A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

REDE ESTADUAL DE SUPERAÇÃO DA VIOLÊNCIA E PROMOÇÃO DA CULTURA DE PAZ / revipaz PROGRESSO NÃO COMBINA COM VIOLÊNCIA Aldineia Guimarães Psicóloga_Núcleo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "REDE ESTADUAL DE SUPERAÇÃO DA VIOLÊNCIA E PROMOÇÃO DA CULTURA DE PAZ / revipaz PROGRESSO NÃO COMBINA COM VIOLÊNCIA Aldineia Guimarães Psicóloga_Núcleo."— Transcrição da apresentação:

1 REDE ESTADUAL DE SUPERAÇÃO DA VIOLÊNCIA E PROMOÇÃO DA CULTURA DE PAZ / revipaz PROGRESSO NÃO COMBINA COM VIOLÊNCIA Aldineia Guimarães Psicóloga_Núcleo de Prevenção à Violência/SES/MT X ENCONTRO DE GESTORES SOCIAIS e PRIMEIRAS DAMAS PROGRESSO COM DESENVOLVIMENTO SOCIAL

2 SES, SEDUC, SEJUSP, SEDTUR, SEPLAN, SETECS, SEC, SEEL, SECOM, DEFENSORIA PÚBLICA, TRIBUNAL DE JUSTIÇA, UFMT, SUPERINTENDÊNCIA DA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL, DETRAN, COSEMS (Conselho de Secretários Municipais de Saúde), CONSELHO ESTADUAL ANTI-DROGAS/CONEN, SOCIEDADE MATOGROSSENSE DE PEDIATRIA, OAB, CONSELHOS DE DIREITOS (Crianças e Adolescentes, Mulher, Pessoa Idosa, Igualdade Racial), COMITÊ ESTADUAL POLÍTICA PARA JUVENTUDE, COMITÊ ESTADUAL DE COMBATE A EXPLORAÇÃO SEXUAL, CIRCO - COMISSÃO INTERESTADUAL DO CENTRO-OESTE PARA ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES, ASSOCIAÇÃO DOS FAMILIARES DE VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA, SEMEADORES DA PAZ, INSTITUTO TERRA VIVA, CONSELHO ESTADUAL DE SAÚDE/CES _ 2 9 INSTITUIÇÕES REDE ESTADUAL DE SUPERAÇÃO DA VIOLÊNCIA E PROMOÇÃO DA CULTURA DE PAZ

3 DEFENSORIA PÚBLICA TERRA VIVA FETAGRI CEDCA CEDMCEDPI SOMAPE CENTRO REF. DIR. HUM. Contra HOMOF. SECOM SES SEC TRIBUNAL JUSTIÇA SESP FÓRUM PERMANENTE PELA PAZ SEPLAN MINISTÉRI O PÚBLICO SEDUC OAB SETECS SEDTUR SEJUDH SPRF CONEN CEPIR Com. Est. Comb. Expl. Sexual FOR. EST. ERRAD. TRAB. INFANTIL COM. INTER. JUVENTUDE AFVV FÓRUM ART. MULHERES CIRCO DETRAN COSEMS CES UFMT SEEL REDE ESTADUAL DE SUPERAÇÃO DA VIOLÊNCIA E PROMOÇÃO DA CULTURA DE PAZ _ REVIPAZ / MT CEDM

4 • Socialização de informações; • Cooperação/Articulação; • Otimização de recursos; • Fortalecimento dos objetivos comuns; • Maior impacto nos resultados. FINALIDADES DO TRABALHO EM REDE:

5 O ENFRENTAMENTO DAS VIOLÊNCIAS EXIGE ESFORÇO CONJUNTO, AGREGAÇÃO E FORTE MOBILIZAÇÃO DOS ATORES ENVOLVIDOS 1. MAGNITUDE 2. MULTIPLICIDADE DE SUAS CAUSAS 3. RAMIFICAÇÕES DE SUAS CONSEQUÊNCIAS _ PERDAS E DANOS:

6 Violência Física Violência Sexual Violência Psicológica/Moral Violência por Negligência Violência Econômica/Financeira Violência Auto-infrigida Violência Urbana Violência no Trânsito FORMAS EXPRESSAS DA VIOLÊNCIA

7 O QUE OS DADOS REVELAM

8 HOMICÍDIOS _ 1 óbito a cada 11,3 min.; MORTES POR ACIDENTES DE TRÂNSITO _ 1 óbito a cada 15 minutos; SUICÍDIOS _ 1 óbito a cada 65 minutos. Fonte: MS/2009 NO BRASIL OCORRE:

9 PRINCIPAIS CAUSAS DE MORTALIDADE EM MATO GROSSO FONTE : SIM/SES/MT

10 EM MATO GROSSO: VIOLÊNCIAS E ACIDENTES 1ª causa de morte da população de 01 a 49 anos  HOMICÍDIOS  SUICÍDIOS aproximadamente 80%  VIOL. TRÂNSITO

11 Violência contra a mulher + DE 10 MULHERES ASSASSINADAS POR DIA NO BRASIL.* A CADA 2 MINUTOS, 5 MULHERES SÃO VIOLENTAMENTE AGREDIDAS.** *Fonte: Mapa da Violência 2010 _ Anatomia dos Homicídios no Brasil, Instituto Sangari **Fonte: Fundação Perseu Abramo, 2010

12 NO BRASIL Fonte: Fundação Perseu Abramo

13 Principais ocorrências, sexo feminino, municípios de Mato Grosso anos: 2007, 2008, 2009, 2010 Fonte: SESP

14 Fonte: Disque Nacional 100 DISQUE DENÚNCIA NACIONAL 100

15 Fonte: Disque Nacional 100 DISQUE DENÚNCIA NACIONAL 100

16 Fonte: Disque Nacional 100 DISQUE DENÚNCIA NACIONAL 100

17 No período de 2005 a 2009 foram realizadas internações e gerou um custo de R$ , _ 5ª Causa de Internação _ R$ , _ 3ª Causa de Internação _ R$ ,19. Fonte: Sistema de Informação sobre Internação Hospitalar – SIH/SES/MT CUSTO DAS INTERNAÇÕES POR VIOLÊNCIAS E ACIDENTES EM MATO GROSSO:

18 Custos diretos Custos Indiretos • Médicos • Em saúde mental • Resposta dos serviços de emergência • Serviços legais • Serviços judiciais • Serviços Sociais • Mortes prematuras • Perda de produtividade • Desenvolvimento econômico • Ausentismo • Qualidade de vida • Outras perdas intangíveis

19 Prevenção à Violência Interpessoal 1.Nova Monte Verde 2.Juara 3.Araguaiana 4.Água Boa 5.Tangará da Serra 6.Cuiabá 7.Diamantino 8.Canarana 9.Alta Floresta 10. Nova Bandeirantes 11. Ribeirãozinho 12. São José dos Quatro Marcos 13. Nobres 14. Reserva do Cabaçal 15. Sinop 16. Serra Nova Dourada Prevenção à Viol.. Trânsito 1.Campinápolis 2. Brasnorte 3. Campos de Julio 4. Comodoro 5.Aripuanã 6. Rondonópolis 7. Campo Verde 8. Carlinda 9.Alto da Boa Vista 10. Colniza Municípios que possuem Projetos de Prevenção às Violências. recurso: port. nº 189/2010/MS ANO 2010: Valor por município: R$ ,00 _ Total: R$ ,00 ANO 2011: Valor por município: R$ ,00 _ Total: R$ (Promoção da Saúde)

20 POLÍTICA ESTADUAL DE ENFRENTAMENTO ÀS VIOLÊNCIAS Problemas para os responsáveis pela tomada de decisão: 1.Um grande obstáculo é a falta de conhecimento; 2.Falta de visibilidade das opções políticas para combatê-las; 3.Determinação. Organização Mundial da Saúde Desafio

21 Diagnóstico situacional dos municípios quanto a prevenção, assistência e proteção_às situAÇÕES DE VIOLÊNCIA MAPEAMENTO DAS AÇÕES, PROJETOS E PROGRAMAS DESENVOLVIDOS PELAS INSTITUIÇÕES GOVERNAMENTAIS, NÃO GOVERNAMENTAIS e SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA NOS MUNICÍPIOS DE MATO GROSSO. Município:_________________________________________________________________________________________ Nome da Primeira Dama:_____________________________________________________________________________ _________________________________________________________________tel:_________________________ Instituição:_________________________________________________________________________________________ Responsável:________________________________________________________________________________________ Área de Atuação: ( )ASSISTENCIA SOCIAL ( )CULTURA ( )EDUCAÇÃO ( )SAÚDE ( )ESPORTE E LAZER ( )SEGURANÇA ( )TRÂNSITO SEGURO ( )TURISMO Natureza: ( )Privada ( )Pública ( )Não Governamental ( ) Sociedade Civil Organizada

22 Ação/Projeto/ Programa em execução: ____________________________________________________________________ Tipo de Intervenção: ( )Assistência ( )Proteção ( )Prevenção Objetivo(s):_______________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________________ Público alvo: _________________________________________________________________________________________________________ Faixa Etária:_____________________________________ Nº de pessoas atendidas por ano: ____________________________________________________________________________ Resultados Esperados: _________________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________________ Resultados Alcançados: _________________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________________ Periodicidade: ( )Temporário ( ) Contínuo Início: ___________________________Término (Se temporário):______________________________

23 “...os eventos violentos na sua maioria, não são acidentais, não são fatalidades, não é falta de sorte: eles podem ser enfrentados, prevenidos e evitados.” (Cecília Minayo, 2007).

24 Obrigada


Carregar ppt "REDE ESTADUAL DE SUPERAÇÃO DA VIOLÊNCIA E PROMOÇÃO DA CULTURA DE PAZ / revipaz PROGRESSO NÃO COMBINA COM VIOLÊNCIA Aldineia Guimarães Psicóloga_Núcleo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google