A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estudo do paradidático – 2ª etapa. Poemas : amor Humor 1) Por meio do poema lido, que crítica pode ser inferida em relação ao Romantismo?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estudo do paradidático – 2ª etapa. Poemas : amor Humor 1) Por meio do poema lido, que crítica pode ser inferida em relação ao Romantismo?"— Transcrição da apresentação:

1 Estudo do paradidático – 2ª etapa

2 Poemas : amor Humor 1) Por meio do poema lido, que crítica pode ser inferida em relação ao Romantismo?

3 brasil O Zé Pereira chegou de caravela E preguntou pro guarani de mata virgem -Sois cristão? -Não, Sou bravo, sou forte sou filho da morte Tetetê tetê Quizá Quizá Quecê! Lá de longe a onça resmungava Uu! Ua! uu! O negro zonzo saído da fornalha Tomou a palavra e respondeu -Sim pela graça de Deus Canhem Babá Canhem Babá Cum Cum! E fizeram o carnaval. 2) Explique o poema quanto à temática:

4 anacronismo O português ficou comovido de achar Um mundo inesperado nas águas E disse: Estados Unidos do Brasil. 3)Qual a crítica à história do Brasil pode ser depreendida no texto?

5 brinquedo Roda roda São Paulo Mando tiro tiro lá Da minha janela eu avistava Uma cidade pequena Pouca gente passava Nas ruas. Era uma pena Desceram das montanhas Carochinhas e pastoras Por dormir em meus olhos Me levaram pra abrolhos Os bondes da Light bateram Telefones na ciranda Os automóveis correram Em redor da varanda Roda roda São Paulo Mando tiro tiro lá Brinquedos de comadre Começaram pela vida Pela vida começaram Comadres e mexericos Roda roda São Paulo Mando tiro tiro lá Depois entrou no brinquedo Um menino grandão Foi o primeiro arranha-céu Que rodou no meu céu Do quintal eu avistei Casas torres e pontes Rodaram como gigantes Até que enfim parei Roda roda São Paulo Mando tiro tiro lá Hoje a roda cresceu Até que bateu no céu É gente grande que roda Mando tiro tiro lá 4) Qual a temática do poema lido?

6

7

8 meus oito anos Oh que saudades que eu tenho Da aurora de minha vida Das horas De minha infância Que os anos não trazem mais Naquele quintal de terra Da Rua de Santo Antônio Debaixo da bananeira Sem nenhum laranjais Eu tinha doces visões Da cocaína da infância Nos banhos de astro-rei Do quintal de minha ânsia A cidade progredia Em roda de minha casa Que os anos não trazem mais Debaixo da bananeira Sem nenhum laranjais" 5)Qual a relação intertextual entre o poema lido e o de Casimiro de Abreu, também denominado meus oito anos?

9 história pátria Lá vai uma barquinha carregada de ……………………………………Aventureiros Lá vai uma barquinha carregada de ……………………………………Bacharéis Lá vai uma barquinha carregada de ……………………………………Cruzes de Cristo Lá vai uma barquinha carregada de ……………………………………Donatários Lá vai uma barquinha carregada de …………………………………….Espanhóis Paga prenda Prenda os espanhóis. Lá vai uma barquinha carregada de …………………………………….Flibusteiros Lá vai uma barquinha carregada de ……………………………………Governadores Lá vai uma barquinha carregada de ……………………………………Holandeses Lá vai uma barquinha cheinha de índios Outra de degredados Outra de pau de tinta Até que o mar inteiro Se coalhou de transatlânticos E as barquinhas ficaram Jogando prenda com raça misturada No litoral azul do meu Brasil. 6) Qual a visão do eu lírico sobre o Brasil no poema lido?

10 Tropicalismo e Oswald de Andrade Na cultura, assim como na vida, tudo é herança e transformação. Caetano Veloso nunca escondeu de ninguém que o Tropicalismo, movimento musical que ele ajudou a criar na década de 60, teve raízes profundas na corrente modernista da década de 20 e no Manifesto Antropófago idealizado, por volta de 1928, pelo escritor, poeta, jornalista e agitador cultural Oswald de Andrade. A referência está evidente e explícita nas páginas de Verdade tropical, ensaio memorialístico escrito pelo cantor e compositor baiano em 1997.

11 Inspirado no Manifesto Pau-Brasil, do poeta modernista Oswald de Andrade, o Tropicalismo cria uma estética cuja combinação e contrastes de elementos incluem a miséria, o passado, o desenvolvimento, a tecnologia industrial, os movimentos musicais brasileiros, o subdesenvolvimento e a paródia. Esta última como instrumento de ridicularizarão da ideologia do nacionalismo ufanista.


Carregar ppt "Estudo do paradidático – 2ª etapa. Poemas : amor Humor 1) Por meio do poema lido, que crítica pode ser inferida em relação ao Romantismo?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google