A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Aqui estamos reunidos para ESCUTAR a Palavra de Deus e celebrar a Eucaristia. A Escuta dessa Palavra nos revela os Planos de Deus e nos aponta o caminho.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Aqui estamos reunidos para ESCUTAR a Palavra de Deus e celebrar a Eucaristia. A Escuta dessa Palavra nos revela os Planos de Deus e nos aponta o caminho."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Aqui estamos reunidos para ESCUTAR a Palavra de Deus e celebrar a Eucaristia. A Escuta dessa Palavra nos revela os Planos de Deus e nos aponta o caminho a seguir para chegar à vida plena. As leituras bíblicas nos apresentam dois exemplos na CAMINHADA DA FÉ: a fé de Abraão e a fé dos Apóstolos.

4 A 1ª Leitura fala da fé de Abraão. (Gn 22, ) A narrativa faz parte das "tradições patriarcais", sem caráter histórico. Destina-se a apresentar Abraão como MODELO DE FÉ: - O chamado: "Sai de tua terra, vai... farei de ti..." - Ele parte para o desconhecido... apoiado na palavra de Deus... - Prova sua fé, sobretudo no dramático sacrifício de Isaac...

5 * Ele soube ESCUTAR Deus e seguir a sua Palavra sem condições: renunciou o PASSADO, quando deixou sua terra e sua gente; agora estava disposto a sacrificar o FUTURO, oferecendo o filho Isaac, depositário das promessas. Percebe o plano de Deus e o segue de todo o coração. Sua obediência tornou-se uma fonte de vida para ele, para a sua família e para todos os povos...

6 Na 2ª Leitura, São Paulo retoma a figura de Isaac, subindo o monte Moriá, com a lenha do sacrifício às costas, como imagem de Cristo que sobe o monte Calvário, carregando às costas o lenho da Cruz. (Rm 8,31-34) * O fundamento da nossa fé é o amor fiel e incondicional. A obediência comprova a nossa fé.

7 O Evangelho fala da fé dos Apóstolos: (Mc 9,2-10) Na caminhada para Jerusalém, o 1º Anúncio da Paixão de Jesus abalou profundamente a fé dos apóstolos. Desmoronaram seus planos de glória e de poder. Para fortalecer essa fé ainda tão frágil… Cristo tomou três deles... subiu o Monte Tabor e "transfigurou-se…"

8 Ao transfigurar-se, Jesus revela a glória da Ressurreição, e atesta que Ele é o FILHO AMADO DE DEUS, apesar da Cruz anunciada. As figuras de Elias e Moisés ressaltam que a Lei e as Profecias são realizadas plenamente em Jesus. - Proposta de Pedro: "É bom estar aqui! Vamos fazer três tendas..." - Proposta de Deus: "Este é o meu Filho amado, ESCUTAI-O!".

9 somos convidados a subir com Jesus a montanha e, na companhia dos discípulos, viver em comunhão com eles. As dificuldades da caminhada não podem nos desanimar. Na caminhada para a Páscoa,

10 No meio dos conflitos, o Pai nos mostra desde já sinais da ressurreição e do alto daquele monte ele continua a nos gritar: "Este é o meu Filho amado, ESCUTAI-O". Os Planos de Deus não conduzem ao fracasso, mas à Ressurreição, à vida definitiva, à felicidade sem fim.

11 + Vocês têm fé? - O que é ter fé? - O que é mesmo a fé? É apenas uma adesão da inteligência a algumas verdades, que decoramos na catequese? É mais... A FÉ É: - É a nossa Adesão a Deus... É acolher Deus que quer fazer sua história conosco... É fazer a vontade de Deus... (no Tabor e no Calvário) - É um Dom gratuito de Deus

12 A FÉ EXIGE: - Uma Resposta da pessoa a uma palavra, a uma Promessa. - Um Serviço pronto e generoso na Obra de Deus... - Uma Ruptura : Deixar a terra dos ídolos que nos prendem… e abraçar o desconhecido… - Escutar atentamente tudo o que Jesus diz, seguindo seus passos com confiança total, mesmo nos momentos difíceis e incompreensíveis…

13 - Reconhecer esse Cristo desfigurado, presente nas pessoas, sobretudo nos excluídos... nos oprimidos pela violência... É fácil reconhecer o Cristo transfigurado no Tabor… mais difícil é reconhecê-lo desfigurado no Monte Calvário... mais difícil é descer o monte, ir ao encontro do Cristo desfigurado na pessoa do irmão… - Ação : Não podemos ficar no Monte... de braços cruzados.... Devemos agir na transfiguração desses irmãos desfigurados…

14 Somos convidados a ser Missionários da Transfiguração O Cristo glorioso não deve ser motivo para fugir das realidades concretas da vida, onde nos chama ao serviço. Pelo contrário, o Cristo desfigurado nas pessoas vítimas da violência aguarda ser transfigurado pela nossa ação. Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS

15 Meditada por: Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS MEU DOMINGO Com a Palavra de Deus Hoje: segunda-feira, 22 de setembro de 2014 as 17:44:14 Você está convidado a visitar nosso site e desfrutar de outras mensagens como estas acesse este endereço: Formatação: Nelso Geraldo Ferronatto


Carregar ppt "Aqui estamos reunidos para ESCUTAR a Palavra de Deus e celebrar a Eucaristia. A Escuta dessa Palavra nos revela os Planos de Deus e nos aponta o caminho."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google