A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

E CONOMIA Introdução a Microeconomia. C ONCEITO A Microeconomia, ou teoria dos preços, analisa a formação de preços no mercado, ou seja, como a empresa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "E CONOMIA Introdução a Microeconomia. C ONCEITO A Microeconomia, ou teoria dos preços, analisa a formação de preços no mercado, ou seja, como a empresa."— Transcrição da apresentação:

1 E CONOMIA Introdução a Microeconomia

2 C ONCEITO A Microeconomia, ou teoria dos preços, analisa a formação de preços no mercado, ou seja, como a empresa e o consumidor interagem e decidem qual o preço e a quantidade de determinado bem ou serviço em mercados específicos.

3 Assim, enquanto a Macroeconomia enfoca o comportamento da Economia como um todo, considerando variáveis globais como consumo agregado, renda nacional e investimentos globais, a análise microeconômica preocupa-se com a formação de preços de bens e serviços e de fatores de produção em mercados específicos.

4 A Microeconomia estuda o funcionamento da oferta e demanda na formação do preço no mercado, isto é, o preço obtido pela interação do conjunto de consumidores com o conjunto de empresas que fabricam um dado bem ou serviço.

5 Ó TICA OU PONTO DE VISTA Do ponto de vista da Administração de Empresas, que estuda uma empresa especifica, prevalece a visão contabil-financeira na formação do preço de venda de seu produto, baseada principalmente nos custos de produção, enquanto na Microeconomia predomina a visão do mercado como um todo. (gosto do consumidor).

6 A abordagem econômica se diferencia da contábil mesmo quando são tratados os custos de produção, pois o economista analisa não só os custos efetivamente incorridos, mas também aqueles decorrentes das oportunidades sacrificadas, ou seja, dos custos de oportunidade ou implícitos. Agentes da demanda= consumidor

7 C OETERIS PARIBUS Para analisar um mercado especifico, a Microeconomia se vale da hipótese de que tudo o mais permanece constante(em latim, coeteris paribus). O foco do estudo é dirigido apenas àquele mercado, analisando-se o papel que a oferta e a demanda nele exercem, supondo que outras variáveis interfiram muito pouco, ou nada.

8 Com essa hipótese, torna-se possível o estudo de determinado mercado, selecionando-se apenas as variáveis que influenciam os agentes econômicos:consumidores e produtores – nesse particular mercado, independentemente de outros fatores, que estão em outros mercados, poderem influenciá-los.

9 Sabemos por exemplo, que a procura de uma mercadoria é normalmente mais afetada por seu preço e pela renda dos consumidores. Para analisar o efeito do preço sobre a procura supomos que a renda permanece constante( coeteris paribus ); da mesma forma, para avaliar a relação entre a procura e a renda dos consumidores, supomos que o preço da mercadoria não varia. Temos assim o efeito puro de cada uma dessas variáveis sobre a procura.

10 A NALISE DA DEMANDA Ou procura de uma mercadoria ou serviço divide- se em teoria do consumidor(demanda individual) e teoria da demanda de mercado.

11 Teoria de demanda de mercado: a procura depende de variáveis que influenciam a escolha do consumidor. São elas: o preço do bem ou serviço, o preço dos outros bens, a renda do consumidor e o gosto ou preferência do individuo. Para estudar-se a preferência isolada dessas variáveis utiliza-se a hipótese do coeteris paribus, ou seja, considera-se cada uma dessas variáveis separadamente.

12 A NALISE DA OFERTA A teoria da firma de um bem ou serviço também subdivide-se em oferta da firma individual e oferta de mercado. Dentro da analise da oferta da firma são abordadas a teoria da produção, que analisa as relações entre quantidades físicas do produto e os fatores de produção, e a teria dos custos de produção, que incorpora, alem das quantidades físicas os preços dos insumos.

13 T EORIA DA FIRMA Segundo essa teoria, as firmas trabalham com o lado da oferta de mercado, ou seja, com os produtos que vão oferecer aos consumidores, como bens e serviços produzidos. As firmas são de extrema importância para os mercados, pois reúnem o capital e o trabalho para realizar a produção e são as responsáveis por agregar valor às matérias-primas utilizadas nesse processo, com uso de tecnologia.

14 As empresas produzem conforme a demanda do mercado e a oferta é ajustada por aqueles que estão dispostos a consumir. A Teoria da Firma não tem como objetivo o interesse de definir a empresa do ponto de vista jurídico ou contábil. A empresa é vista com uma unidade técnica de produção, propriedade de indivíduos ou famílias que compram fatores de produção para produção de bens e serviços.

15 A T EORIA DO C ONSUMIDOR, OU T EORIA DA E SCOLHA. é uma teoria microeconômica, que busca descrever como os consumidores tomam decisões de compra e como eles enfrentam as mudanças em seu ambiente. Os fatores que influenciam as escolhas dos consumidores estão basicamente ligados à sua restrição orçamentárias e preferências. Os principais instrumentos para a análise e determinação de consumo são a curva de indiferença e a restrição orçamentária. Para a Teoria do Consumidor, as pessoas escolhem obter um bem em detrimento do outro em virtude da utilidade que ele lhe proporciona.


Carregar ppt "E CONOMIA Introdução a Microeconomia. C ONCEITO A Microeconomia, ou teoria dos preços, analisa a formação de preços no mercado, ou seja, como a empresa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google