A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A IMPORTÂNCIA DO INVESTIMENTO ESTRATÉGICO EM EDUCAÇÃO PARA A SEGURANÇA DE AVIAÇÃO Prof. Donizeti de Andrade, Ph.D. Estrutura da Segurança de Aviação, Mundo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A IMPORTÂNCIA DO INVESTIMENTO ESTRATÉGICO EM EDUCAÇÃO PARA A SEGURANÇA DE AVIAÇÃO Prof. Donizeti de Andrade, Ph.D. Estrutura da Segurança de Aviação, Mundo."— Transcrição da apresentação:

1 A IMPORTÂNCIA DO INVESTIMENTO ESTRATÉGICO EM EDUCAÇÃO PARA A SEGURANÇA DE AVIAÇÃO Prof. Donizeti de Andrade, Ph.D. Estrutura da Segurança de Aviação, Mundo Primeiras iniciativas Necessidade de uma organização responsável por assegurar que a atividade aérea se realize dentro de níveis de segurança de vôo coerentes com a tecnologia disponível e com a operação; 1926 Department of Commerce (EUA); 1938 Civil Aeronautics Authority (EUA); 1944 Convenção de Chicago. Fonte: Cavali, S.G.M. Notas de Aula, Certificação Aeronáutica PE-Safety ITA, 2007 SIMPÓSIO INTERNACIONAL LATINO-AMERICANO DE SEGURANÇA DE VÔO DE HELICÓPTEROS

2 A IMPORTÂNCIA DO INVESTIMENTO ESTRATÉGICO EM EDUCAÇÃO PARA A SEGURANÇA DE AVIAÇÃO Prof. Donizeti de Andrade, Ph.D. CONVENÇÃO DE VARSÓVIA Convenção internacional que regula a responsabilidade sobre o transporte por via aérea de: pessoas, bagagens e cargas. Foi originalmente assinada em 1929 em Varsóvia (daí o nome da Convenção), e emendada em 1955 em Haia e em 1975 em Montreal. Em particular, a Convenção de Varsóvia: Obriga empresas a emitirem bilhetes de passagem (ou contrato similar); Requer que toda companhia emita recibo (ticket) de bagagem para bagagem embarcada; e Limita a responsabilidade das companhias aéreas. Fonte: Curcio Neto, G. Notas de Aula, Segurança de Vôo PE-Safety ITA, 2007 Estrutura da Segurança de Aviação, Mundo SIMPÓSIO INTERNACIONAL LATINO-AMERICANO DE SEGURANÇA DE VÔO DE HELICÓPTEROS

3 A IMPORTÂNCIA DO INVESTIMENTO ESTRATÉGICO EM EDUCAÇÃO PARA A SEGURANÇA DE AVIAÇÃO Prof. Donizeti de Andrade, Ph.D. A Convenção de Aviação Civil Internacional (também conhecida como Convenção de Chicago), foi assinada em 7 de dezembro de 1944 por 52 Estados. Faltando a ratificação da Convenção por 26 Estados, foi inicialmente criado o Provisional International Civil Aviation Organization (PICAO), funcionando de 6 de junho de 1945 até 4 de abril de 1947, quando a ICAO foi finalmente estabelecida. Preâmbulo Considerando que o desenvolvimento futuro da aviação civil internacional pode contribuir poderosamente para criar e conservar a amizade e a compreensão entre as nações e os povos do mundo, mas que seu abuso pode transformar-se em ameaça ou perigo para a segurança geral, e Considerando que é aconselhável evitar todo atrito ou desinteligência e estimular entre as nações e os povos a cooperação da qual depende a paz do mundo; Os Governos abaixo assinados tendo concordado em certos princípios e entendimentos para que a aviação civil internacional se desenvolva de maneira segura e sistemática, e que os serviços de transporte aéreo internacional, se estabeleçam numa base de igualdade de oportunidades, funcionem eficaz e economicamente, concluem a presente Convenção com este objetivo. CONVENÇÃO DE CHICAGO Fonte: Curcio Neto, G. Notas de Aula, Segurança de Vôo PE-Safety ITA, 2007 Estrutura da Segurança de Aviação, Mundo SIMPÓSIO INTERNACIONAL LATINO-AMERICANO DE SEGURANÇA DE VÔO DE HELICÓPTEROS

4 A IMPORTÂNCIA DO INVESTIMENTO ESTRATÉGICO EM EDUCAÇÃO PARA A SEGURANÇA DE AVIAÇÃO Prof. Donizeti de Andrade, Ph.D. Annex 1 – Personnel Licensing Annex 2 – Rules of the Air. Annex 3 - Meteorological Service for International Air Navigation. Annex 4 – Aeronautical Charts. Annex 5 – Units of Measurement to be used in Air and Ground Operations. Annex 6 – Operation of Aircraft. Annex 7 – Aircraft Nationality and Registration Marks. Annex 8 – Airworthiness of Aircraft. Annex 9 – Facilitation. Annex 10 – Aeronautical Telecommunications. Annex 11 – Air Traffic Services. Annex 12 – Search and Rescue. Annex 13 – Aircraft Accident Investigation Annex 14 – Aerodromes. Annex 15 – Aeronautical Information Services. Annex 16 – Environmental Protection Annex 17 – Security – Safeguarding International Civil Aviation against Acts of Unlawful Interference. Annex 18 – The Safe Transport of Dangerous Goods By Air Anexos à Convenção de Chicago Fonte: Curcio Neto, G. Notas de Aula, Segurança de Vôo PE-Safety ITA, 2007 Estrutura da Segurança de Aviação, Mundo SIMPÓSIO INTERNACIONAL LATINO-AMERICANO DE SEGURANÇA DE VÔO DE HELICÓPTEROS

5 A IMPORTÂNCIA DO INVESTIMENTO ESTRATÉGICO EM EDUCAÇÃO PARA A SEGURANÇA DE AVIAÇÃO Prof. Donizeti de Andrade, Ph.D. Argentina Junta de Investigaciones de Accidentes de Aviación Civil (JIAAC)Junta de Investigaciones de Accidentes de Aviación Civil (JIAAC) Australia ATSB Australian Transporation Safety BureauATSB Australian Transporation Safety Bureau Austria Flugunfalluntersuchungsstelle (FUS)Flugunfalluntersuchungsstelle (FUS) Brazil Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA)Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) Canada Transportation Safety Board (TSB)Transportation Safety Board (TSB) Chile DGAC Chile, Departamento Investigación de Accidentes e Infracciones AeronáuticasDGAC Chile, Departamento Investigación de Accidentes e Infracciones Aeronáuticas Czech Rep Air Accidents Investigation InstituteAir Accidents Investigation Institute Denmark Havarikommissionen for Civil Luftfart / Aircraft Accident Investigation BoardHavarikommissionen for Civil Luftfart / Aircraft Accident Investigation Board Ecuador Dirección General de Aviación CivilDirección General de Aviación Civil Finland Onnettomuustutkintakeskus - Accident Investigation Board FinlandOnnettomuustutkintakeskus - Accident Investigation Board Finland France Bureau Enquêtes-AccidentsBureau Enquêtes-Accidents Germany Bundesstelle für Flugunfalluntersuchung BFUBundesstelle für Flugunfalluntersuchung BFU Hungary Civil Aviation Safety BoardCivil Aviation Safety Board Iceland Rannsóknarnefnd flugslysa (RNF)Rannsóknarnefnd flugslysa (RNF) Indonesia NTSC, Air Accident Investigation Commission (AAIC)NTSC, Air Accident Investigation Commission (AAIC) Aircraft Investigation Safety Boards Fonte: Curcio Neto, G. Notas de Aula, Segurança de Vôo PE-Safety ITA, 2007 Estrutura da Segurança de Aviação, Mundo SIMPÓSIO INTERNACIONAL LATINO-AMERICANO DE SEGURANÇA DE VÔO DE HELICÓPTEROS

6 A IMPORTÂNCIA DO INVESTIMENTO ESTRATÉGICO EM EDUCAÇÃO PARA A SEGURANÇA DE AVIAÇÃO Prof. Donizeti de Andrade, Ph.D. Aircraft Investigation Safety Boards Ireland Air Accident Investigation Unit (AAIU)Air Accident Investigation Unit (AAIU) Italy Agenzia Nazionale per la Sicurezza del Volo (ANSV)Agenzia Nazionale per la Sicurezza del Volo (ANSV) Japan Aircraft and Railway Accidents Investigation Commission (ARIAC)Aircraft and Railway Accidents Investigation Commission (ARIAC) Korea Korea Transportation Safety Authority (KoTSA)Korea Transportation Safety Authority (KoTSA) Netherlands Onderzoeksraad voor VeiligheidOnderzoeksraad voor Veiligheid New Zealand Transport Accident Investigation CommissionTransport Accident Investigation Commission Norway Havarikommisjonen for Sivil Luftfart og Jernbane (HSLB)Havarikommisjonen for Sivil Luftfart og Jernbane (HSLB) Russia MAK Interstate Aviation Committee (IAC)MAK Interstate Aviation Committee (IAC) Singapore Air Accident Investigation Bureau (AAIB)Air Accident Investigation Bureau (AAIB) Spain Comisión de Investigación de Accidentes e Incidentes de Aviación CivilComisión de Investigación de Accidentes e Incidentes de Aviación Civil Sweden Statens HaverikommissionStatens Haverikommission Switzerland Büro für Flugunfalluntersuchungen (BFU)Büro für Flugunfalluntersuchungen (BFU) Taiwan Aviation Safety Council (ASC)Aviation Safety Council (ASC) United Kingdom Air Accident Investigation Board (AAIB)Air Accident Investigation Board (AAIB) United States National Transportation Safety Board (NTSB)National Transportation Safety Board (NTSB) Fonte: Curcio Neto, G. Notas de Aula, Segurança de Vôo PE-Safety ITA, 2007 Estrutura da Segurança de Aviação, Mundo SIMPÓSIO INTERNACIONAL LATINO-AMERICANO DE SEGURANÇA DE VÔO DE HELICÓPTEROS

7 A IMPORTÂNCIA DO INVESTIMENTO ESTRATÉGICO EM EDUCAÇÃO PARA A SEGURANÇA DE AVIAÇÃO Prof. Donizeti de Andrade, Ph.D. USA (1976) + IP (2004) + IP (2004) Chile (1995) Ecuador (2005) China (2000) + IP (2000) + IP (2000) Japan (2001) Bilateral Agreement Protocol of Understanding Memorandum of Understanding Arrangements Implementation Procedures Germany (1987) France (2001) Lithuania (2003) Spain (1995) + Eurocopter (2001) Macedonia (2003) Belgium (1995) + Embraer (2001) Malta (2003) JAA (1997) Bulgaria (2003) Norway (2003) Russia/CIS (1997) Croatia (2003) Poland (2003) + IP (1998) Czech Rep (2003) Romania (2003) + IP (1998) Czech Rep (2003) Romania (2003) Italy (2000) Estonia (2003) Slovakia (2003) + IP (2000) Hungary (2003) Turkey (2003) + IP (2000) Hungary (2003) Turkey (2003) Iceland (2003) EASA (2004) Iceland (2003) EASA (2004) ACORDOS BILATERAIS CELEBRADOS PELA AUTORIDADE DA AVIAÇÃO CIVIL BRASILEIRA Fonte: Curcio Neto, G. Notas de Aula, Segurança de Vôo PE-Safety ITA, 2007 Estrutura da Segurança de Aviação, Mundo SIMPÓSIO INTERNACIONAL LATINO-AMERICANO DE SEGURANÇA DE VÔO DE HELICÓPTEROS

8 A IMPORTÂNCIA DO INVESTIMENTO ESTRATÉGICO EM EDUCAÇÃO PARA A SEGURANÇA DE AVIAÇÃO Prof. Donizeti de Andrade, Ph.D. Estrutura da Segurança de Aviação, Mundo SIMPÓSIO INTERNACIONAL LATINO-AMERICANO DE SEGURANÇA DE VÔO DE HELICÓPTEROS Estrutura Legal Acordos Bilaterais CBAer, 1986 Código Brasileiro de Aeronáutica NSCA / RBHA / DCA / Outros... Anexos ICAO MUNDIALMUNDIAL GOVERNO SISTEMA INTERNACIONALINTERNACIONAL Fonte: Curcio Neto, G. Notas de Aula, Segurança de Vôo PE-Safety ITA, 2007


Carregar ppt "A IMPORTÂNCIA DO INVESTIMENTO ESTRATÉGICO EM EDUCAÇÃO PARA A SEGURANÇA DE AVIAÇÃO Prof. Donizeti de Andrade, Ph.D. Estrutura da Segurança de Aviação, Mundo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google