A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Gedeon J Lidório Jr. I CRÔNICAS 12.32... dos filhos de Issacar, conhecedores da época, para saberem o que Israel devia fazer, duzentos chefes e.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Gedeon J Lidório Jr. I CRÔNICAS 12.32... dos filhos de Issacar, conhecedores da época, para saberem o que Israel devia fazer, duzentos chefes e."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Gedeon J Lidório Jr

2 I CRÔNICAS dos filhos de Issacar, conhecedores da época, para saberem o que Israel devia fazer, duzentos chefes e todos os seus irmãos sob suas ordens.

3 O Perfil daquele que planta igrejas tem a ver com 1.Sua integridade com Deus 2.A Missão 3.E o povo A ênfase não é na METODOLOGIA e sim num CORAÇÃO que obedece a DEUS O trabalho pode crescer, mas somente glorificará a Deus se tudo for feito com INTEGRIDADE DESENVOLVIMENTO DO PERFIL DE PLANTADORES DE IGREJA

4 As cinco características principais de quem planta igrejas: Forte convicção do chamado – a certeza de que está ali porque o Senhor quer e o convocou para o serviço. Integridade – para com o Senhor, aqueles com quem trabalha e as pessoas com quem conviverá. Espírito ensinável – disposição e humildade para ouvir, ponderar, aprender, fazer escolhas sinceras e ensinar. Ardor evangelístico – desejo de fazer Jesus conhecido e com iniciativa para tal. Temor ao Senhor - relaciona-se com Deus como servo disposto a servir. DESENVOLVIMENTO DO PERFIL DE PLANTADORES DE IGREJA

5 Suas principais estratégias foram: 1.Introduzir na sociedade local a partir de uma pessoa receptiva; 2.Identificar ali o melhor ambiente para a pregação do Evangelho; 3.Evangelizar de forma abundante e intencional; 4.Expor a Palavra de forma inteligível e aplicável a quem ouve; 5.Testemunhar do que Cristo fez em sua vida; 6.Incorporar rapidamente novos convertidos à vida da igreja; 7.Não se distanciar das igrejas plantadas, visitando, comunicando, pregando; 8.Identificar líderes em potencial e investir neles; 9.Orar pelos irmãos, pelas igrejas e pelos que ainda não tem Cristo; 10.Administrar críticas e competitividade para não sair do foco evangelístico; 11.Utilizar a força leiga e local para o enraizamento e serviço da Igreja; 12.Investir no ardor missionário e responsabilidade evangelística das Igrejas. MODELO PAULINO DE PLANTIO DE IGREJAS

6 40 milhões de evangélicos 15 a 20 milhões de sem igreja (desviados, quem não frequenta mais igreja, etc)

7 Muitas igrejas em cidades pequenas Sem estrutura Sem condições financeiras Acabam não crescendo Não influenciando mais

8 Nossas igrejas são do século passado Vivem numa época que não existe mais Vivem um evangelho que não faz sentido pra ninguém Estamos inchados (mais de 80%)

9 O mundo mudou O Brasil mudou As necessidades mudaram Queremos viver o evangelho do mesmo jeito E sua EMPRESA? Seu emprego? Você é empresário ou tem seu emprego nas técnicas passadas?

10 Igrejas não são plantadas no Gabinete pastoral, em centro de reflexão sobre missões e muito menos são plantadas na própria IGREJA Igrejas são plantadas na RUA

11 Igreja não é lugar de quem não se encontrou com Cristo Igreja não é o lugar de evangelização Igreja é lugar de comunhão A evangelização deve acontecer fora

12 A igreja não deve ser medida pelo seu TAMANHO Nem deve ser medida pelo seu TEMPLO Nem pela sua condição financeira

13 Há dois fatores para medirmos a Igreja: 1. Seu ardor missionário 2. Quantos estão sendo treinados na Igreja para serem líderes


Carregar ppt "Prof. Gedeon J Lidório Jr. I CRÔNICAS 12.32... dos filhos de Issacar, conhecedores da época, para saberem o que Israel devia fazer, duzentos chefes e."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google