A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Comissão da Coopertec para estudo de viabilidade de Incorporação da Coopec Nomeada na AGE de 04/06/2011  Antonio Carlos Vilanova - Coordenador  Sônia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Comissão da Coopertec para estudo de viabilidade de Incorporação da Coopec Nomeada na AGE de 04/06/2011  Antonio Carlos Vilanova - Coordenador  Sônia."— Transcrição da apresentação:

1 Comissão da Coopertec para estudo de viabilidade de Incorporação da Coopec Nomeada na AGE de 04/06/2011  Antonio Carlos Vilanova - Coordenador  Sônia Regina Guimarães Fonseca  Degmar Francisco dos Anjos  Edson Jerônimo Nobre  José Vinícius da Costa

2 Apresentação 1.Cronograma de Atividades - Sônia Regina 2.Análise de Risco da Carteira de Crédito - Sônia Regina 3.Dados Relevantes do Relatório da Auditoria - Édson Nobre 4.Ponto de Equilíbrio Receita/Despesas - Vilanova 5.Análise da Comissão de Incorporação - Vilanova Objetivo : Apresentar Resultados para subsidiar a AGE deliberar pela continuidade ou não do processo de incorporação

3 1.Cronograma de Atividades

4 Cronograma das Atividades DataParticipantesAtividades/Deliberações 09/06/20111ª Reunião da Comissão da Coopertec • Definição do Coordenador 24/06/20111ª Reunião conjunta: Comissão Mista e Diretoria • Apresentação de cronograma de atividades proposto pela Central; 05/07/2011Visita da Comissão da Coopertec à Coopec • Visita à sede da Coopec • Visita ao PAC da Stª Casa 14/07/20112 ª Reunião da Comissão da Coopertec. • Troca de impressões da 1ª reunião conjunta e da visita. 03/08/20112ª Reunião conjunta: Comissão Mista e Diretoria. • Apresentação, pela Central, dos relatórios da Auditoria e minuta do novo estatuto. 03/08/20113ª Reunião da Comissão da Coopertec. • Todos ficaram incumbidos de ler os relatórios de auditoria para discussão no dia 11/08/2011.

5 Cronograma das Atividades DataParticipantesAtividades/Deliberações 11/08/20114ª Reunião da Comissão da Coopertec. • Discussão dos relatórios; • Deliberação de enviar documento à central solicitando:  Documentos relativos à incorporação da Sancred pela Coopec;  Presença do auditor externo e do gerente da Coopec para esclarecimentos; 25/08/2011Reunião da comissão da Coopertec com o auditor, gerente e diretores das cooperativas. • O auditor:  esclareceu várias dúvidas dos membros da comissão,  citou a importância da análise de risco da carteira de crédito;  Falou sobre a importância da análise do ponto de equilíbrio da Coopertec;

6 Cronograma das Atividades DataParticipantesAtividades/Deliberações 25 a 30/agoSolicitações à Diretoria e a Central • De plano de ações da diretoria da Coopertec • Detalhado da Análise de risco da carteira de crédito; • Detalhamento do Ponto de equilíbrio da Coopertec, Coopecmt e da projeção após a incorporação. 05 a 09 /setEstudo com o técnico Giovani da Central  Análise de risco da carteira de crédito da Coopecmt;  Ponto de equilíbrio da Coopertec, Coopecmt separadamente e após a incorporação. 13/09/2011Reunião da comissão da Coopertec com a Diretoria da Coopertec.  Apresentação de Resultados, Discussão e Elaboração do parecer da comissão para AGE que irá deliberar pela continuidade do Processo.  Solicitação de um Planejamento Estratégico à Direção da Coopertec

7 2. Análise de Risco da Carteira de Crédito

8 Coopertec Levantado em 31/05/2011 Nível do risco Valor em riscoRisco calculado AA1.000,00 A2.161.973,5110.080,87 B2.015.297,2620.152,97 C202.063,396.061,90 E62.816,4518.844,94 F7.170,793.585,40 H37.799,37 Totais4.488.120,7797.254,59 Coopecmt Levantado em 31/05/2011 Nível do risco Valor em riscoRisco calculado AA A746.459,303.732,30 B412.975,624.129,76 C336.722,0010.101,66 D 21.297,852.129,79 E6.527,761.958,33 F11.204,195.602,10 G 1.079,55755,69 H3.340,34 Totais1.539.606,6131.750,04 0,84 % no Nível H 0,22 % no Nível H

9 Coopec levantado em 02/09/2011 RiscoSaldo DevedorH% A 712.053,1753,06% B 310.022,0423,10% C 274.094,3220,42% D 17.172,131,28% E 110,000,01% F 9.600,220,72% G 8.801,200,66% H 10.107,940,75% TOTAL 1.341.961,02100,00% Coopecmt Levantado em 31/05/2011 RiscoValor em riscoRisco calculado A 746.459,303.732,30 B 412.975,624.129,76 C 336.722,0010.101,66 D 21.297,852.129,79 E 6.527,761.958,33 F 11.204,195.602,10 G 1.079,55755,69 H 3.340,34 Totais 1.539.606,6131.750,04 Carteira de Crédito Do total de R$ 1.539.606,61, encontramos R$ 34.332,33 ou 2,23% inscritos em inadimplência, sendo que R$ 3.340,34 em risco H, e ainda não transferidos para prejuízo conforme disposto na Resolução 2.682, em função de não ter expirado o prazo de permanência na carteira de operações de crédito.

10 Codigo Risco Vencimento Final Saldo Devedor 717-0C25/03/201564.144,04 1-9C09/03/201551.890,46 26-4C05/10/201542.311,28 830-3A21/05/201239.582,58 1263-7B04/04/201434.401,27 1245-9A21/05/201232.323,59 54-0A07/01/201531.502,30 507-0A10/12/201330.907,82 17-5C15/10/201228.520,49 826-5B25/03/201427.589,45 20 MAIORES DEVEDORES 581.087,69 TOTAL CARTEIRA 1.343.592,00 % 43% Codigo Risco Vencimento Final Saldo Devedor 1259-9A21/05/201224.776,99 166-0A21/05/201624.454,91 273-9B09/05/201623.543,22 51-5C10/04/201322.617,44 3-5A22/09/201122.611,45 556-8A07/07/201420.347,66 84-1A14/07/201516.039,82 825-7C10/09/201515.485,07 9-4C10/07/201215.803,58 265-8B10/08/201412.234,27

11 N. Contrato RiscoDt. OperaçãoVencimentoSaldo DevedorDias VencidosRisco 31/08 95238B30/03/201115/09/20121.359,2316 13,59 96355B01/06/201115/06/20121.533,0216 15,33 80825B23/10/200908/10/20121.048,2423 10,48 91611B20/10/201008/10/20121.463,7623 14,64 96142B25/05/201115/06/20122.001,6516 20,02 92246B18/11/201010/11/20123.119,5821 31,20 93796B15/02/201110/02/20134.399,3221 43,99 81367B27/11/200917/12/201210.320,2616 103,20 76700B17/06/200911/06/201226.107,1921 261,07 92056C09/11/201010/12/20121.994,0221 59,82 91811C26/10/201010/11/20124.784,5121 143,54 94728C14/03/201108/04/20133.883,5755 116,51 90083C14/07/201010/07/20158.528,6051 255,86 84113C05/02/201007/02/20122.737,8055 82,13 88613C25/05/201007/05/20139.164,6155 274,94 75483D12/05/200910/05/20122.161,7152 216,17 Subtotal 84.607,07 1.662,49 83475D29/12/200930/12/20124.017,5462 401,75 93426D04/02/201116/09/2011967,1176 96,71 86105D15/03/201008/07/20135.719,0685 571,91 90790F26/08/201010/04/20121.754,41143 877,21 94655F11/03/201102/03/20157.845,81121 3.922,91 85756G10/03/201010/03/20122.699,95174 1.889,97 88495G19/05/201007/05/20136.101,25175 4.270,88 Subtotal 29.105,13 12.031,32 Total 113.712,20 13.693,81 Valores Provisionados

12 3. Pontos Relevantes do Relatório da Auditoria

13

14

15

16

17 TOTAL ASSOCIADOS 31/05/201031/05/2011 649656 Coopertec Sobras a serem distribuídas entre os cooperados no exercício 2011: Sobras Janeiro à Maio/2011: R$ 38.571,39 Ajustes da Auditoria: R$ (20.568,95) Total Geral: R$ 18.002.44 – Este valor deve ser apurado no último dia antes da incorporação e distribuído entre os associados da Cooperativa.

18 TOTAL ASSOCIADOS 31/05/201031/05/2011 889906 Coopecmt Perdas já rateadas e a serem rateadas entre Cooperados no exercício 2011: Exercícios Anteriores: R$ (463.291,05) Perdas Janeiro à Maio/2011: R$ (69.456,02) Ajustes Auditoria: R$ (209.898,10) Total Geral: R$ (742.645,17) - Este valor deve ser apurado no último dia antes da incorporação e rateado entre os associados da Cooperativa. O rateio acontecerá com o respectivo débito na conta corrente do associado e o que faltar será lançado contra seu capital, zerando o valor das perdas registradas. O valor da quota parte de capital que permanecer na cooperativa corresponderá ao valor de R$ 1,00 (um real).

19 4. Ponto de Equilíbrio entre Despesas e Receitas  4.1Da Coopertec  4.2Da Coopec coma Agencia, situação atual  4.3 Da Coopec como PAC, caso Haja a Incorporação

20 Ponto de Equilíbrio Coopertec

21 RECURSOS ATUAL 8.475.242,64100% Patrimonio Liquido Ajustado 4.431.182,1552,28% Depósitos a Vista 1.490.270,1917,58% Depósitos a Prazo 2.553.790,3030,13% TOTAL DAS DESPESAS R$ 166.650,38 RECEITA PRESTAÇÃO SERVIÇOS R$ 23.343,35 CUSTO FINAL R$ 143.307,03 Despesas e Recursos Coopertec

22 Spred da Coopertec Calculo Spread Recursos V%Taxa MédiaSpread PL AJUSTADO 4.431.182,1552,28% 2,55 1,33 Depósitos a Prazo 2.553.790,3030,13% 0,76 0,23 Depósitos a Vista 1.490.270,1917,58% 0,87 0,15 Obrigações Emprestimos Repasses -0,00% - - Recursos Totais 8.475.242,64100% 1,72

23 DEPOSITO A PRAZO 2.553.790,30 100% Taxa Taxa Efetiva liquidez 1.847.118,9872,33% 0,98 0,71 crescimento -0% 3,09 - Operações Credito 706.671,3227,67% 3,09 0,85 Taxa Média 1,56 Taxa Cap. 0,80 spread 0,76 DEPOSITO A PRAZO 2.553.790,30 100% Taxa Taxa Efetiva liquidez 573.409,1122,45% 0,98 0,22 crescimento 1.273.709,8730% 3,09 0,63 Operações Credito 1.980.381,1977,55% 3,09 2,40 Taxa Média 3,25 Taxa Cap. 0,80 spread 2,45 Spred para Deposito a Prazo

24 Projeções de Rentabilidade em função do crescimento de crédito RECURSOS NECESSÁRIOS = ( Custo final/Spread)*100 PONTO DE EQUILIBRIO ( Recurso Atual - Nescessário) CUSTO FINAL R$ 143.307,03 RECURSOS ATUAL R$ 8.475.242,64

25 Ponto de Equilíbrio Coopec

26 Despesas e Recursos da Coopec RECURSOS ATUAL 2.119.433,87100% Patrimonio Liquido Ajustado 265.383,9112,52% Depósitos a Vista 956.943,7645,15% Depósitos a Prazo 610.003,0028,78% Obrigações Emprestimos 287.103,2013,55% TOTAL DAS DESPESAS R$ 74.164,07 RECEITA PRESTAÇÃO SERVIÇOS R$ 19.438,11 CUSTO FINAL R$ 54.725,96

27 Spred da Coopec Calculo Spread Recursos V%Taxa MédiaSpread PL AJUSTADO 265.383,9112,52% 6,49 0,81 Depósitos a Prazo 610.003,0028,78% 1,96 0,56 Depósitos a Vista 956.943,7645,15% 0,97 0,44 Obrigações Emprestimos Repasses 287.103,2013,55% 1,54 0,21 Recursos Totais 2.119.433,87100% 2,02

28 Ponto de Equilíbrio da Coopec Atualmente TOTAL DAS DESPESAS R$ 74.164,07 RECEITA PRESTAÇÃO SERVIÇOS R$ 19.438,11 CUSTO FINAL R$ 54.725,96 RECURSOS NECESSÁRIOS = ( Custo final/Spread)*100 RS 2.703.655,86 RECURSOS ATUAL R$ 2.119.433,87 PONTO DE EQUILIBRIO ( Recurso Atual - Nescessário) R$-584.221,99

29 Redução de Despesas da Coopec, caso ocorra a Incorporação REDUÇÕES DIRETAS AGÊNCIA V% PAC DESPESAS JUROS EMPRESTIMOS (3.700,00)30% 2.590,00 DESPESAS COM TELECOMUNICAÇÕES (956,08)10% 860,47 DESPESAS COM ALUGUEL (1.840,00)40% 1.104,00 DESPESA COM MALOTE (1.206,79)80% 241,36 HONORARIOS (2.400,00)75% 660,00 MANUTENÇÃO DE SISTEMA (3.871,91)10% 3.484,72 AUDITORIA EXTERNA (1.200,00)100% -

30 Redução de Despesas da Coopec, caso ocorra a Incorporação SISTEMA CONTÁBIL (1.500,00)100% - ASSESSORIA JURÍDICA (3.000,00)0% 3.000,00 DESPESAS COM MULTAS E JUROS DIVERSOS (1.451,08) 100% - DESPESA TRANSPORTE VALORES (2.439,52)65% 853,83 RATEIO DE DESPESAS DA CENTRAL (6.510,56)23% 5.013,13 OUTRAS DESPESAS (1.741,00)70% 522,30 TOTAL (31.816,94) 18.329,81 REDUÇÃO 13.487,13

31 Ponto de Equilíbrio da Coopec Como PAC, caso ocorra a Incorporação REDUÇÃO CUSTSTO - PAC 13.487,13 AGÊNCIA PAC RECEITA PRESTAÇÃO SERVIÇOS R$ 19.438,11 CUSTO FINAL R$ 54.725,96 R$ 41.238,83 RECURSOS NECESSÁRIOS = ( Custo final/Spread)*100 2.703.655,86 2.037.344,08 PONTO DE EQUILIBRIO ( Recurso Atual - Nescessário) -584.221,9982.089,79 RECURSOS ATUAL 2.119.433,87

32 POTENCIAL ECONÔMICO ago/11 ENTIDADES RECURSOS TOTAL ADMINISTRADO S% 3.386.249850.50225% SANTA CASA SUS- Faturamento Agosto1.339.447493.72437% CONVENIOS (Unimed; Geap; MT Saúde, Etc)204.15161.24530% PARTICULARES92.88827.86630% FUNCIONÁRIOS54232961% COLÉGIOS SALESIANO SÃO GONÇALO737.694128.22517% FUNCIONÁRIOS3746818% CORAÇÃO DE JESUS303.002109.20936% FUNCIONÁRIOS1616540% CENTRO EDUC. MARIA AUXILIADORA55.91517.13831% FUNCIONÁRIOS431944% NOTRE DAME DE LOURDES653.15213.0962% FUNCIONÁRIOS215199%

33 5. Análise da Comissão de Incorporação  5.1 Resultados da Discussão  5.2 Parecer

34 Cronograma das Atividades DataParticipantesAtividades/Deliberações 13/09/2011 17h:00 min Reunião da comissão com a Diretoria da Coopertec • Resultados do ponto de equilíbrio • Resultados da análise de risco da carteira de crédito e outra considerações. 13/09/2011 18:h00 min Reunião da comissão da Coopertec. Discussão e elaboração do parecer da comissão 13/09/2011 Conclusões da Discussão  A Coopertec realmente precisa crescer, principalmente expandindo a carteira de crédito, para que possa continuar sendo uma instituição financeiramente viável;  A simples incorporação da Coopec pela Coopertec, não apresenta mudança significativa no quadro.  Para que o potencial de crescimento, que surge com a incorporação, possa ser transformado em crescimento real, é necessário a implementação de um plano de ações adequado.

35 Parecer da Comissão Em reunião no dia 13/09/2011 às 17 horas na Coopertec a comissão, com participação de todos os membros, após exaustiva discussão concluiu ser favorável a incorporação da Coopec pela Coopertec, na condição da Administração da Coopertec apresentar um planejamento estratégico, elaborado juntamente com uma consultoria externa, com modelo de gestão que viabilize o crescimento após a incorporação. Tal planejamento deve ser apresentado e avaliado pela AGE exclusiva da Coopertec que irá autorizar ou não a realização da AGE conjunta.

36 Deliberação da AGE de 04/06/2011 Encerradas as manifestações e colocado em votação, foi aprovada a constituição da comissão mista na condição de que os resultados sejam apresentados em AGE do Sicoob Coopertec, para só então deliberar pela assembleia conjunta.

37 Artigo 33 do Estatuto • A assembleia Geral será convocada com antecedência mínima de 10 (dez) dias, em primeira convocação, mediante edital divulgado em forma tríplice e cumulativa, da seguinte forma: – Afixação em locais apropriados das dependências comumente mais frequentados pelos associados; – Publicação em jornal de circulação regular; – Comunicação aos associados por meios de circulares


Carregar ppt "Comissão da Coopertec para estudo de viabilidade de Incorporação da Coopec Nomeada na AGE de 04/06/2011  Antonio Carlos Vilanova - Coordenador  Sônia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google