A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

African Network Information centre Parte 2. African Network Information centre Introducão à base de dados whois do AfriNIC.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "African Network Information centre Parte 2. African Network Information centre Introducão à base de dados whois do AfriNIC."— Transcrição da apresentação:

1 African Network Information centre Parte 2

2 African Network Information centre Introducão à base de dados whois do AfriNIC

3 African Network Information centre Visão Global Coberto na Visão Global: O que é a base de dados whois do AfriNIC? Usos da base de dados whois. Efectuar perguntas/procuras por informações na base de dados whois. Processo para actualizar a base de dados whois.

4 African Network Information centre O que é a base de dados whois do AfriNIC? Base de dados usada para gestão de redes públicas É operada por Registros Internet Regionais e outras entidades similares (NIRs e TLDs para nomes de domínio) Contém informação acessível publicamente. NÃO DEVE conter informação confidencial. Delegação in-addr.arpa e ip6.arpa. Contém registos de recursos de numeração IP: Alocações IPv4 e IPv6 + atribuições Números AS Contém informação de contacto para quaisquer recursos de numeração registados: Nome da companhia, endereço e contactos de telefone/ Contactos Administrativos, Técnicos e de Abuso.

5 African Network Information centre Armazenamento de informação na base de dados whois A informação é armazenada em objectos. Existem tipos de objectos diferentes dependendo da informação armazenada no objecto. Nome do ObjectoInformação Armazenada person, roleContactos de pessoas organisationDetalhes de contactos de uma companhia inetnumUm bloco de endereços IPv4 + detalhes inet6numUm bloco de endereços IPv6 + detalhes aut-numUm número de sistema autónomo mntnerInformação de protecção de dados domainInformação de delegação inversa keycertProtecção de dados usando PGP

6 African Network Information centre Atributos de objectos & valores Um objecto é formado por um conjunto de atributos e valores Cada atributo de um objecto... Tem um valor Tem uma sintaxe específica É obrigatório ou opcional É uni ou multi-valor (usando mais do que uma linha no objecto). Alguns atributos... São chaves primárias (únicas) São chaves de procura para perguntas São chaves inversas para perguntas

7 African Network Information centre O objecto person Um objecto person contém informação sobre um contacto técnico ou administrativo responsável pelo registo onde esteja referenciado. Uma vez criado o objecto, o valor do atributo "person:" não pode ser alterado. person: [obrigatório] [único] [chave de busca] address: [obrigatório] [múltiplo] [ ] phone: [obrigatório] [múltiplo] [ ] fax-no: [opcional] [múltiplo] [ ] [obrigatório] [múltiplo] [chave de busca] nic-hdl: [obrigatório] [único] [primária/chave de busca] remarks: [opcional] [múltiplo] [ ] notify: [opcional] [múltiplo] [chave inversa] mnt-by: [opcional] [múltiplo] [chave inversa] changed: [obrigatório] [múltiplo] [ ] source: [obrigatório] [único] [ ]

8 African Network Information centre Exemplo de objecto person Atributo: Valor person: Alex Kaka address: 02 Kaka Lane address: Muskat Avenue address: Venus District phone: fax-no: nic-hdl: AK9-AFRINIC remarks: Do not send me spam! notify: mnt-by: ALEX-KAKA changed: source: AFRINIC Os objectos person contêm informação de contacto sobre um indivíduo (usualmente um humano).

9 African Network Information centre O que é um nic-hdl? É um identificador único para uma person Representa um objecto person Referenciado em outros objectos para referência de contacto (inetnum, inet6num, aut-num, domain…) formato: AB123-AFRINIC, AB123, etc person: John Kaka address: KAKA Data Services address: 09 Kaka Avenue address: Kampala, Uganda phone: fax-no: nic-hdl: JK98-AFRINIC mnt-by: KAKA-JJ changed: source: AFRINIC

10 African Network Information centre role: Sasa NetAdmins... nic-hdl: AUTO-#initials AUTO-1SN Escolhendo um nic-hdl Geração automática de nic-hdls: person: John Kaka... nic-hdl: AUTO-1 JK1-AFRINIC SN1-AFRINIC Especificando manualmente um nic-hdl:

11 African Network Information centre O objecto inetnum Contém um bloco de alocações, sub-alocações ou atribuições de endereços IPv4. inetnum: netname: UGANDA-TELECOM-01 descr: Uganda Telecom country: UG org: ORG-UTL1-AFRINIC admin-c: RM2-AFRINIC tech-c: RM2-AFRINIC status: ALLOCATED PA mnt-by: RM2-MNT mnt-lower: RM2-MNT notify: changed: source: AFRINIC parent:

12 African Network Information centre Interrelação entre objectos inetnum: – … admin-c: JH2-AFRINIC tech-c: DE3-AFRINIC … mnt-by: ABC-DE-MNT … Endereços IPv4 person: … nic-hdl: DE3-AFRINIC … Informação de contacto person: … nic-hdl: JH2-AFRINIC … Contact info mntner: ABC-DE-MNT… Protecção de dados

13 African Network Information centre admin-c & tech-c Responsabilidade – contactos admin : Autoridade legal Gestão técnica Planeamento e desenho de rede Implantação, capacidade e planeamento Conhecimento – contactos tech Encaminhamento, agregação, BGP, etc Endereçamento, subnetting, CIDR, etc

14 African Network Information centre whois.afrinic.net whois.ripe.netwhois.arin.netServidor Cliente Unix Cliente Linux Comando de Linha / Interface Web Navegador Web Cliente WHOIS Perguntas & Respostas Usar a base de dados whois

15 African Network Information centre Clientes Cliente whois normal Incluído em muitas distribuições Unix e Linux Cliente whois do RIPE (para sistemas Unix/Linux) Pesquisar através do website doAfriNIC Microsoft Windows: Não são conhecidos clientes grátis. Possivelmente muitas ferramentas comerciais.

16 African Network Information centre Utilizações da base de dados whois Registar o uso de Recursos Internet Registos Públicos: Informação de DNS Inverso Alocações, sub-alocações e atribuições IPv6 e IPv4 Números de AS Avaliar a responsabilidade sobre um recurso Obter detalhes de contactos técnicos para um recurso de numeração Investigar incidentes de segurança Encontrar as fontes de abuso da rede, correio electrónico não solicitado (spam), servidores de phishing, etc

17 African Network Information centre Pesquisas básicas na base de dados whois De uma linha de comando Unix ou Linux: whois –h whois.afrinic.net Interface Web Chaves de pesquisa Normalmente o nome do objecto Verifique o template para identificar as chaves de pesquisa

18 African Network Information centre whois -h whois.afrinic.net whois -h whois.afrinic.net MC5-AFRINIC whois -h whois.afrinic.net Mike Coetzee person: Mike Coetzee address: Council for Scientific and Industrial Research address: Meiring Naude Road address: Brummeria,Pretoria address: 0001 address: ZA phone: fax-no: nic-hdl: MC5-AFRINIC source: AFRINIC # Filtered Pesquisando através de Unix/Linux

19 African Network Information centre whois -h whois.afrinic.net /24 whois -h whois.afrinic.net whois -h whois.afrinic.net CSIR-BMIC inetnum: netname: CSIR-BMIC descr: Council for Scientific and Industrial Research descr: Meiring Naude Road descr: Brummeria,Pretoria descr: 0001 country: ZA admin-c: MC5-AFRINIC tech-c: MC5-AFRINIC status: ASSIGNED PA mnt-by: TF MNT mnt-lower: TF MNT source: AFRINIC # Filtered Pesquisando através de Unix/Linux

20 African Network Information centre Pesquisando através de um Navegador Web Digite a palavra chave aqui Adicione Opções de Pesquisa (Flags) Clique Search Desligue as pesquisas recursivas se necessário

21 African Network Information centre Criar um objecto person Obter o modelo de um objecto person: whois -h whois.afrinic.net -t person whois -h whois.afrinic.net -v person Copie o modelo para nova mensagem de MUA tem que ser configurado para enviar em texto Apenas o objecto pode estar no corpo da mensagem. Múltiplos objectos têm que ser separados por espaços em branco Deixe o título da mensagem em branco Envie o para e espere resposta imediata. Observe o título: SUCCESS: Veja o corpo da mensagem com o nic-hdl FAILED: Veja no corpo da resposta a mensagem de erro, corrija e reenvie. se necessitar de ajuda. Inclua na mensagem o relatório de erro completo.

22 African Network Information centre QUESTÕES

23 African Network Information centre Números AS

24 African Network Information centre Números AS Número AS: Um identificador global único para um Sistema Autónomo ou Rede IP. Os ASNs são atribuídos pelos RIRs a organizações que deles necessitam. Tipos: 16-bit: ( ) Atribuindo do Bloco: – bit: (0 – ) A partir de Jan/2010 serão atribuídos ASN quer de 16-bit ou de 32-bit. Existe uma política global em discussão para adiar esta data para Jan/2011

25 African Network Information centre Obter um ASN Critérios: É necessário ser um membro do AfriNIC, É necessário estar a planear ser «multi-homed». É necessário possuir endereços IP que serão anunciados por esse ASN. Uma vez atingido o que está descrito acima: Solicitar um ASN via MyAfriNIC, ou Use o modelo de pedido (copie do website para o seu , complete e envie para Se está a solicitar um ASN de 4-bytes, verifique com os seus «peers» para garantir que o software dos routers deles está preparado. Verifique os seus routers também.

26 African Network Information centre Objecto ASN na base de dados: aut-num: AS33764 as-name: AFRINIC-ZA-AS descr: Traffic to AfriNIC-ZA admin-c: TEAM-AFRINIC tech-c: TEAM-AFRINIC mnt-by: AFRINIC-DB-MNT changed: changed: changed: changed: source: AFRINIC

27 African Network Information centre Objecto ASN 32-bit na base de dados: aut-num: AS5.2* as-name: Edgenet descr: Edgenet org: ORG-EL2-AFRINIC admin-c: EDL tech-c: EDL mnt-by: AFRINIC-HM-MNT changed: source: AFRINIC * Mudança de sintaxe para asplain – a ser implementada

28 African Network Information centre Registro de Encaminhamento? Base de dados globalmente distribuída para partilha de informação de encaminhamento entre operadores de redes. Todos os RIRs, excepto o AfriNIC têm um RR (Routing Registry) Existem dois RRs públicos onde qualquer ISP pode publicar a sua informação de encaminhamento e políticas: RADB RIPE Estes RRs espelham-se um ao outro. É necessário usar apenas um, e todos os restantes serão actualizados. O AfriNIC não opera ainda um RR. Nós redireccionamos os nossos membros para usarem o RR do RIPE por enquanto.

29 African Network Information centre QUESTÕES

30 African Network Information centre Solicitar Espaço de Endereçamento IPv6

31 African Network Information centre Necessita de endereços IPv6? Se preenche os requisitos da política: Obtenha a sua própria alocação /32 (ou maior). Obtenha um ou mais atribuições /48 PI do AfriNIC. Se o seu ISP «upstream» têm conectividade IPv6 nativa: O ISP pode atribuir-lhe um (ou mais) /48s da alocação que detém. Se você tem endereços IPv4 públicos na sua rede: Obternha conectividade IPv6 de um «tunnel broker». Isto é normalmente temporário dependendo do «broker». Use o prefixo 2002: numa ligação/rede apenas IPv4 e o mecanismo "6to4" para derivar endereços IPv6 a partir dos endereços IPv4 (públicos) existentes.

32 African Network Information centre Necessita de endereços IPv6? Requisitos da Política: Alocação /32 inicial: Ser um LIR (e não um end-site) Mostrar o plano para fornecer conectividade IPv6 Planear a atribuição de /48s a organizações dentro de 12 meses. Atribuição /48 PI: Não ser um LIR IPv6 Cumprir um de dois critérios: Ser detentor de espaço de endereçamento IPv4 PI, Qualificar-se para receber espaço IPv4 PI através da política actual. Tem de justificar a necessidade do espaço de endereçamento Anunciar o espaço para a Internet IPv6 em 12 meses.

33 African Network Information centre QUESTÕES

34 African Network Information centre MyAfriNIC : Introdução

35 African Network Information centre O que é o MyAfriNIC Portal baseado na Web a partir do qual os membros do AfriNIC podem gerir as suas informações de registo. Disponível apenas para membros do AfriNIC em situação regular. Não está disponível para organizações que apenas detenham recursos «legacy». Aponte o navegador para https://my.afrinic.net Necessita ser um contacto registado para a sua organização. Tem que possuir um nic-hdl (objecto person) na base de dados whois. Escreva para para solicitar acesso ao MyAfriNIC.

36 African Network Information centre O que você pode fazer com o MyAfriNIC Ver e gerir informação de contacto Ver endereços IPv4/IPv6 alocados & ASNs Criar e gerir delegações inversas (domínios in- addr.arpa. e ip6.arpa.). Registar e gerir atribuições de endereçamento IPv4 e IPv6 próprias ou de clientes. Solicitar e/ou gerir sub-alocações Visualizar o estado da sua conta financeira, declaração detalhada e balanços Pagar «online» quaisquer facturas (taxas de associação, etc) Solicitar endereços IPv4/IPv6 adicionais & ASNs Ver o estado actualizado e toda a história de correspondência por em aberto para e contas de relacionadas com outros recursos.

37 African Network Information centre Demonstração de Introdução do MyAfriNIC Breve Demonstração das funções do MyAfriNIC Demonstração Detalhada mais tarde durante o dia. https://my.afrinic.net

38 African Network Information centre QUESTÕES

39 African Network Information centre A base de dados Whois do AfriNIC: Segurança de Objectos

40 African Network Information centre Protecção de Objectos: Objecto Maintainer mntner: DATANET-MNT descr: DATANET LLC admin-c: BN1-AFRINIC tech-c: RM8-AFRINIC upd-to: mnt-nfy: auth: MD5-PW $1$gKDC3fV8$YXm6c/QmCjuwcEhHqbvE4/ mnt-by: DATANET-MNT changed: source: AFRINIC Protege outros objectos na base de dados whois whois -h whois.afrinic.net -r -B DATANET-MNT

41 African Network Information centre Criar um objecto mntner: Obter o modelo do objecto: whois -h whois.afrinic.net -t mntner Copiar o modelo para uma nova mensagem de e- mail. Completar e enviar para O que necessita antecipadamente: Os seus nic-hdls para os contactos admin e/ou tech (objectos person)* Uma ferramenta para cifrar uma password de texto usando os métodos suportados de cifragem** Por favor, veja: https://www.afrinic.net/tools/whois_crypt.htm

42 African Network Information centre Protecção de objectos Authorização: mnt-by referencia um objecto mntner Pode ser encontrado em todos os objectos da base de dados mnt-by deve ser usado com qualquer objecto! Autenticação Actualizações a um objecto têm de passar pela regra de autenticação especificada pelo seu objecto mntner

43 African Network Information centre Mecanismo de Autorização mntner: DATANET-MNT descr: DATANET LLC admin-c: BN1-AFRINIC tech-c: RM8-AFRINIC upd-to: mnt-nfy: auth: MD5-PW $1$gKDC3fV8$YXm6c/QmCjuwcEhHqbvE4/ mnt-by: DATANET-MNT changed: source: AFRINIC inetnum: netname: DATANET-2 descr: DATANET LLC ……… mnt-by: DATANET-MNT

44 African Network Information centre Atributos específicos do Maintainer mnt-nfy: Envia notificação de quaisquer alterações aos objectos mantidos para o endereço de especificado mnt-by: Os Maintainers têm também que ser protegidos! (Normalmente por si próprios) auth: Mecanismo de autenticação para este objecto mntner

45 African Network Information centre Métodos de Autenticação CRYPT-PW: O esquema de autenticação CRYPT-PW usa uma rotina crypt do UNIX de 8 bits, que é também usada para passwords do próprio sistema UNIX Actualmente, um computador pessoal médio é capaz de rapidamente e com sucesso «crackar» uma password cifrada com CRYPT-PW. Este método recebe um argumento que consiste numa password cifrada com a função CRYPT. auth: CRYPT-PW 6668YGInY6jno MD5-PW: Este método recebe um argumento que consiste numa password cifrada com MD5. auth: MD5-PW $1$CdzU0svH$/kPcuBXWZld/LkiZUSDWX0 Mais difícil de «crackar» que o CRYPT-PW Ferramentas: https://www.afrinic.net/tools/whois_crypt.htm

46 African Network Information centre Métodos de Autenticação PGP: Um dos mais fortes métodos de protecção existentes. Usa um par de chave privada/pública. O utilizador especifica um identificador de chave PGP a apontar para um objecto key-cert onde é armazenada a chave PGP pública. Quando se envia actualizações por para a base de dados, o utilizador tem de assinar o usando a sua chave privada PGP. A base de dados whois verifica a assinatura usando a chave pública armazenada no objecto key-cert referenciado no atributo "auth: do objecto mntner relevante. Se a assinatura criptográfica estiver correcta, a actualização será processada, senão será recusada. Em breve: X509

47 African Network Information centre mnt-by & mnt-lower Atributo mnt-by: Pode ser usado para proteger qualquer objecto Alterações ao objecto protegido têm que satisfazer as regras de autenticação do objecto mntner. Atributo mnt-lower: Também referencia um objecto mntner Autorização hierárquica para objectos inetnum, domain, inet6num e aut-num. A criação de objectos filho deve satisfazer as regras deste mntner Protege contra actualizações não autorizadas de todos os objectos filho, e o seu uso é altamente recomendado.

48 African Network Information centre inetnum: netname: MCHOMO-NET1 descr: Mchomo Consultants Inc descr: 304 Kaguta Road country: RW admin-c: MCI5-AFRINIC tech-c: GHY9-AFRINIC mnt-by: AFRINIC-HM-MNT mnt-lower: MCHOMO-MNT status: ALLOCATED PA changed: source: AFRINIC Autenticação/Autorização Alocação de um Membro: Criada e mantida pelo AfriNIC 1. Apenas o AfriNIC pode alterar este objecto 2. Apenas o MCHOMO-MNT pode criar atribuições e delegações DNS inversas. 1 2

49 African Network Information centre Processo de actualização da Base de Dados Whois Pedidos para Cada pedido contém um modelo de objecto Pedido de Actualização Modelo Proc. Avisos/Erros devolvidos Erro Autoriz. Base de Dados Servidor Whois

50 African Network Information centre Autorização O Proc./robot verifica o objecto maintainer referenciado no atributo mnt-by ou mnt-lower no caso de criação de objectos «filho». Autorização Falhada Modelo INCORRECTO Objecto NÃO aceite Notificação automática enviada por para o requisitante Notificação automática enviada por para o endereço do atributo notify Autoriz.

51 African Network Information centre Processo de actualização da Base de Dados Whois Actualização bem sucedida Se os passos do Processamento e Autorização são bem sucedidos, a base de dados é actualizada Confirmação por para o requisitante Espelhado para o servidor público whois Actualizaçõespdates espelhadas para whois.afrinic.net Pode levar até 5 minutos.

52 African Network Information centre Actualizar um objecto existente Mudar os campos relevantes Adicionar a sua password de maintainer Actualize o atributo changed Envie por o objecto actualizado para: Nota As chaves primárias não podem ser modificadas! Veja no modelo do objecto quais são as chaves primárias.

53 African Network Information centre Apagar um objecto Copiar o objecto tal como está na base de dados para um Adicione a sua password do maintainer Deixe o atributo 2changed Adicione o atributo delete: e um comentário. Adicione password: se o objecto está protegido. inetnum: netname: ISP1-NET... mnt-by: KAKA-MNT changed: source: AFRINIC password: x34zky delete: object no longer required by ISP1 Nota: Objectos referenciados não podem ser apagados!

54 African Network Information centre Password Esquecida? Pode solicitar uma nova password: Envie um para Tem que ser um contacto registado. O AfriNIC pedirá para enviar uma carta por fax, em papel da companhia timbrado, com selo e assinado por uma autoridade administrativa (ou você). Refira o objecto maintainer em causa, e a nova password em texto aberto. O AfriNIC actualiza o objecto maintainer com a password solicitada e envia notificação. O pedido pode ser enviado por fax para:

55 African Network Information centre QUESTÕES

56 African Network Information centre A Base de Dados Whois: Pesquisas Avançadas

57 African Network Information centre -r : Omitir Informação de Contacto Por defeito, a pesquisa devolve a seguinte informação de contacto: Responsáveis Administrativos e Técnicos Organização (se referenciada em resultado da pesquisa) Isto pode gerar resultados algo longos, se: Não houver interesse em ver informação de contacto Houver demasiados objectos person no resultado. Solução: Usar o modificador -r: whois -h whois.afrinic.net -r /16 O servidor Whois bloqueia os endereços IP de origem que enviem muitas pesquisas sem o modificador -r (Verificação de colheita de endereços )

58 African Network Information centre -i : Pesquisas Inversas Para localizar todos os objectos em que um certo objecto é referenciado. Encontrar todos os objectos onde uma pessoa está listada. Devolver todos os objectos protegidos por um certo mntner Ver todos os objectos pertença de uma determinada organização whois -h whois.afrinic.net -i person EMB2-AFRINIC whois -h whois.afrinic.net -i org ORG-MU1-AFRINIC whois -h whois.afrinic.net -i mnt-lower ABC-MNT whois -h whois.afrinic.net -i notify Os resultados podem ser longos dependendo do número de objectos devolvidos!

59 African Network Information centre -M, -L : Filho & Pai Dado um objecto, é possível ver os seus objectos- filho ou objectos-pai. Exemplos de objectos-filho : IP address assignments and sub-allocations Objectos Domain Exemplo de objecto-pai : Alocações (inetnum, inet6num) whois -h whois.afrinic.net -M /17 (devolve todas as atribuições e sub-alocações de uma alocação específica) whois -h whois.afrinic.net -L /29 (devolve a alocação pai ou a sub-alocação da qual a rede /29 foi feita)

60 African Network Information centre Combinar modificadores numa pesquisa única Exemplos: whois -h whois.afrinic.net -r -M /17 devolve todas as atribuições e sub-alocações debaixo de /17 (e omite qualquer informação de contactos associada) whois -h whois.afrinic.net -r -d /16 devolve todos os objectos domain debaixo de uma certa alocação. whois -h whois.afrinic.net -r -T inetnum -i person EMB2-AFRINIC devolve todos os objectos tipo inetnum onde EMB2-AFRINIC é referenciado como contacto (admin ou tech-c) whois -h whois.afrinic.net -r -B -d 2001:42d0::/32 devolve todos os objectos tipo domain debaixo de uma dada alocação IPv6 com a filtragem de desligada.

61 African Network Information centre Pesquisa Avançada através do Interface de Utilizador Web Clique em Advanced Escolha a combinação de modificadores para usar na pesquisa Para clientes whois Unix/Linux, o cliente suportado está em Algumas distribuições como o Ubuntu e FreeBSD têm este cliente pré-carregado.

62 African Network Information centre QUESTÕES

63 African Network Information centre Dados Whois em efectuados em massa

64 African Network Information centre Dados Whois em massa Em certas circunstâncias, é pedido ao AfriNIC para disponibilizar dados WHOIS a algumas organizações em formato massivo. Usos gerais incluem: Operações Internet Actividades de Investigação Técnica e Estatísticas Dados não podem ser usados para: Publicidade Marketing Colheita de Dados/Endereços e correio não solicitado Outras actividades ilegais Redistribuição dos dados é estritamente proibida

65 African Network Information centre Dados Whois em massa Se frequentemente pesquisa a base de dados whois, é possível que o seu endereço de origem seja bloqueado (a não ser que o modificador -r seja usado) Solicitar uma cópia dos dados whois para realizar pesquisas locais. Como solicitar os dados: Formulário de pedido em PDF: new.pdf Fax para ou para Acesso ao FTP privado será fornecido se ficarmos satisfeitos com o cumprimento dos critérios mencionados e desde que a informação prestada seja satisfatória.

66 African Network Information centre QUESTÕES

67 African Network Information centre MyAfriNIC – Um olhar mais aproximado.

68 African Network Information centre MyAfriNIC Criar Atribuições de Endereçamento IP Criar Sub-Alocações Gerir Delegações in-addr.arpa/ip6.arpa Gerir Informação de Contacto Visualizar Utilização Pedidos de Endereçamento IP Adicionais Ver Estado & Histórico de «Tickets» Ver declaração (financeira) Pagar taxas «online»

69 African Network Information centre QUESTÕES

70 African Network Information centre DNS Inverso

71 African Network Information centre DNS Inverso Editar as zonas in-addr.arpa. ou ip6.arpa. (nos seus servidores de nomes) Alternativas: Criar objectos domain na base de dados whois (ver próximo slide), ou Usar o MyAfriNIC para actualizar a zona pai com a informação de delegação. Tamanhos possíveis : /24, /16, múltiplas /24-s. Delegações inversas podem ser completamente geridas através do MyAfriNIC.

72 African Network Information centre Um Objecto Domain domain: in-addr.arpa descr: Reverse delegation for iServices Ltd. admin-c: JJ231-AFRINIC tech-c: SULU-AFRINIC zone-c: WF2121-AFRINIC nserver: ns.karibu.ke nserver: ns2.mtn.za mnt-by: KARIBU-MNT changed: source: AFRINIC Nomes em vez de endereços IP O objecto domain é criado ou manualmente (através de actualizações por ) ou quando a informação é enviada via myAfriNIC. Tem de passar a autenticação para este maintainer

73 African Network Information centre QUESTÕES


Carregar ppt "African Network Information centre Parte 2. African Network Information centre Introducão à base de dados whois do AfriNIC."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google