr/Mo % - Aços Ni/Cr/Mo % Principais componentes: - Engrenagens; eixos; rolamentos Processo típico: forjamento, usinagem, tratamento térmico Requisitos dos produtos: esforços alternados de flexão, torção, impacto e contato

3 EVOLUÇÃO DA QUALIDADE DOS COMPONENTES PARA POWERTRAIN SISTEMA: - Evolução de Inspeção para Qualidade Assegurada - Adequação principais certificações: ISO 9001, ISO-TS Melhores Praticas de Gestão - PNQ DESENVOLVIMENTO TECNOLOGICO: - Processo de fabricação - Desempenho do Produto

4 FABRICAÇÃO DE COMPONENTES PARA POWERTRAIN CONFORMAÇÃO TRATAMENTO TÉRMICO PÓS- CONFORMAÇÃO USINAGEM TRATAMENTO TÉRMICO OPERAÇÕES PÓS TRAT. TÉRMICO

5 Near net shape Resfriamento controlado pós forjamento Dimensional Acabamento Temperabilidade Inclusões (micro/macro) Composição química Temperabilidade restrita Curva temperabilidade Tamanho de grão OPERAÇÃOEVOLUÇÃOIMPACTO NOS REQUISITOS DE QUALIDADE DO AÇO Evolução Tecnológica vs Qualidade do Aço CONFORMAÇÃO Forjamento a quente Forjamento a frio TRATAMENTO TÉRMICO – PÓS FORJAMENTO Normalização Recozimento

6 Evolução Tecnológica vs Qualidade do Aço Severidade da remoção de material Dry cutting Microestrutura Inclusões (micro/macro ) OPERAÇÃOEVOLUÇÃOIMPACTO NOS REQUISITOS DE QUALIDADE DO AÇO USINAGEM Torneamento Fresamento Furação, etc.

7 Low pressure carburizing – LPC Plasma carburizing Controle das distorções Controle da velocidade de resfriamento Controle automático de atmosfera Controle microestrutural Temperabilidade restrita Curva de temperabilidade Balanço elementos de liga (Si,Cr, Mn vs Ni,Mo) Compromisso entre Design e especificação do aço Evolução Tecnológica vs Qualidade do Aço OPERAÇÃOEVOLUÇÃOIMPACTO NOS REQUISITOS DE QUALIDADE DO AÇO TRATAMENTO TÉRMICO Cementação / Carbonitretação

8 Redução na remoção de material Ferramentas CBN Desempenamento automático Tensões residuais como parâmetro de projeto Controle efetivo das tensões residuais Temperabilidade restrita Curva de temperabilidade Composição química restrita % Austenita retida Microestrutura do núcleo Balanço dos el. liga Balanço dos el. de liga % Austenita retida Sequência transformação casca/nucleo OPERAÇÃOEVOLUÇÃOIMPACTO NOS REQUISITOS DE QUALIDADE DO AÇO Evolução Tecnológica vs Qualidade do Aço OPERAÇÕES PÓS TRAT. TÉRMICO (1) DIMENSIONAL Retífica Honing Desempenamento OPERAÇÕES PÓS TRAT. TÉRMICO (2) DESEMPENHO DO PRODUTO Shot Peening Roleteamento

9 EXPECTATIVA DOS CLIENTES DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO CONJUNTO: Padronização Redução de custo Estratégia para uso de elementos de liga - Disponibilidade; - Impactos políticos / regionais Antecipar necessidades p/ novos materiais

10 DESAFIOS 1.COMPETITIVIDADE (Custos, inovação tecnológica) 2.EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA DO POWERTRAIN 3.CONSOLIDAÇÃO DA INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA 4.ACELERAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO DA TECNOLOGIA

11 QUALIDADE DE AÇOS PARA POWERTRAIN OBRIGADO!


Carregar ppt "QUALIDADE DE AÇOS PARA POWERTRAIN Carlos A. Briganti Dorival Munhoz Jr. São Paulo, 26 de Maio de 2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google