A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EVANGELIZAÇÃO NA ESCOLA CATÓLICA Pe Amaro Gonçalo

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EVANGELIZAÇÃO NA ESCOLA CATÓLICA Pe Amaro Gonçalo"— Transcrição da apresentação:

1 EVANGELIZAÇÃO NA ESCOLA CATÓLICA Pe Amaro Gonçalo

2

3 Missão – Escola Católica PROPOR PROFESSAR PERCORRER

4 O que fizemos nós do Evangelho da alegria? Um Santo triste é um triste Santo. Um Evangelizador triste é uma tristeza sem A beleza abre para o mistério e orienta para a decisão moral de o aceitar A paixão, a atração, a sedução nascem de uma beleza A via da Identificados com a mensagem ou apenas vendemos o nosso peixe? A falta de convicção é uma traição à nossa missão/serviço

5 Testemunho e compromisso público A Fé como é um ato de liberdade exige um assumir a responsabilidade social daquilo em que se O conhecimento dos conteúdos de fé é essencial para se dar o assentimento/aceitar livremente todo o mistério da A testemunha de Cristo compromete-se de maneira pessoal na verdade que propõe e, através da sua própria vida, torna-se um ponto de referência confiável

6 O Ano da Fé pode ser uma ocasião para prestar uma maior atenção às Escolas Católicas, lugares próprios para oferecer ao alunos um testemunho vivo do Senhor e para cultivar a sua fé, com uma referência oportuna à utilização de instrumentos catequéticos, como por exemplo, o compêndio do Catecismo da Igreja Católica ou como o You Cat CONGREGAÇÃO PARA A DOUTRINA DA FÉ, Nota com indicações pastorais para o Ano da Fé, n.10

7 Professores e administradores têm o dever e o privilégio de garantir que os estudantes recebam uma instrução na doutrina e na prática católica. Isto exige que o testemunho público do modo de ser de Cristo, como resulta do Evangelho e é proposto pelo Magistério da Igreja, modele todos os aspetos da vida institucional, quer no interior quer no exterior das salas de aulas. Afastar-se desta visão enfraquece a identidade católica e, longe de fazer progredir a liberdade, inevitavelmente conduz à confusão quer moral quer intelectual e espiritual. Bento XVI, Discurso aos educadores católicos,

8 Não nos limitamos a apontar um caminho mas oferecemo-nos como companheiros da Percorrer o caminho ao ritmo de cada um, cada turma e cada escola É preciso ir devagar, com tempo, com passo, com medida, à medida de cada um, num amor sem A nossa missão não se esgota na escola. Ficamos comprometidos com aqueles que cativámos

9 Algumas perguntas… Estamos verdadeiramente convictos de que só no mistério de Cristo, o Verbo, feito carne, se esclarece o mistério do homem (cf. GS 22)? Estamos verdadeiramente prontos para confiar o nosso eu total (intelecto, vontade, mente e coração) a Deus? Aceitamos a verdade que Cristo revela? Na nossa escola católica a fé é "tangível"? É-lhe dada expressão fervorosa na liturgia, nos sacramentos, mediante a oração, os atos de caridade, a solicitude pela justiça e o respeito pela criação de Deus?

10 Chave PercorrerProfessarPropor


Carregar ppt "EVANGELIZAÇÃO NA ESCOLA CATÓLICA Pe Amaro Gonçalo"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google