A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

C O R E S L I T Ú R G I C A S. As diferentes cores das vestes litúrgicas visam manifestar externamente o caráter dos mistérios celebrados, e também a.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "C O R E S L I T Ú R G I C A S. As diferentes cores das vestes litúrgicas visam manifestar externamente o caráter dos mistérios celebrados, e também a."— Transcrição da apresentação:

1 C O R E S L I T Ú R G I C A S

2 As diferentes cores das vestes litúrgicas visam manifestar externamente o caráter dos mistérios celebrados, e também a consciência de uma vida cristã que progride com o desenrolar do ano litúrgico. No princípio havia uma certa preferência pela cor branco. Não existiam ainda as chamadas "cores litúrgicas". Estas cores foram fixadas em Roma no século XII. Em pouco tempo os cristãos do mundo inteiro aderiram a este costume. As cores litúrgicas na Igreja Católica Apostólica Romana são reguladas pelo nº. 346 da vigente Instrução Geral do Missal Romano - IGMR, 3a. edição típica, promulgada em março de 2002 juntamente com a nova edição do Missal Romano. A IGMR estabelece que seja sempre observado o uso tradicional, mas as Conferências Episcopais podem determinar e propor à Santa Sé adaptações que correspondam às necessidades e ao caráter de cada povo. As cores aprovadas pela IGMR, segundo o uso tradicional, e seus respectivos tempos de uso ao longo do ano litúrgico são o branco, o vermelho, o verde, o roxo, o preto o. O uso de diversas cores na liturgia da Igreja Católica surgiu dos significados místicos atribuídos a cada uma delas.

3 BRANCO: Usado na Páscoa, no Natal, nas Festas do Senhor, nas Festas de Nossa Senhora e dos Santos, exceto dos mártires. Simboliza a luz, tipificando, ressurreição, vitória, pureza e alegria e a glória. ROXO: Usado no Advento e na Quaresma. É símbolo da penitência e da serenidade. Também pode ser usado nas missas dos defuntos e na confissão. VERMELHO: Lembra o fogo do Espírito Santo. Por isso é a cor de Pentecostes. Lembra também o sangue. É a cor dos mártires e da sexta- feira da Paixão. PRETO:O preto pode ser usado, onde for o costume, nas Missas pelos mortos. Denota um símbolo de luto, significando a tristeza da morte e a escuridão do sepulcro. VERDE: Usa-se nos domingos do Tempo Comum e nos dias da semana. Está ligado ao crescimento, à esperança. ROSA:O rosa, variação mais clara do roxo, representa uma quebra na austeridade do Advento e da Quaresma, simbolizando uma alegria contida, podendo ser usada nos domingos (III do Advento) e (IV da Quaresma), ocasiões em que também poderá ser utilizado o roxo.

4 CORES NÃO PREVISTAS NO IGMR (1) Dourado ou prateado:Um exemplo patente de uso de veste festiva na Liturgia são as cores dourada e prateada em substituição ao branco, uso bastante difundido. Contudo, deve-se estar atento ao aviso feito na Instrução Redemptionis Sacramentum pela Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos: “Esta faculdade, que também se aplica adequadamente aos ornamentos fabricados há muitos anos, a fim de conservar o patrimônio da Igreja, é impróprio estendê-las às inovações, para que assim não se percam os costumes transmitidos e o sentido de que estas normas da tradição não sofram menosprezo, pelo uso de formas e cores de acordo com a inclinação de cada um. Azul: Utilizada para as festas e solenidades da Santíssima Virgem. O azul não é uma das cores litúrgicas previstas pela IGMR, mas seu uso é largamente difundido no Brasil e Portugal.A origem de seu uso litúrgico moderno parece remontar a um privilégio papal dado a algumas dioceses espanholas para uso na Solenidade da Imaculada Conceição.


Carregar ppt "C O R E S L I T Ú R G I C A S. As diferentes cores das vestes litúrgicas visam manifestar externamente o caráter dos mistérios celebrados, e também a."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google