A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

N AUTORES: uGESMAR VOLGA H. HERDY uVANIA G. SILAMI LOPES uELISABETH AMABILE CARVALHO uRACHEL COSENDEY uHSU YOUNG TCHOU uFABIANO B. AZEREDO MIOCARDITE AGUDA:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "N AUTORES: uGESMAR VOLGA H. HERDY uVANIA G. SILAMI LOPES uELISABETH AMABILE CARVALHO uRACHEL COSENDEY uHSU YOUNG TCHOU uFABIANO B. AZEREDO MIOCARDITE AGUDA:"— Transcrição da apresentação:

1 n AUTORES: uGESMAR VOLGA H. HERDY uVANIA G. SILAMI LOPES uELISABETH AMABILE CARVALHO uRACHEL COSENDEY uHSU YOUNG TCHOU uFABIANO B. AZEREDO MIOCARDITE AGUDA: ESTUDO DE 40 CASOS HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO UFF - NITERÓI - RJ

2 n OBJETIVOS uANALISAR OS CASOS DE MIOCARDITE AGUDA DIAGNOSTICADOS PELA ANATOMIA PATOLÓGICA uIDENTIFICAR OS AGENTES ETIOLÓGICOS uCORRELACIONAR COM OS DADOS CLÍNICOS

3 n MATERIAL E MÉTODOS uSelecionados 40 casos (entre 75) com dados clínicos, período - 16 anos uGRUPO casos com imunodepressão uGRUPO casos sem imunodepressão MIOCARDITE AGUDA: ESTUDO DE 40 CASOS HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO UFF - NITERÓI - RJ

4 n Grupo 1 - (14 casos) - 1 mês - 9 anos uCitomegalovírus322% uToxoplasma gondii322% n HIV+ : 8 casos uCandida albicans1 7% uInfecção Inespecífica1 7% n Prem. + Virose Inesp.214% n Prem. + Citomegalovírus1 7% n Prem. + S.epidermidis1 7% n Desn. grave + Virose1 7% n Desn. Grave + S.aureus1 7%

5 n GRUPO 1 - DADOS ECG E ECOCARDIOGRAMA uECG l Normal322% l Dist. Repol. Ventricular322% uECO l  Função Ventricular322% l Dilatação AE. VE.214% l Hipertrofia VE. SIV.1 7% MIOCARDITE AGUDA: ESTUDO DE 40 CASOS HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO UFF - NITERÓI - RJ

6 n RESULTADOS DO ECO INICIAL E SUA EVOLUÇÃO-SIDA Eco InicialNºECONº de casos evolutivo de casos Normal12Miocardiop. Dilat. 2 Mioc. dilatada leve 8Mioc. dilat. Leve 3* Derrame peric. Leve 3Sem derrame 2 Derrame peric. Mod. 1 Derrame pequeno 1 Der. grande+hipertrof. Melhora após septo IV e PPVE 1pericardiocentese 1 * Atualmente as 3 crianças apresentam-se com leves alterações cardíacas após introdução das drogas anti- retrovirais.

7 MIOCARDITE AGUDA: ESTUDO DE 40 CASOS HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO UFF - NITERÓI - RJ n Grupo 2 - (26 casos) - 5 d - 11 anos n Infecções Bacterianas:-(S.aureus-2,P.aeruginosa-2,K.pneumoniae- 1) % n Rubéola congênita % n Virose Intraútero % n Infecção Inespecífica, (Virus ?) % n Toxoplasmose congênita % n Citomegalovírus % n Toxina diftérica % n Enterovirose % n Sífilis - congênita % n Febre Reumática %

8 n Conclusões n Em vários casos a miocardite foi apenas diagnosticada na necrópsia. n No levantamento atual observamos aumento para 50% de infecções congênitas (antes era 30%) e queda acentuada em outras como difteria-7% e sarampo-0%, as quais somavam 14% na casuística anterior. n Na SIDA os sinais de miocardite detectados precocemente melhoraram com o tratamento. MIOCARDITE AGUDA: ESTUDO DE 40 CASOS HOSPITAL UNIVERSITÁRIO ANTONIO PEDRO UFF - NITERÓI - RJ


Carregar ppt "N AUTORES: uGESMAR VOLGA H. HERDY uVANIA G. SILAMI LOPES uELISABETH AMABILE CARVALHO uRACHEL COSENDEY uHSU YOUNG TCHOU uFABIANO B. AZEREDO MIOCARDITE AGUDA:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google