A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O PROJETO A relevância da mulher brasileira! Desenvolvimento das obras, montagem e circulação da exposição fotográfica Brasil Feminino, sobre as mais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O PROJETO A relevância da mulher brasileira! Desenvolvimento das obras, montagem e circulação da exposição fotográfica Brasil Feminino, sobre as mais."— Transcrição da apresentação:

1

2 O PROJETO A relevância da mulher brasileira! Desenvolvimento das obras, montagem e circulação da exposição fotográfica Brasil Feminino, sobre as mais importantes figuras e momentos da mulher na história do país. Da monarquia a república, navegando pela arte, a saúde, a política, a religião, até os dias atuais, através de um retrato criativo, sobre acontecimentos reais, dessas que foram fundamentais para o desenvolvimento da mulher brasileira. Personalidades femininas que tiveram destaque na história brasileira serão retratadas, mulheres das quais já ouvimos falar e outras desconhecidas pela grande maioria da população, como Clara Camarão que, no século XVII lutou contra a invasão holandesa, Felipa de Souza, reconhecida internacionalmente graças ao Felipa de Souza Award, prêmio de direitos humanos dos homossexuais e Ada Rogato, primeira aviadora do mundo a percorrer as três Américas.

3 OBJETIVOS Além do desenvolvimento de arte visual baseada na importância da mulher brasileira e suas representantes, o projeto visa evidenciar os feitos que resultaram em mudanças significativas para todas as gerações de mulheres na história brasileira, homenagear suas conquistas e principais representantes, e conseqüentemente, todas as mulheres. Realizar a montagem e circulação de exposição em cidades do interior paulista, buscando despertar o interesse público para a cultura visual e estimular o público feminino através de uma viagem fotográfica que reconhece sua importância na sociedade antiga e atual. Desenvolver a consciência social da população, fazendo chegar a ela informações importantes sobre momentos que fizeram do Brasil o país de hoje e que colocaram a mulher brasileira muitas vezes a frente de seu tempo, auxiliando assim a evolução de debates fundamentais que transformaram a legislação nacional.

4 CONTRAPARTIDA SOCIAL A contrapartida social do projeto Brasil Feminino propõe esclarecer crianças e adolescente sobre quem foram essas importantes figuras femininas que transitaram e ajudaram a construir a história do Brasil e explicar sobre seus feitos e grandes momentos que, para a mulher, foram de vital importância. Para tornar a proposta mais atraente ao público alvo (crianças e adolescentes), será realizada uma aula especial que unirá informação e entretenimento, através da atuação de uma dupla de atrizes, responsáveis por transformar conhecimento em cultura e diversão, afim de facilitar a absorção por parte das crianças. As apresentações ocorrerão em escolas públicas, nos municípios que receberão a exposição.

5 CONTRAPARTIDA PARA O PATROCINADOR O patrocínio e/ou apoio cultural vem sendo cada vez mais utilizado por empresas e instituições. Esse aumento é principalmente justificado pelo aspecto social, focado na transformação dos públicos aos quais se destina, visando modificar a situação cultural nos municípios e estados, afim de atingir uma parcela cada vez maior da população nacional. Além de divulgar a cultura, promover e valorizar a arte regional, o patrocinador conta ainda com os benefícios fiscais, nesse caso, parte do valor do ICMS da empresa pode ser revertido para projetos culturais e esportivos. Dessa maneira, o valor investido em cultura é 100% abatido do valor do imposto a ser pago. Trata-se de uma maneira eficaz de contribuir com o desenvolvimento cultural, tendo a certeza de como, onde e porquê essa verba é investida. Para o patrocinador, trata-se da participação efetiva em um projeto sócio-cultural educacional de qualidade, através do qual sua empresa ou instituição permitem-se um relacionamento mais estreito com a comunidade e da divulgação e reconhecimento de sua marca, já que o retorno de imagem institucional, dentro do atual mercado competitivo, é um grande diferencial.

6 CONTRAPARTIDA PARA O PATROCINADOR -Inserção da logomarca do patrocinador em todo o material de divulgação do projeto. -Agradecimentos ao patrocinador em mídias (jornal, rádio, TV e internet) e veiculação da marca, através do link direto do patrocinador em site desenvolvido exclusiva e especialmente para o projeto. -Fortalecimento da marca do patrocinador como empresa preocupada com o desenvolvimento cultural e educacional do país. -Exposição especial na cidade onde a empresa se localiza. (Pode ou não ser realizada em ambiente particular da empresa) -Convites para vernissage. -Aula-espetáculo especial para crianças, realizada em espaço escolhido pelo patrocinador. -O patrocinador pode ter seus produtos vinculados e/ou utilizados na elaboração da exposição, desde a construção das obras até material promocional a ser distribuído, de acordo com a viabilidade da proposta e poderá ser desenvolvida com o departamento de marketing da empresa.

7 OUTRAS INFORMAÇÕES Serão realizadas, a princípio, exposições em espaços públicos, não comerciais, nas cidades de Amparo, São Carlos, Itu, Campinas, Araras e Cosmópolis, além de São João da Boa Vista e Capivari, na qual nasceram respectivamente, Patrícia Rehder Galvão, também conhecida como Pagu, que foi a primeira mulher a ser presa no país por motivos políticos e Tarsila do Amaral, famosa por sua participação na 1 a Semana de Arte Moderna e por seu quadro Abaporu. A exposição principal contará com 30 obras que, além de representar a essência da exposição, estarão também em material impresso que estará a disposição nos espaços de realização e o material impresso, composto de todas as obras produzidas ao longo do projeto, trará esclarecimentos sobre cada personalidade participante da exposição e cronologia dos acontecimentos mais importantes relacionados a mulher brasileira como, por exemplo, a data de autorização do governo para que as mulheres pudesse estudar em instituições de ensino superior (1879) ou a promulgação do voto eleitoral (1932).

8 BENEFÍCIO FISCAL O Programa de Ação Cultural e o Programa de Incentivo ao Esporte oferecem ao contribuinte do ICMS a oportunidade de patrocinar a produção artística e cultural de São Paulo, através do apoio financeiro a projetos credenciado pela Secretaria da Cultura do Estado, ou patrocinar projetos esportivos aprovados pela Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo do Estado de SP. Quem participar do programa poderá aproveitar-se de benefício fiscal, creditando-se de 100% do valor destinado ao patrocínio. O contribuinte interessado conta com o apoio de sistema especialmente desenvolvido pela Secretaria da Fazenda do Estado para facilitar a participação e imprimir transparência a todo o processo. 1.Fase de Credenciamento 2.Fase de Habilitação 3.Fase de Destinação dos Recursos 4.Fase de Escrituração do Incentivo Fiscal

9 BENEFÍCIO FISCAL 1. Fase de Credenciamento O credenciamento é feito acessando-se o sistema PAC/PIE, através do link do Posto Fiscal Eletrônico(http://pfe.fazenda.sp.gov.br). O acesso ao PAC é feito utilizando-se a senha de um contribuinte ativo da empresa, não podendo ser utilizada a senha de contabilista.http://pfe.fazenda.sp.gov.br 2. Fase de Habilitação Nesta etapa, ocorre a decisão da Secretaria da Fazenda sobre o pedido de credenciamento. Os pedidos são processados automaticamente todo início de mês e podem ser deferidos ou indeferidos de acordo com decisão da Secretaria da Fazenda, baseada em avaliações sobre o cumprimento de obrigações tributárias principal e acessórias pelo contribuinte. Também é necessário que o contribuinte esteja enquadrado no Regime Periódico de Apuração – RPA.Em caso de decisão favorável, o contribuinte estará habilitado a emitir boletos ATÉ O FINAL DO MÊS EM QUESTÃO.

10 BENEFÍCIO FISCAL 3. Fase de Destinação dos Recursos Nesta etapa, o contribuinte fará a consulta do valor máximo autorizado para ser utilizado como crédito de ICMS (benefício fiscal) a ser destinado para projetos credenciados. O contribuinte, se desejar, poderá destinar recursos a mais de um projeto, basta emitir os boletos bancários correspondentes. Importante: o somatório dos valores dos boletos pagos não poderá ser superior ao valor máximo autorizado para o mês de habilitação. Os limites liberados para patrocínio de projetos culturais e esportivos são independentes e não se comunicam. 4. Fase de Escrituração do Incentivo Fiscal Nesta etapa, o contribuinte fará o lançamento do crédito correspondente ao boleto que tenha sido pago até o último dia útil do mês da emissão. No mês de referência correspondente ao de emissão do boleto, o contribuinte lançará o crédito de ICMS, no quadro Crédito do Imposto – Outros Créditos do livro Registro de Apuração do ICMS – RAICMS. O crédito fica limitado ao menor dos seguintes valores: do boleto pago (ou somatório deles, se houver mais de um) ou do limite pré-estabelecido (valor máximo autorizado para o mês de habilitação). O crédito correspondente será identificado na GIA referente ao mês em que o boleto foi pago no agrupamento Crédito do Imposto - Outros Créditos, através dos códigos: (cultura) e (esportes)

11 DADOS DO PROJETO

12 CRONOGRAMA PROJETOBRASIL FEMININO PROPONENTEDébora Branco Mischiatti DATA DE INÍCIO DATA DE TÉRMINO ETAPASATIVIDADESINÍCIOFIM Captação Captação de Recursos Pré-Produção Pesquisa e Desenvolvimento Reunião com a equipe do projeto Pesquisa Bibliográfica Definição de Figurinos, Acessórios e Cenários Compra de material Produção e Execução Confecção de Materiais Figurinos Acessórios Cenários Ensaios Ensaios I e II Ensaios III e IV Ensaios V e VI Ensaio VII e VIII Ensaios IX e X Ensaios XI e XII Ensaios XIII e XIV Ensaios XV e XVI Ensaios XVII e XVIII Ensaios XIX e XX Seleção de Imagens Tratamento de Imagens Exposições Contrapartida Social Assessoria de Imprensa /Divulgação Projeto Gráfico Definição de Templates Criação do Material Gráfico Impressão - Material Informativo Impressão de Cartazes e Folhetos Distribuição - Material Informativo Distribuição Folhetos Assessoria e Produção Agendamentos - Apresentações Contatos Mídia AdministrativoControle das Despesas Prestação de Contas

13 SOBRE OS ENVOLVIDOS DÉBORA BRANCO - fotógrafa Formada em Roteiro e Jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi em São Paulo, nos anos de 2003 e 2005, escreveu para revistas com focos diferenciados como RPM Tunning e Sport Life. A identificação com a fotografia ocorreu durante o curso de jornalismo e, desde então, passou a dedicar exclusivamente a carreira. Seu portfólio inclui as fotografias dos espetáculos Balagan, Crossroad e Paraladibom, Euétheia, Tchu Tchu Tchu e Pedaços de Paraíso, para a Cia Paraladosanjos, além dos espetáculos Yo Si Tu No, dos artistas Mauro Braga e André Sabatino, Babel, e Posso Dançar pra Você?, da Cia Domínio Público e Fina Flor, Divino Amor, da bailarina Larissa Turtelli. Fotógrafa exclusiva dos grupos Laboratório ID, Lethal Fear e do espetáculo Delírico, do cantor Guga Costa, possui duas exposições em seu currículo, realizadas nas cidades de Campinas e Sumaré. Dedica-se atualmente a fotografia criativa. Seus próximos projetos incluem, além do projeto em questão, uma série de obras inspiradas no clássico O Mágico de Oz e o infantil Conte um Conto e Reconte.

14 SOBRE OS ENVOLVIDOS CAFÉ PINGUIM ATELIÊ DE IDEIAS E CULTURA – produtora cultural Café Pinguim Ateliê de Idéias e Cultura é uma empresa focada no desenvolvimento da cultura nacional. Formada por um núcleo interdisciplinar, oferece serviços de produção, marketing, fotografia, assessoria de imprensa, elaboração de projetos culturais e pedagógicos, revisão, edição e tradução de textos, além de possuir uma variedade de grupos e artistas de qualidade em seu portfólio. A maior preocupação da empresa encontra-se na construção e formação de público apreciador das diferentes manifestações artísticas, estimulando sua autonomia e livre escolha baseada em conhecimento e não em propagações midiáticas. Para isso conta com profissionais diretamente envolvidos não apenas com o meio cultural mas também pedagógico. Responsável pela produção dos projetos de gravação do DVD da Orquestra Tropical de Contrabaixos, bem como de sua recente turnê pela Argentina, de projetos aprovados pelo FICC (patrocínio cultural oferecido pela Prefeitura de Campinas) dos grupos Café Tango, Metalunfonia e Trompetando, gravação do CD do grupo Trombonaria, turnê SESI do grupo Sexteto Carlos Gomes e lançamento do CD do espetáculo delírico – o mundoceano, do cantor Guga Costa, em agosto de

15 CONTATO Débora Branco (19)


Carregar ppt "O PROJETO A relevância da mulher brasileira! Desenvolvimento das obras, montagem e circulação da exposição fotográfica Brasil Feminino, sobre as mais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google