A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Treinamento Básico Introdução. Compreende um método de gestão do sistemas de produção agrícola que leva em consideração a variabilidade espacial. Agricultura.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Treinamento Básico Introdução. Compreende um método de gestão do sistemas de produção agrícola que leva em consideração a variabilidade espacial. Agricultura."— Transcrição da apresentação:

1 Treinamento Básico Introdução

2 Compreende um método de gestão do sistemas de produção agrícola que leva em consideração a variabilidade espacial. Agricultura de Precisão

3 Princípios Básicos da AP Análise do soloAnálise do solo para busca das causas da variabilidade na produtividade Aplicação de fertilizantes à taxa variáveltaxa variável Plantio direcionado e/ou à taxas variáveis Acompanhamento de campoAcompanhamento de campo para monitoramento das possíveis causas da variabilidade Colheita com monitoramento da produtividade monitoramento da produtividade Geração de mapas de produtividade, histórico e comparativo histórico e comparativo

4 Agricultura de Precisão X Agricultura Convencional Não há consideração da variabilidade espacial do ambiente agrícola Considera a variabilidade espacial do ambiente agrícola Área total considerada heterogênea em fertilidade do solo Área total considerada homogênea em fertilidade do solo Recomendação variável do corretivo / fertilizante em toda área Recomendação constante do corretivo / fertilizante para toda a área Aplicação de insumos em uma única taxa para toda a área, independente da localização Aplicação de insumos realizada de forma localizada

5 Gerenciamento agrícola com AP Informações precisas com data, hora e local Controle do solo e maquinário Indicadores de resultado: = Informação em tempo real = Agilidade para mudar estratégias =Tomada de decisão Controle safra após safra = Gerenciamento Agrícola Gerenciamento Agrícola = Resultado financeiro

6 Seqüência histórica sobre sistemas de direcionamento agrícola Histórico

7 Sistemas de direcionamento agrícola Equipamento (s) utilizado (s) na mecanização agrícola com o objetivo de manter o alinhamento do conjunto trator- implemento durante a operação, realizando uma aplicação sem que haja falha ou sobreposição Definição

8 1- Antigamente...

9 2- Cabo de Aço Direcionamento constante?

10 3- Marcador de espuma

11 Pulverização Perdas? X Y

12 Aplicação de insumos sólidos! Maior dificuldade!

13 4- Barra de Luzes

14 AFS 5- Piloto Automático Características...

15 Erro médio com marcador de Espuma ,4 cm Erro médio com GPS e barra de luzes ,0 cm Erro médio com Piloto ,0 cm 1 – Avaliação da acurácia de uma barra de luz em relação ao marcador de espuma. Fabio H.R.Baio – ESALQ/USP (2000) 2 – Ensaio comparativo da acurácia no direcionamento em reta de máquina agrícola por barra de luz e Piloto (sinal autônomo). Msc. Fabio H. R. Baio – UNESP/Botucatu (2003). Pulverização com barra de luzesPulverização com piloto automático Ensaio comparativo

16 Satélites e GPS Global Positioning System – GPS (Sistema de Posicionamento Global) Características: Fornece informação precisa Em qualquer lugar no mundo

17 ComSem Arquivos de localização global Track Swath Coverage

18 Visualização do alinhamento Sulcação com GPS... Sulcação normal...

19 Quem pode usar o GPS? Controlado pelo Departamento de Defesa - EUA Uso gratuito no mundo inteiro Pago pelos contribuintes dos Estados Unidos

20 Fundada em 1978 Maior fabricante mundial de GPS Desenvolvimento e distribuição de sistemas de posicionamento e GPS Centros de fabricação e desenvolvimento de produto na California, Dayton, Suécia e Alemanha Centros de desenvolvimento de software na Nova Zelândia, Westminster, Corvallis e Munich Trimble

21 Propriedade e Operação do Departamento de Defesa dos Estados Unidos (civil e militar); Constituído de 24 satélites distribuídos em 6 diferentes órbitas; Km acima da superfície da Terra; 12 horas para dar uma volta completa; Trimble

22 Baseado no raio de ação dos satélites, descobrimos nossa posição medindo nossa distancia em relação a um grupo de satélites (referência); Os satélites enviam continuamente sinais contendo sua posição e uma medida de tempo; O tempo medido pelo receptor é convertido em distância entre a antena e cada satélite; Possuem emissores e receptores de ondas de rádio; GPS

23 Equipados com relógios atômicos de alta precisão, Atraso de 1 segundo a cada anos; GPS Os satélites podem enviar sinais em duas bandas: L1 e L2 (P); (Diferenciação!) Mas..., o sinal livre para civis é o CA (Serviço de Posicionamento Padrão), no máximo na freqüência L1; (Autônomo!) Autônomo resulta em acurácia de aproximadamente 5-10m!

24 Qual a solução encontrada para aumentar a precisão do GPS? Foi criado uma correção diferencial, chamado DGPS- Sistema de Posicionamento Global Diferencial Com essa correção, a precisão do sistema de GPS passa a ser submétrica DGPS

25 DGPS-Tipos de correção diferencial Correção via Satélite Correção por algoritmo Correção via banda de freqüência Correção via base

26 1- Correção via Satélite

27 Algoritmo Trimble: Cálculo patenteado Algoritmo é uma equação matemática que simula a correção Via Satélite 2- Correção Via Algoritmo

28 3 - Correção por Bandas de freqüência

29 4- Correção via base

30 Correção via base RTK 20 Km ~ =

31 GPS– Autônomo – 1000cm DGPS – Waas – 20cm OmniSTAR HP – 10 cm (5-8 cm passo a passo) RTK – 4 cm (4 cm passo a passo ) Com repetibilidade OmniSTAR XP - 16 cm (6-10 cm passo a passo) Comparativo em precisão com sinais pagos

32 GPS (até 10 m) DGPS (até 20 cm) Comparativo em escala de precisão

33 Tabela - Comparativo conforme correção Tipo do Sinal Tipo da Correção Precisão média (cm) Nome do Sinal Valor ($) Repet. Alg.

34 Aplicações dos tipos de sinais GPS DGPS Medidas grosseiras Grandes áreas Pulverizar Lavrar Cultivar / Espalhar Sulcar / Gotejamento / Plantar Colher / Fertilizantes / Verduras Citricultura / Florestais

35 Repetibilidade – Característica do sinal RTK

36 Receptor de sinal Rádio/GPS GPS x Rádio x Correção

37 3 Giroscópios e 3 Acelerômetros X, Y e Z Controle de Navegação Taxa de Atualização 50Hz

38 Tecnologia T3

39 Receptor de sinal Rádio/GPS Controle de Navegação Válvula Eletro- hidráulica Estação base GPS RTK Sensor de direção Funcionamento Monitor

40 Aumento da capacidade operacional (precisão 24 horas) Precisão do direcionamento independe da experiência do operador Acompanhamento detalhado da operação Benefícios

41 O sistema se comunica com a máquina (computador de bordo) Praticamente elimina pisoteio, falhas ou sobreposição durante as aplicações Medida precisa das áreas para cálculo dos custos de aplicação de insumos Trabalhos noturnos e/ou com pouca visibilidade Benefícios


Carregar ppt "Treinamento Básico Introdução. Compreende um método de gestão do sistemas de produção agrícola que leva em consideração a variabilidade espacial. Agricultura."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google