A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Especialidade de Lazer com Pipas Segunda Parte. Material de pesquisa para conclusão dos requisitos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Especialidade de Lazer com Pipas Segunda Parte. Material de pesquisa para conclusão dos requisitos."— Transcrição da apresentação:

1 Especialidade de Lazer com Pipas Segunda Parte

2 Material de pesquisa para conclusão dos requisitos.

3 História da Aviação

4 Muitas pessoas acreditavam que voar fosse impossível, e que era um poder além da capacidade humana. Mesmo assim o desejo existia. A história moderna da aviação é complexa. Desenhistas de aeronaves esforçaram-se para melhorar continuamente suas capacidades e características tais como alcance, velocidade, capacidade de carga, facilidade de manobra, dirigibilidade, segurança, autonomia e custos operacionais, entre outros. Aeronaves passaram a ser feitas de materiais cada vez menos densos e mais resistentes. Anteriormente feitas de madeira, atualmente a grande maioria das aeronaves usa materiais compostos. Recentemente computadores têm contribuído muito no desenvolvimento de novas aeronaves e componentes.

5 Existiram muitos homens que inventaram máquinas voadoras, muitas das quais existem até hoje, como o Balão de Ar Quente. O primeiro foi construído por Bartolomeu de Gusmão, um português nascido no Brasil. Sua experiência de tentar voar alto falhou, apesar do invento ter se elevado acima do solo durante alguns momentos. Bartolomeu de Gusmão Balão de Ar Quente

6 Outros que tentaram voar em um Balão de Ar Quente foram Jean P. de Rozier e François Laurent A. Eles voaram nessa máquina, que havia sido inventada pelos irmãos Montgolfier, fabricantes de papel, por oito quilômetros. Porém, por ser pesado, esse balão alcançou uma altura máxima de apenas 26 metros e seu curso era incontrolável, pois voava onde quer que o vento o levasse.

7 Os irmãos Montgolfier continuaram fabricando outros Balões, aprimorando-os, e seus vôos bem sucedidos fizeram com que o Balonismo se tornasse cada vez mais comum. Outros inventores passaram a substituir o ar quente do balão por hidrogênio, que é um gás mais leve do que o ar, mas mais perigoso pois tal gás explode com facilidade. Mesmo assim, o curso de tais balões não podia ser controlado, e somente a altitude continuou a ser controlável pelos aviadores.

8 No século XIX, em 1852, o dirigível foi inventado. É uma máquina mais leve do que o ar com a diferença que, ao contrário do balão, seu curso poder ser controlado através do uso de lemes e de motores. Esse dirigível, inventado e controlado por Henri Giffard voou por 24 quilômetros, na França, usando um motor a vapor. Ao longo do fim do século XIX o dirigível foi uma opção séria e confiável de transporte. Henri Giffard Dirigível

9 Com a invenção do balão e do dirigível, os inventores passaram a tentar criar uma máquina mais pesada do que o ar que fosse capaz de voar por meios próprios. Muitos foram os que tentaram: George Cayley, em 1799; Frank Wenham, na mesma época; Otto Lilienthal, Percy Pilcher e Octave Chanute, em 1880; John Joseph Montgomery, em 1883; entre muitos outros. Porém, tudo mudou com uma pessoa. O brasileiro Alberto Santos Dumont era fascinado por máquinas. Em 1891, visitando Paris em companhia de seu pai, teve contato com os primeiros motores a explosão interna. Assim que se estabeleceu em Paris, Santos Dumont passou a se interessar pelo automobilismo. Alberto Santos Dumont

10 Em 1897 fez seus primeiros vôos como passageiro de balão livre em Paris e, no ano seguinte, projetou seu próprio balão. Santos Dumont criou uma série de modelos de dirigíveis, alguns voando com sucesso e outros não. Os feitos de aviação de Santos Dumont em Paris tornaram- no famoso no mundo, tendo sido alvo dos jornalistas, e mesmo de notícias sensacionalistas, baseadas em seus hábitos extravagantes.

11 Após ter sido o primeiro homem a provar a dirigibilidade dos balões, Santos Dumont passou a se dedicar à aviação. Em 23 de outubro de 1906, Santos Dumont realizou um vôo público em Paris, em seu famoso avião 14-Bis. Esta aeronave percorreu uma distância de 221 metros. O 14-Bis, ao contrário do Flyer dos irmãos Wright, não precisava de trilhos, catapultas ou ventos contrários para alçar vôo, e é por isso que este vôo é considerado por vários especialistas em aviação como o primeiro vôo bem sucedido de um avião. Quando este vôo foi realizado, o pouco conhecimento e o descrédito dado aos vôos dos tais irmãos Wright pela mídia, fizeram com que o 14-Bis de Santos Dumont fosse considerado então como o primeiro avião a decolar por meios próprios. Santos Dumont, após o 14-Bis, inventaria o primeiro ultraleve, o Demoiselle, a última aeronave desenvolvida por ele. Este, além disso, realizaria também importantes avanços na controlabilidade de aviões.


Carregar ppt "Especialidade de Lazer com Pipas Segunda Parte. Material de pesquisa para conclusão dos requisitos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google