A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Pessoa e Obra de Cristo Colossenses 1-2 Revista Expressão – Ed Cultura Crista Cartas de Paulo – 2 Parte.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Pessoa e Obra de Cristo Colossenses 1-2 Revista Expressão – Ed Cultura Crista Cartas de Paulo – 2 Parte."— Transcrição da apresentação:

1 A Pessoa e Obra de Cristo Colossenses 1-2 Revista Expressão – Ed Cultura Crista Cartas de Paulo – 2 Parte

2 A Pessoa e Obra de Cristo Compreender a doutrina da soberania de Deus e da eficácia de sua obra. Jesus é o Senhor de todas as coisas e não um serviçal a nosso dispor.

3 Esboço - Colossenses I.Introdução (1.1-14) Paulo cumprimentou os colossenses e contou a eles do seu louvor e suas orações a Deus em favor deles. II.A Supremacia de Cristo O falso ensino em Colossos era desacreditado pela supremacia de Cristo sobre todas as coisas, incluindo todo poder, tanto na antiga quanto na nova criação. a)Cabeça de toda a criação ( ) b)Cabeça da igreja ( ) c)Implicações práticas ( ) III.O Ministério de Paulo aos Colossenses ( ) Seu ministério foi planejado para convencer os colossenses a se afastarem do falso ensino que estava sendo ministrado a eles.

4 Esboço - Colossenses IV.A Supremacia e Suficiência de Cristo (2.8-23) a)Advertência contra o falso ensino (2.8) b)A plenitude da vida na plenitude de Deus (2.9-10) c)A circuncisão e o batismo em Cristo ( ) d)Vida Nova e perdão em Cristo ( ) e)Vitória em Cristo sobre os poderes hostis (2.15) f)Liberdade do legalismo e do asceticismo ( )

5 Introdução Escrita por Paulo provavelmente em 60 d.C. Ele estava preso em Roma, e não visitou Colossos Estavam Timóteo, Aristarco, Marcos e Onésimo Foi visitado por Epafras (Irmão) Epafras fundou 3 igrejas:Laodiceia, Hierápolis e Colossos Epafras fala acerca da fé, esperança e amor entre os irmãos de Colossos a Ap.Paulo Fala tb do surgimento de ensinamentos que misturavam componentes judaicos e gnósticos que minavam a saúde espiritual da igreja.

6 I. A SUPREMACIA DE CRISTO desde o dia em que ouvistes e entendestes a graça de Deus na verdade (Cl 1.6b) As Escrituras enfatizam não somente ouvir, mas compreender corretamente a graça de Deus, manifestada em Cristo pela fiel pregação do Evangelho.

7 I. A SUPREMACIA DE CRISTO A.É a imagem do Deus invisível (Vs 15) Tudo que precisamos saber acerca de Deus, sua glória, poder, majestade e atributos diversos, somente pode ser revelado por Jesus. B.O Criador e Sustentador de todas as coisas (Vs 16) A deidade de Cristo é enfatizada, Ele é Criador e Sustentador de todas as coisas, visíveis ou invisíveis. C. O primogênito de toda a criação (Vs 15b) Cristo é detentor de toda a Glória e Majestade

8 I. A SUPREMACIA DE CRISTO D. A Cabeça da Igreja (Vs 18) Ele a amou, se entregou por ela a fim de santificá-la pela aplicação da sua Palavra. Ele governa a sua igreja e a adorna com os seus dons plenamente capacitada para o serviço E. O primogênito dos Mortos (Vs 18) A gloriosa ressurreição é sinal evidente que a obra de redenção no calvário recebeu completa aceitação e aprovação do Pai. F. A Plenitude de toda a divindade (Vs 19) Essa afirmação derruba os falsos ensinamentos do gnosticismo.

9 II. A EFICÁCIA DA OBRA DE CRISTO A.Libertador – (Vs 13) Ele nos libertou do império das trevas O Homem sem salvação é escravizado ao poder do pecado e do diabo. O crente foi liberto do pecado. B.Reconciliador O pecador não regenerado é um inimigo de Deus. O crente foi reconciliado com Deus por meio da obra de Cristo na cruz. C. Doador da Vida O homem sem Cristo está morto espiritualmente. Em Cristo, recebemos uma nova vida, o Espírito de Deus em nossa alma implanta novos princípios.

10 II. A EFICÁCIA DA OBRA DE CRISTO D. Perdoador dos nossos pecados O sacrificio de Cristo no calvário é a base suficiente do nosso perdão. E. Redentor A redenção do povo de Deus foi planejada pelo Pai, executada pelo Filho e aplicada pelo Espírito no coração dos eleitos F. Cumpridor perfeito da lei de Deus Somente por sua perfeita justiça imputada aos cristãos que podemos ser aceitos por Deus. G. Vencedor de todos os inimigos (2.15)A obra de Cristo no calvário em favor da sua igreja representou a completa derrota de Satanás.

11 III. Conclusão a)A Carta nos revela absoluta supremacia da Pessoa e da obra de Cristo b)A Necessidade de conhecer profundamente a Palavra de Deus c)Rejeitar doutrinas hereges provenientes de Satanás e das mentes de homens desprovidos da iluminação do Espírito Santo.

12 IV. Aplicação a)Faça uma avaliação da sua vida espiritual b)Verifique se sua fé tem sido afetada por ensinamentos contrários à Palavra de Deus, que rebaixam ou desconsideram a suficiência plena da pessoa e obra de Jesus Cristo


Carregar ppt "A Pessoa e Obra de Cristo Colossenses 1-2 Revista Expressão – Ed Cultura Crista Cartas de Paulo – 2 Parte."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google